casasdeapostasbrasil.com

1998 - O início da era de ouro do São Caetano

Com informações do ABC do ABC
Foto: arquivo

Elenco do São Caetano em 1998

Em 1998 o São Caetano, que neste sábado, dia 4 de dezembro de 2021, está completando 32 anos de fundação, vivenciou um momento mágico de sua história. Temporada que conquistou o título da Série A-3 do Campeonato Paulista e o acesso à segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

Vislumbrando lugar de destaque no futebol, o time dirigido na época por Luiz Carlos Ferreira serviria como base da equipe que encantou o Brasil nos anos seguintes. Um dos destaques desse grupo era Marcio Griggio, que chegou ao Anacleto Campanella justamente naquele Estadual e atuou pelo clube por muitos anos.

Autor de três dos cinco gols marcados pelo Azulão nos dois jogos da final contra o Taubaté, o ídolo azulino recorda com carinho do momento que vivenciou na A-3 de 1998. “A vitória em casa(no segundo jogo) era a confirmação do bom trabalho, a confirmação de ter feito um bom planejamento. E dentro desse planejamento fizemos de tudo para alcançar o objetivo final(título). Recordo muitas coisas dessa decisão, pois foi quando entrei para a história do São Caetano”, afirmou.

Depois de campanha impecável nas fases de classificação, o Pequeno Gigante foi campeão paulista, diante do Taubaté, no dia 23 de agosto de 1998. Mesmo com bela vantagem conquistada na primeira partida - após vitória por 4 a 2 -, o clube do ABC conquistou o resultado positivo no duelo de volta e derrotou o Burro da Central por 1 a 0; gol de Marcio Griggio.

A campanha

21 vitórias, 6 empates e 3 derrotas
50 gols marcados/ 27 gols sofridos
Escalação na final: Sílvio Luiz; Ailton, Daniel, Junior e Marcão; Vandir, Odair, Marcio Griggio e Leonardo (Bigu); Adhemar(Taxi) e Raudinei(Magrão)
Técnico: Luiz Carlos Ferreira

Artilheiros:
Gilson 11 gols
Taxi 7 gols
Marcio Griggio 6 gols
Leonardo 5 gols
Assis e Wallace 4 gols
Alexandre e Fabricio 2 gols
Marquinhos Pitbull. China, Marcelinho, Odair, Marcão, Vandir, Magrão e Nelsinho 1 gol


Brasileirão Série C - Naquele ano, a alegria do torcedor do Azulão não ficou apenas no estadual. O São Caetano, mesmo sendo um time que disputou a A3 Paulista, ainda que com o título da competição, resolveu encarar a Série C do Brasileirão, na época o último escalão do futebol nacional. As edições da competição naquela época eram de inscrição livre, ao contrário da atual Série D, que as vagas são definidas através dos estaduais.

O time do ABC foi tão bem na competição que acabou sendo vice-campeão, perdendo o título para o Avaí. Porém, o segundo lugar foi de muita valia para o azulão, que conquistou o acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro, iniciando a trajetória de glórias que adentrou no século XXI.

SC Atibaia em Leme - Uniformes de treino podem ter escudo do antigo EC Lemense

Foto: reprodução

Uniformes de treino do ex-SC Atibaia usando o escudo do antigo EC Lemense

Neste sábado, dia 4, provavelmente foi desvendada mais uma informação sobre a mudança do Sport Club Atibaia para Leme. Depois do presidente da agremiação, Alexandre Barbosa, confirmar, na última segunda-feira, dia 29 de novembro, que o time iria mesmo alterar a sede, agora vazou fotos, em uma fábrica de roupas esportivas, dos prováveis uniformes de treino da equipe, que terão o escudo do antigo Esporte Clube Lemense.

A informação foi dada em primeira mão, nos grupos de futebol, pelo jornalista Mario C Gonçalves, do jornal Correio de Atibaia. Quem também publicou o fato foi o apresentador do Futebol Alternativo TV, Sergio Oliveira, em suas mídias sociais.

O mais interessante destes uniformes é que o escudo é exatamente o mesmo do antigo Esporte Clube Lemense, inclusive com o ano de fundação, 1915. Nas costas, no alto, os uniformes terão escrito E.C. Lemense. Apesar de usar o mesmo nome do tradicional clube de Leme, o time que está chegando na cidade não é o mesmo fundado em 1915, até porque este está licenciado desde 2004 e, se voltasse ao futebol profissional, teria que jogar a Segunda Divisão.

EC Lemense - Fundado em 29 de agosto de 1915, o Esporte Clube Lemense, na era amadora, disputou dois Campeonatos do Interior, que a FPF igualou à atual Série A2, nos anos de 1926 e 1927. Já na era profissional, a equipe foi para os gramados de 1968 à 1971 e de 1976 à 2004.


Conhecido também como Azulão, o clube tem dois títulos profissionais: o do quarto escalão estadual, em 1978, e do terceiro, em 1980. Depois que saiu dos gramados, em 2004, outra equipe representou a cidade, o Clube Atlético Lemense, que foi a campo entre 2008 e 2016, tendo um hiato em 2013.

A mudança - Por conta de problemas com o Estádio Salvador Russani, em Atibaia, o Falcão chegou a mandar jogos em outras 12 cidades. Nos últimos anos, a equipe peregrinou entre Bragança Paulista, Indaiatuba, Americana e, por último, São José dos Campos, onde disputou as partidas da Copa Paulista 2021.

“Leme foi a cidade que a gente encontrou, onde tem um estádio, com condição de jogar uma Série A1 do Campeonato Paulista, numa cidade onde não há mais um clube de futebol profissional”, disse Alexandre Barbosa, na live onde anunciou a mudança, na última segunda-feira.

No final do vídeo o presidente criticou a cidade e os torcedores que não acompanhavam o clube jogando em outras cidades. “Vocês não gostam de futebol, vocês tem que continuar com flores e morangos, que é o forte da cidade. Atibaia não é a cidade do futebol”, finalizou.

E.C. Lemense nas costas

Ronaldo Rodrigues elogia trabalho de Argel em Portugal e mira sequência como titular

Foto: divulgação FC Alverca

Ronaldo Rodrigues, ao centro

Ocupando a sétima colocação na tabela de classificação da Liga 3, em Portugal, o FC Alverca terá a chance de se aproximar dos primeiros colocados nas próximas rodadas. Isso porque a equipe fará dois dos próximos três jogos dentro de casa.

"Temos feito boas partidas dentro de casa e com o apoio dos nossos torcedores vamos buscar os resultados que nos façam subir ainda mais na tabela de classificação. Tivemos duas derrotas nos últimos jogos, uma pela liga e outra pela Taça de Portugal, e precisamos nos recuperar para continuarmos sonhando com o nosso objetivo. Vamos sair para jogar com o Torreense e depois temos dois jogos em casa", destacou Ronaldo Rodrigues.

Revelado pelo Cruzeiro, o zagueiro de apenas 23 anos fez questão de elogiar o trabalho que vem sendo desenvolvido pelo treinador Argel na equipe portuguesa.

"Desde a chegada do Argel a equipe mudou completamente a postura. Ele já conseguiu implantar o seu estilo de jogo, de muita entrega e dedicação durante os noventa minutos. Estamos jogando bem e criando muitas oportunidades de gol. Tenho recebido a oportunidade de ter uma sequência importante e acredito que se continuarmos assim, temos boas chances de brigarmos até o final pelo acesso", finalizou Ronaldo.


O próximo compromisso do FC Alverca pela Liga 3 será no domingo, dia 5, contra o Torreense, fora de casa. Na sequência, a equipe comandada por Argel Fucks receberá o Vitória de Setúbal, no dia 08, e o Cova Piedade, no dia 12.

Morre Mendonça, ex-atacante de Santos e Paysandu e que vinha trabalhando como auxiliar do Marília

Com informações da Agência Futebol Interior
Foto: divulgação Marília AC

Mendonça tinha 57 anos

Uma notícia triste para o futebol do interior de São Paulo. Morreu, de ataque cardíaco, na manhã deste sábado, o ex-atacante Mendonça, de 57 anos, que vinha trabalhando como auxiliar técnico no Marília na preparação para o Campeonato Paulista da Série A3 de 2022.

Nascido em Vitória, no Espirito Santo, no dia 14 de dezembro de 1963, Mendonça iria fazer 58 anos nos próximo dias. Fez 24 jogos pelo Santos, marcando quatro gols. Mendonça foi revelado no futebol do Espírito Santo, onde jogou no Rio Branco e Vitória.

Depois de passagens por América Mineiro e Avaí, chegou ao futebol de São Paulo em 1990 para jogar no Marília. Atuou ainda por Santos e outras equipes, a exemplo de Villa Nova-MG, Inter de Limeira, Juventus, Paysandu, Esportivo de Bento Gonçaves e encerrou a carreira no matogrossense Sorriso.

Depois de encerrar a carreira, Mendonça passou a atuar como auxiliar técnico de vários clubes e nos últimos anos vinha trabalhando no interior de São Paulo. Neste ano, fazia parte da comissão técnico de Betão Alcântara, no Marília.


Veja a nota oficial do Marília - O Marília Atlético Clube comunica com profundo pesar o falecimento de Marcos Lopes Mendonça. Mendonça foi atleta do MAC nos anos 80 e recentemente foi contratado para exercer a função de auxiliar técnico para a temporada 2022.

Com direito a confusão, Remo vence Paysandu no Baenão e está na final da Copa Verde

Foto: Cristino Martins/O Liberal

O Remo foi para cima no Baenão

Deu Remo no RePa da semifinal da Copa Verde! O Leão jogou na sua casa, o acanhado estádio Baenão, na tarde deste sábado, dia 4 e bateu o arquirrival Paysandu por 2 a 0 em jogo que foi disputado e ríspido como um clássico deve ser, com direito a confusão. Agora, os remistas pegarão o Vila Nova na decisão da competição. É a terceira vez que o time anil paraense vai a decisão da competição, ainda sem nenhuma conquista.

O primeiro jogo, com mando do Papão, na Curuzu, terminou empatado em 2 a 2, o que deixou tudo em aberto para a volta, com o time que vencesse no Baenão passando a decisão com o Vila Nova. O empate levaria a decisão aos pênaltis. 

Jogando em casa, o Remo partiu pra cima desde o início. Victor Souza teve de trabalhar logo aos quatro minutos. Aos 16', Neto Pessoa marcou de cabeça o primeiro do azulino, aproveitando um ótimo cruzamento em cobrança de falta azulina.

Aos 19', Vinicius pegou no susto duas vezes para evitar o empate. O jogo passou a ter mais pressão bicolor a partir da metade do primeiro tempo, mas o Papão pouco conseguiu assustar o goleiro remista. Com poucas infiltradas frutíferas pelo lado do time da casa, que mais se preocupava em defender o bom resultado obtido até ali, a etapa inicial terminou mesmo no magro 1 a 0 em favor do Remo. 

Na etapa final, o jogo foi muito mais travado e com poucas chances no seu início. Aos 17', rapidamente os times trocaram golpes. Marlon perdeu boa chance de cabeça pelo Papão, parando em Vinícius e Lucas Tocantins chutou cruzado perigosamente para o Remo na sequência. Foram as duas primeiras chances do segundo tempo. Pouco depois, Marlon aproveitou uma bola sobrada de Fredson para marcar o que seria o gol de empate do Papão, mas ele estava impedido. 

A partir daí, o tom da etapa final seguiu o mesmo, com um jogo muito travado e disputado fisicamente, como um clássico deve ser, porém sem grandes chances para ambos os lados. O Paysandu esbarrava no próprio nervosismo e o Remo parecia mais preocupado em segurar o bom resultado do que em buscar o segundo gol. Isso mudou aos 37', num chute perigosíssimo de Ronald que passou perto do gol bicolor. 

Aos 41', Thiago Santos quase marcou o de empate, num chutaço de longe. Aos 45', Neto Pessoa foi derrubado por Salinas na área, pênalti que gerou uma imensa confusão e até invasão de campo por parte dos reservas bicolores. Neto Pessoa bateu, marcou o segundo e definiu a classificação remista.  


Agora, o Remo enfrenta na decisão o Vila Nova, que eliminou o Nova Mutum na outra semifinal. O primeiro jogo ocorre já na quarta-feira, dia 8, às 20 horas, na casa do Tigre, o Estádio OBA, em Goiânia. O time paraense decidirá a competição em casa, no próximo sábado, dia 11, às 17h, a princípio no Baenão, em Belém. Porém, a partida pode ir para o Mangueirão.

São Paulo faz 1 a 0 Corinthians e sai na frente na decisão do Paulistão Feminino

Por Fabio Rocha
Foto: Alexandre Battibugli/Paulistão

São Paulo fez valer o fator casa e venceu o Corinthians

O São Paulo conseguiu uma grande façanha e ainda saiu na frente na decisão do Paulistão Feminino 2021. Jogando no Morumbi, na tarde deste sábado, dia 4, o Tricolor bateu o Corinthians, que não perdia desde maio, pelo placar de 1 a 0, no primeiro jogo da final da competição. Micaelly marcou o gol da vitória do time da casa.

Para chegar à decisão, o São Paulo passou pelo Santos na semifinal, vencendo os dois jogos, que foram realizados em Barueri: 1 a 0 e 4 a 0. O Corinthians também triunfou nos dois jogos, contra a Ferroviária: 1 a 0 em Araraquara e 4 a 1 em Barueri. Depois das semi, as Mosqueteiras ainda conquistaram a Libertadores Feminina 2021, com jogos no Paraguai e a final em Montevidéu, no Uruguai.

O primeiro tempo começou com uma velocidade muito grande por parte do São Paulo, que apostou jogar defensivamente, explorando o contra-ataque, conseguindo criar boas chances. O Corinthians atuou no seu estilo, com troca de passes e controle do jogo e após passar o susto do início da partida, o Timão controlou o embatee criou chances de abrir o placar. Porém, os 45 minutos iniciais terminaram com o placar em branco.

No segundo tempo, a intensidade continuou altíssima, mas as posturas das equipes mudaram. O Tricolor começou a ter o controle da posse de bola e logo aos 9 minutos, em um erro do Timão, Gláucia aproveitou e deu um belo lançamento para Micaelly, que dominou pela ponta esquerda, cortou para dentro e acertou um belo chute para abrir o placar: 1 a 0 para o time do Morumbi.

Após o gol, o Corinthians sentiu e na sequência a goleira Kemelli errou na saída de bola e entregou para a Gláucia, mas a centroavante acabou perdendo uma grande chance de ampliar o placar. O tricolor continuou controlando o jogo, mas de forma defensiva, tirando os espaços da ótima equipe adversária. 

O Timão tentou com chutes de fora da área, pois não conseguiu ultrapassar a linha defensiva do São Paulo, mas nenhuma ameaçou o gol da goleira Carla. E nos contra-ataques o tricolor continuou assustando o seu adversário mas não conseguiu aproveitar as boas oportunidades. Aos 44 minutos o Timão empatou o jogo em bola aérea, mas acabou sendo anulado, pois foi dada falta na goleira Carla, o Corinthians não perdia desde o dia 2 de maio, quando levou 2 a 1 do Santos no Brasileirão.


A partida de volta está marcada para quarta-feira, dia 8, às 21 horas. Inicialmente, o jogo estava marcado para Barueri, mas depois de muita pressão da torcida, o Corinthians mudou a partida para a Neo Química Arena. Com o resultado, o São Paulo joga pelo empate para ser campeão. Para o Timão, uma vitória por dois gols, para ficar com a taça, ou por um para levar a definição do título para as penalidades.

As quartas e os classificados para as semifinais do Campeonato Paulista Sub-15

Por Ricardo Pilotto


Na manhã e meio da tarde deste sábado, dia 4, foram realizadas as partidas de volta das quartas de final do Campeonato Paulista Sub-15. Confira os resultados e as equipes que se classificaram para a próxima fase da competição.

Com início às 9 horas, o Palmeiras, que já havia vencido o SKA Brasil pelo placar de 3 a 0 na primeira partida, em Santana Parnaíba, empatou o segundo confronto em 1 a 1 em casa. Com isso, o Verdão garantiu a sua vaga nas semifinais.

Começando às 10 horas, a Ferroviária fez o segundo jogo diante da Ponte Preta. No primeiro jogo, as equipes empataram sem gols na casa da Macaca e no segundo embate, a Ferrinha bateu a Macaca por 4 a 2 e garantiu sua vaga na próxima fase.

No outro jogo que teve bolando começando a rolar no mesmo horário, a Inter Bebedouro recebeu o Independente de Limeira em sua casa e empatou em 1 a 1. Por conta da vitória por 2 a 1 fora de casa na ida, o Lobo Vermelho foi que ficou com a vaga nas semifinais da competição.

Já o clássico San-São, que foi realizado de maneira isolada nesta tarde, terminou empatado em 1 a 1. Por conta da vitória magra por 1 a 0 no primeiro jogo, o Tricolor Paulista avançou para a fase seguinte do torneio de base.


Com as quartas de final encerradas, os confrontos das semifinais ficaram da seguinte maneira:

Ferroviária x São Paulo
Inter de Bebedouro x Palmeiras

A Federação Paulista de Futebol (FPF) deve anunciar na segunda-feira, dia 6, as datas, horários e locais dos jogos semifinais do Paulistão Sub-15 de 2021. Com melhores campanhas, Ferroviária e Inter de Bebedouro fazem o segundo jogo em suas respectivas casas.

Confrontos das semfinais do Paulistão Sub-17 estão definidos

Por Ricardo Pilotto


Já no fim da manhã e começo da tarde deste sábado, dia 4, foram realizadas as partidas de volta das quartas de final do Campeonato Paulista Sub-17. Confira os resultados e as equipes que se classificaram para a próxima fase da competição.

Em uma das três partidas que estavam sendo realizadas de maneira simultânea, o Red Bull Bragantino bateu a Ferroviária pelo placar de 2 a 1. Porém, quem passou para as semifinais foi a Ferrinha, que goleou o Massa Bruta por 7 a 0 no primeiro confronto.

No mesmo horário, a equipe do Corinthians, que já havia vencido o jogo de ida por 4 a 0 em Porto Feliz, também confirmou a sua classificação para a próxima fase. Desta vez, o Timão recebeu o DB e ganhou pelo placar magro de 1 a 0 em casa.

Outro embate que movimentou este mata-mata da competição foi o clássico San-São. Com o empate em 1 a 1 na ida e o triunfo pelo placar de 4 a 2 atuando em casa, o Tricolor Paulista foi outro clube que carimbou o seu passaporte para as semifinais do torneio.

Em partida isolada, o Palmeiras foi a última equipe a confirmar a sua classificação para a fase seguinte do Paulistão Sub-17. No primeiro jogo, o Verdão venceu o Flamengo por 2 a 0 em Guarulhos, e no segundo, o time alviverde venceu o Corvo pelo placar de 3 a 0, atuando dentro de seus domínios.


Com as quartas de final encerradas, os confrontos das semifinais ficaram da seguinte maneira:

Palmeiras x Ferroviária
Corinthians x São Paulo

A Federação Paulista de Futebol (FPF) deve anunciar na segunda-feira, dia 6, as datas, horários e locais dos jogos semifinais do Paulistão Sub-17 de 2021. Com melhores campanhas, Palmeiras e Corinthians fazem o segundo jogo em suas respectivas casas.

É rede! Marco de Vargas é contratado pela Record para narrar o Paulistão

Com informações da Agência Futebol Interior
Foto: divulgação Record TV

Marco de Vargas foi anunciado nesta semana

O narrador do Campeonato Paulista de 2022 nas transmissões da Record TV será Marco de Vargas. Criador do bordão “É rede” para anunciar um gol, o locutor esportivo integrará a equipe de profissionais que estará dedicada às transmissões do torneio na emissora.

“Estou muito feliz e motivado para jogar nesse grande time! Empunhar um microfone tão importante para narrar simplesmente o melhor campeonato estadual do Brasil é realmente sensacional. Que venha logo o Paulistão 2022 e, com ele, um show de transmissões emocionantes na tela da Record TV!”, afirma Marco de Vargas.

Histórico - Jornalista, radialista e locutor esportivo, Marco de Vargas nasceu em Porto Alegre (RS), em 1973, e iniciou a carreira em emissoras de rádio do interior de São Paulo e do Paraná. Atuou também em emissoras gaúchas entre os anos de 2000 e 2004, na época já dedicado exclusivamente ao esporte. A partir de 2005, passou a atuar com exclusividade em televisão, narrando eventos esportivos de diversas modalidades para o Grupo RBS. Em 2012, foi contratado pela Fox Sports para inaugurar o canal esportivo americano no Brasil e, por vários anos, esteve à frente de importantes campeonatos nacionais e internacionais, narrando desde Libertadores da América até Copas do Mundo. Após se desligar do canal, em 2020, foi convidado pela TV Cultura para narrar as temporadas da Fórmula E e da UEFA Europa League.

Investimento - Antonio Guerreiro, vice-presidente de Jornalismo da Record TV, destaca os investimentos da emissora nas transmissões de futebol.


“Desde o ano passado iniciamos um novo ciclo de transmissões esportivas na Record TV. A chegada de Marco de Vargas e de outros profissionais com grande experiência na área, que ainda iremos anunciar, simboliza o empenho da emissora em dar ao futebol, modalidade preferida dos brasileiros, um grande destaque na nossa programação”

Com início marcado para o dia 26 de janeiro, o Paulistão 2022 terá transmissão exclusiva pela televisão aberta na Record TV. Além disso, PlayPlus e R7 também vão exibir os jogos do campeonato estadual.

Goleiro Lucão comemora conquista da Caju’s Summer Cup Sub-16 com o Flamengo

Foto: arquivo pessoal

Lucão com a taça e a medalha de campeão, no gramado do CT do Athletico

O Flamengo é o campeão da Caju’s Summer Cup Sub-16. Na decisão, disputada na manhã desta sexta-feira no CT do Caju, pertencente ao Athletico Paranaense, em Curitiba, o Rubro-Negro venceu o São Paulo pelo placar de 2 a 0.

Goleiro do clube carioca, Lucão comemorou mais um título em defesa da base do Mengão. “Fizemos uma campanha excelente e hoje (sexta-feira) não demos chance ao São Paulo. O grupo todo está de parabéns por mais essa conquista e estou muito feliz por fazer parte disso tudo”, declarou o atleta, cuja carreira é agenciada pela empresa D.Aquino Sports.

Essa foi a trajetória do Flamengo na Caju’s Summer Cup:

1ª FASE:
1 x 1 Grêmio
3 x 2 Barra-SC
1 x 2 Athletico-PR


SEMIFINAL:
5 x 0 Azuriz-PR

FINAL:
2 x 0 São Paulo
Proxima  → Inicio

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações