quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Roberto Bonisegna - Um goleador desconhecido

Por Lucas Paes

Bonisegna é o terceiro maior artilheiro da história da Internazionale

Quando se fala em futebol italiano, em seleção italiana, lembra-se quase sempre dos grandes defensores, de grandes goleiros, de nomes como Zenga, Buffon, Zoff, Nesta, Maldini, Bergomi... Os grandes nomes da Azzurra estão na defesa. É claro que há também craques da "Bota" que jogavam nas posições mais agudas do Ludopédio, como os recentes Totti e Del Piero, o eterno Meazza, o carrasco Paolo Rossi e até o grande Baggio. Em 1970, poucos lembram que a Azzurra, num jogo onde o Brasil fez alguns dos gols mais bonitos da história, marcou uma vez na partida. O dono desse gol é pouco conhecido, porém um gigante na arte de balançar as redes: Roberto Bonisegna.

O atacante italiano era da base da Inter no momento em que os nerazzurri viviam seu grande momento na história. Não a toa chamada de Grande Inter, a equipe dos anos 1960 alcançou os maiores vôos da história da Internazionale e conquistou todos os títulos possíveis. Porém, Bonisegna acabou preterido por Helenio Herrera, tendo que buscar a sorte em outros clubes. Passaria por Prato, Potenza e Varese, antes de desembarcar no Cagliari.


Na Sardenha, formou com Riva uma dupla infernal e acabou finalmente chamando atenção de novo de seu clube "mãe.". Foi lá que acabou testado e se consagrou como centro-avante. Voltou "à contragosto" para a Internazionale, pois queria ficar no Cagliari. Curiosamente, sua primeira temporada fora da Sardenha foi quando o ex-time ganhou o Scudetto. Mas, seria jogando pela Inter que Bonisegna faria seus números mais absurdos. Na Beneamata, "deitou e rolou", sendo artilheiro da Série A por duas vezes. Foi através da Inter, ainda em sua primeira temporada, que chegou a Copa do Mundo de 1970.

No mundial, marcou dois gols, um na semifinal contra a Alemanha e outro o único gol italiano na final contra o Brasil. Na temporada 1970/1971, foi artilheiro e campeão italiano, marcando 24 gols na campanha da conquista da Inter. Seria, porém, seu único título pela Beneamata. Bonisegna ficou até 1976 no clube. Seria artilheiro tanto da Série A quanto da Copa Itália na temporada 1971/1972, mas não conquistou nenhuma das duas taças. No total, fez 287 jogos e 173 gols pela Inter, números que o tornam o terceiro maior artilheiro da história do clube.

Bonisegna conquistou várias taças com a camisa da Juve

Porém, provavelmente a saída para a Juventus acabou fazendo com que não entrasse no seleto hall de ídolos interistas. Foi pelos Bianconeri que Bonisegna viveu a fase mais vitoriosa da carreira, ainda que não entre entre os grandes artilheiros da história da Juve. Marcou 35 gols em 94 jogos pela Velha Senhora. Apesar dos números não tão altos, foi campeão italiano em duas temporadas, campeão da Copa da UEFA e campeão da Copa Itália com a camisa da Juve. 

Encerrou a carreira com uma breve passagem pelo Hellas Verona, onde marcou apenas 4 gols em 18 jogos. Pela Itália, foram 22 gols em 9 jogos. Apesar dos enormes números, não conseguiu ser exatamente um ídolo em nenhuma das equipes que são donas das duas maiores torcidas italianas. Talvez pela rivalidade entre os dois gigantes, mas por não criar uma grande identificação. Talvez por isso, não seja exatamente um nome muito conhecido do futebol. Mas, ser o terceiro maior goleador de um dos maiores clubes do mundo é pra poucos e Bonisegna fazia gols como poucos. 
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações