casasdeapostasbrasil.com

Palmeiras vence Grêmio e abre vantagem em busca do título da Copa do Brasil

Foto: Staff Images

Gustavo Gómes comemorando o único gol da partida

O Palmeiras abriu vantagem na decisão da Copa do Brasil 2020. Pelo primeiro jogo da final da competição, realizado na noite deste domingo, dia 28, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, o Verdão venceu o Tricolor Gaúcho, por 1 a 0, gol de Gustavo Gómez, e agora só precisa de um empate na partida de volta, em São Paulo, para ficar com a taça.

Para chegar à decisão, o Grêmio passou pelo São Paulo na semifinal, vencendo em casa pelo placar de 1 a 0 e empatando no Morumbi em 0 a 0. Já o Palmeiras, que vive uma maratona de decisões, eliminou o América Mineiro, empatando no Allianz Parque em 1 a 1 e vencendo em Belo Horizonte por 2 a 0.

Jogando em casa e querendo se aproveitar da maratona de jogos do Palmeiras, o Grêmio foi para cima no primeiro tempo , mas por falta de capricho de seus meias e atacantes, as jogadas não chegavam ao fim e, com isto, o Tricolor finalizava pouco.

Com o passar dos minutos, o Palmeiras foi equilibrando as ações e abriu o marcador aos 31 minutos. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Gustavo Gómez subiu mais que todos os jogadores e, de cabeça, mandou a bola para o fundo das redes, sem chances para Paulo Victor: 1 a 0 para o Verdão e assim terminou a primeira etapa.

O Palmeiras vinha controlando o jogo no segundo tempo, mas a situação mudou aos 25 minutos, quando Luan fez falta em Diego Souza e foi expulso, deixando o Verdão com um atleta a menos. Porém, mesmo com a vantagem no número de jogadores, o Grêmio esbarrou no mesmo problema do início do jogo: não criava chances e, com isto a vitória ficou com o time paulista.


O jogo de volta da decisão da Copa do Brasil 2020 está marcado para o próximo domingo, dia 7 de março, às 18 horas, no Allianz Parque, em São Paulo. O Palmeiras, com a vitória de hoje, precisa apenas de um empate para ser campeão. Já para o Grêmio, uma vitória por dois gols, para ficar com a taça, ou por um para levar a decisão para as penalidades.

As imagens da semana

Por Kauan Sousa

Com o fim do Campeonato Brasileiro Série A 2020 na última quinta-feira, dia 25 de fevereiro de 2021, várias imagens sobre a competição foram impactantes, como a comemoração do Flamengo, pênalti não dado para o Inter, que mudaria a história, premiações do Claudinho. Porém, aconteceu outros fatos em outros torneios. Confira:

Flamengo é bicampeão brasileiro


Na última quinta-feira o Rubro-negro carioca se sagrou campeão do Brasileirão 2020. Desde 2011 a competição não tinha uma disputa pelo título até a última rodada. Na segunda colocação, o Internacional empatou com o Corinthians, o resultado fez com que o Flamengo fosse campeão mesmo perdendo na rodada. O clube carioca foi campeão pela segunda vez seguida do campeonato Brasileiro e pela sétima vez na história. (foto: Lucas Figueiredo / CBF)

Pênalti anulado pelo VAR poderia dar o título ao Internacional


Em jogo válido pela última rodada do Brasileirão 2020 o VAR anulou um pênalti que poderia ajudar o Internacional a conquistar o título do campeonato. O colorado jogava contra o Corinthians e com a vitória seria campeão da competição, levando em consideração que o Flamengo perderia o jogo que acontecia simultaneamente contra o São Paulo. No primeiro tempo da partida o Juiz assinalou pênalti para o Internacional, mas o VAR chamou o juiz para consultar o lance e anulou a decisão de campo. O jogo terminou em 0x0 e o Flamengo conquistou o título. (foto: reprodução)

Claudinho é o jogador mais premiado do Brasileirão 2020


O jogador do RedBul Bragantino foi o maior destaque das premiações individuais do Brasileirão. Claudinho foi artilheiro do campeonato ao lado de Luciano com 17 gols e conquistou os prêmios de melhor jogador, melhor meio campo e revelação. (foto: Pedro H. Tesch/Agif)

Ambulância atrasa em Rio Claro x São Bernardo FC e quase juiz determina WO


Ambulância atrasa quase 50 minutos e por muito pouco Rio Claro não leva WO em jogo contra o São Bernardo FC, neste domingo, dia 28, no Schimidtão, em Rio Claro, pela primeira rodada do Campeonato Paulista da Série A2 de 2021. Quando a bola rolou, empate em 2 a 2. (foto: Gabriel Goto / São Bernardo FC)


Goleiro Victor se despede do Atlético Mineiro


Neste domingo, em partida válida pela primeira rodada do campeonato mineiro 2021, o Atlético-MG venceu o URT por 3 a 0, em jogo que marcou a despedida do Goleiro Victor. O goleiro que foi nomeado como “São Victor” pelos torcedores atleticanos ficou por nove anos no clube, onde fez história conquistando os títulos inéditos da Libertadores, Recopa Sul-americana e Copa do Brasil. Foram 425 jogos com a camisa do time. Victor deixa os gramados, para assumir o cargo de gerente de futebol do clube. (foto: Pedro Sousa)

Diego Jussani garante Lusa preparada para estreia no Paulista A-2

Foto: divulgação Associação Portuguesa de Desportos

Fundamental na Copa Paulista, Jussani busca agora o retorno da Portuguesa à elite estadual

O tradicional clássico entre Portuguesa de Desportos e Portuguesa Santista é o destaque da primeira rodada do Campeonato Paulista da Série A-2. O confronto será realizado às 15h30 desta segunda-feira no Estádio Ulrico Mursa, em Santos, com transmissão ao vivo do SporTV.

Um dos líderes do elenco da Lusa, o zagueiro Diego Jussani mostra respeito pela Briosa, mas garante que o grupo está bem preparado e confia em um resultado positivo no primeiro compromisso no estadual.

“Acompanhei pelo noticiário que a Portuguesa Santista montou um grupo forte para o campeonato. E jogar no Ulrico Mursa sempre é complicado. Mas estamos trabalhando forte desde o início do ano e disputamos diversos amistosos. Vejo o elenco focado e acredito de temos condições de fazer uma boa estreia amanhã (segunda-feira)”, afirmou o defensor.


Meta é o acesso na Lusa - Após o título da Copa Paulista, que garantiu ao clube uma vaga na Série D nacional em 2021, Jussani deixa claro que o pensamento é recolocar a Lusa na elite do estadual.

“Um clube com a tradição da Portuguesa não pode ficar tanto tempo na Série A-2. O trabalho da diretoria é sério e vem dando todas as condições para a comissão técnica e elenco. Agora é colocar tudo isso em prática no decorrer do campeonato para que o objetivo de todos nós, o acesso, seja alcançado”, concluiu o xerife rubro-verde.

Santos fica no empate com o Santo André na estreia do Paulistão

Por Lucas Paes
Foto: Ivan Storti/SFC

O duelo terminou empatado em Santo André

Santos e Santo André ficaram no empate, no início da noite deste domingo, dia 28, na estreia de ambos pelo Paulistão de 2021. Num jogo que pelo menos teve muitos gols, o placar ficou em 2 a 2. O duelo foi disputado no Estádio do Canindé, em São Paulo, onde o Santo André mandará seus jogos no Campeonato Paulista deste ano, enquanto o Bruno José Daniel está interditado para reformas.

O Santos fechou a temporada 2020 com uma derrota para o Bahia na Fonte Nova, pelo Brasileirão, já jogando com os garotos. Já o Santo André não entrava em campo desde o Paulistão de 2020, na derrota para o Palmeiras, pelas quartas de final da competição.


O jogo começou agitado e com dois minutos o Ramalhão pulou na frente, com um gol de Vitinho, após um bate-rebate na área alvinegra. Dois minutos depois, Jean Mota empatou após cruzamento de Kevin Matheus. Aos 7', Gegê perdeu boa chance para os andreenses chutando por cima do gol. A partir daí, o jogo deu uma esfriada.

Aos 24', porém, os meninos do Santos deram outro golpe no Ramalhão, em jogada rápida de Jean Mota com Balieiro, o segundo lançou Gabriel Pirani, que tocou com categoria na saída de Fernando Henrique para virar o jogo. Na sequência, Marino assustou Vladmir num chute de fora da área. Aos 28', Ramon pegou uma sobra na área de voleio, mas ela veio tranquila para Vladmir.

Na etapa final, o Ramalhão chegou ao empate. Aos cinco minutos, Marino encobriu Wladmir, que saiu mal e Ramon tocou para o gol. Aos 13', o Santo André reclamou pênalti em lance de Arthur Gomes com Marino, mas o árbitro nada marcou, nem o VAR. Aos 19, Ramon foi lançado e chutou para boa defesa de Vladmir.


Aos 24', o Santo André chegou a fazer o terceiro gol, mas Nino estava impedido na origem da jogada e o lance foi anulado. A partir disso, o jogo esfriou e as boas chances sumiram de lado a lado. Já nos acréscimos, uma finalização de Allanzinho desviou e quase enganou o goleiro andreense. Depois disso, o Ramalhão até chegou a ensaiar uma pressão e quase chegou com Léo Costa, que parou em Vladmir. O duelo terminou mesmo em empate.

Na próxima rodada, o Ramalhão vai à Campinas enfrentar a Ponte Preta, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, às 19 horas, na quinta-feira, dia 4. O Santos recebe a Ferroviária, na quarta-feira, dia 3, às 17h, na Vila Belmiro.

São Bento confirma que não inscreverá youtuber Juninho Manella no Paulistão

Com informações do GE
Foto: divulgação EC São Bento

Juninho Manella fez a pré-temporada com o São Bento

O youtuber Juninho Manella não será inscrito pelo São Bento para a disputa do Campeonato Paulista da Série A1 2021. Em nota divulgada neste domingo, dia 28, o clube sorocabano afirma que a decisão foi tomada em consenso.

Aos 25 anos, Juninho foi um dos primeiros "reforços anunciados" pelo São Bento para a temporada 2021. O youtuber é filho do técnico Edson Vieira e tem um canal na rede social com mais de seis milhões de inscritos, fazendo sucesso em desafios e brincadeiras com nomes conhecidos do futebol.

Inicialmente, o youtuber passaria por um período de testes no clube e produziria conteúdo para o seu canal, algo visto pelo São Bento como uma ótima oportunidade de exposição e chance de atrair novos patrocinadores. A inscrição ou não dele causou discórdia entre membros da diretoria do clube.

O São Bento tinha até o dia 22 de fevereiro para registrar os jogadores na Federação Paulista para poderem ser inscritos no campeonato visando a disputa da primeira rodada. Segundo dados disponíveis no site da Federação Paulista, o São Bento tem registro de 28 jogadores aptos, com 20 das 26 vagas do elenco principal preenchidas. O restante é formada por jogadores da lista B, de atletas formados na base.

Os vídeos publicados no YouTube sobre o período de testes no São Bento renderam, até o momento, mais de sete milhões de visualizações. De acordo com nota oficial, clube e youtuber negociam possíveis parcerias para o futuro.

O São Bento estreou no Campeonato Paulista no último sábado, sendo derrotado pelo Mirassol, em Sorocaba. O próximo compromisso do time é na quinta-feira, às 15 horas, no dérbi regional contra o Ituano, no estádio Novelli Jr., em Itu.


Confira abaixo a nota oficial do São Bento:
O Esporte Clube São Bento comunica que o Youtuber Juninho Manella não será inscrito para a disputa do Campeonato Paulista A1 2021.

Juninho se apresentou no dia 04 de Janeiro para a pré temporada e participou com dedicação de todos os treinamentos e trabalhos para a preparação do campeonato, isso fez com que ele evoluísse fisicamente e tecnicamente, porém o pequeno número de inscrições fixado pela federação (26 atletas) e a falta de experiência em jogos profissionais, fizeram com que essa decisão fosse tomada em conjunto (Diretoria, comissão e youtuber).

Consideramos que o projeto foi um sucesso, aumentando a exposição do clube e dos patrocinadores, gerando conteúdo diferenciado para o Vosso Canal e mostrando ao Juninho Manella que ele tem condições de seguir em busca de seu sonho. São Bento e Juninho já iniciaram as tratativas para futuros projetos em conjunto.

Atraso da ambulância e empate entre Rio Claro e São Bernardo FC pelo Paulistão A2

Por Luiz Lordello
Fotos: Gabriel Goto / São Bernardo FC

Jogo, que começou atrasado, foi bastante movimentado, principalmente no primeiro tempo

Em jogo que marcou a estreia de Rio Claro e São Bernardo FC no Paulistão A2 2021, na tarde deste domingo, dia 28, no Estádio Augusto Schimidt Filho, as duas equipes ficaram no 2 a 2. Porém, quase não houve jogo, já que uma das ambulâncias atrasou quase 50 minutos e por muito pouco a arbitragem não confirmou o WO em favor da equipe visitante.

O Rio Claro está pela quinta vez consecutiva disputando a Série A2, passou por profundas reformas administrativas recentemente e chega para competição com um investimento maior, para buscar o retorno a Série A1 do Campeonato Paulista. A equipe do São Bernardo FC foi semifinalista da Copa Paulista. Além de “bater na trave” na ultima competição, o Tigre encara o regional atual como uma chance de reviravolta, terminando o ano anterior com uma notícia triste para o clube, já que perdeu o treinador Marcelo Veiga, vítima da Covid-19. 

A partida, prevista com início as 15 horas, contou com um fato inusitado, ocorrendo um atraso de 50 minutos para o pontapé inicial. O regulamento prevê que, para partida oficial é obrigatório a presença de dois automóveis de ambulância, como o Rio Claro só tinha a disponibilidade de apenas um, os atletas e arbitragem aguardaram a checada do outro automóvel, que resultou no atraso de que uma hora. 


A primeira etapa foi bastante estudada nos primeiros dez minutos, o São Bernardo obteve mais a bola, porém as chances mais claras de gol, foram do galo azul, apostando no contra-ataque. Aos 29 minutos, o tigre abriu o placar, finalizando pela primeira vez em direção à meta, com o camisa 6 do time do ABC paulista, Pará. Após o gol sofrido pelo azulão, a partida ficou mais movimentada, equilibrando a posse de bola, o Rio Claro chegou ao empate com atacante Jair, aos 40 minutos, e, três minutos depois o centroavante Denílson marcou o gol da virada, em uma jogada de contra-ataque, deixando seu time com vantagem para o início da segunda etapa. 

No segundo tempo, o São Bernardo conseguiu transformar a posse de bola em arremates ao gol do adversário, marcando o gol de empate aos 11 minutos, com Pelézinho. Nos 20 minutos finais, a parte física tomou conta do jogo, com ausência de armas ofensivas das duas partes, sem causar muitos problemas para ambos arqueiros. 

O próximo embate do São Bernardo, será no sábado, 6 de março, quando a equipe receberá em casa o RB Brasil, às 15 horas. Já o time rio-clarense, visita na manhã de domingo, 7 de março, o Juventus, no estádio Conde Rodolfo Crespi, partida será realizada as 10 horas.

Segunda ambulância demorou quase 50 minutos para chegar ao estádio

Luís Vinício - Pouco conhecido no Brasil, mas ídolo na Itália

Por Lucas Paes
Foto: Arquivo

Luís Vinício fez muito sucesso pelo Lanerossi Vincenza

Brasileiros que fazem sucesso na Itália não são exatamente algo raro. Há diversos exemplos em várias décadas diferentes, desde nomes consagrados como Ronaldo, Sócrates e Dida até operários que fazem sucesso como Rafael Tolói. Nos anos 1960, um mineiro acabou tendo uma carreira discreta no Brasil, mas na Itália virou uma lenda. Trata-se de Luís Vinício, que completa 89 anos neste dia 28 de fevereiro.

Vinício iniciou sua trajetória como Luís Vinícius no Botafogo. Teve bons números a serviço do Glorioso, mas acabou negociado com o futebol italiano ainda na década de 1950, indo parar num pequeno Napoli. Por lá, rapidamente caiu nas graças dos torcedores devido a sua raça dentro de campo, aliada a vontade e boa técnica para marcar gols. Ganhou o apelido de "Lioni" (Leão). Ficou 5 anos no sul e marcou 69 gols em 152 jogos.

Em 1960, foi para o Bologna, que na época era uma das "forças" da Itália. Fez uma boa primeira temporada, garantindo inclusive o título da Copa Mitropa, mas perdeu espaço no ano seguinte, deixando então o Bologna para jogar no clube onde seria ídolo e um dos maiores, se não o maior, jogador da história da instituição, o Vincenza. Pelo Bologna, foram 17 gols em 69 jogos.

Seu desempenho pelo Lanerossi Vincenza foi simplesmente assustador. Na primeira temporada, não conseguiu fazer muito, mas a partir da segunda virou o craque do time e um dos maiores da Série A. Marcou naquele biênio de 1963/1964 um total de 16 gols, com seu time ficando em sexto lugar. Na temporada seguinte foram 11 gols. Na temporada 1965/1966, viveu seu melhor ano por muito, com 25 gols na Série A, terminando como artilheiro da competição e de quebra criando um recorde que só seria quebrado por Van Basten nos anos 1990 de mais gols numa edição de Série A. O Vincenza, mais uma vez, foi sexto colocado.


Seu desempenho chamou a atenção da Internazionale, que contratou o brasileiro. Porém, já com idade avançada, Vinício não conseguiu grande sucesso na Beneamata, marcando um gol em apenas 9 jogos. Retornou ao Vincenza, para o último ano de sua carreira, marcando 7 gols que ajudaram o Vincenza à evitar um rebaixamento. Pendurou as chuteiras com uma marca de 152 gols em 347 jogos na Bota.

Ainda se tornou treinador, passando por diversas equipes italianas ao longo de sua trajetória. Teve algumas passagens marcantes, como pelo Napoli, onde implantou uma espécie de futebol total à lá Laranja Mecânica nos anos 1970, sendo vice-campeão italiano e pela Lazio, onde também foi bem. Seu único título na beira do campo foi a Série C italiana pelo Brindisi Calcio. Encerrou a carreira na casamata no início dos anos 1990, pela Juve Stabia.

Com gol de pênalti no fim, XV de Piracicaba bate o Sertãozinho na estreia do Paulistão A2

Com informações da Agência Futebol Interior
Foto: Luciano André / Sertãozinho FC

Gol do XV de Piracicaba saiu no final da partida

Num jogo bastante ‘pegado’ neste domingo de manhã, o XV de Piracicaba estreou com o pé direito no Campeonato Paulista da Série A2, ao vencer o Sertãozinho por 1 a 0, no estádio Frederico Dalmaso, em Sertãozinho, na manhã deste domingo, dia 28. O gol do Nhô Quim saiu apenas aos 44 da etapa final com Marlyson, de pênalti.

A temporada de 2020 foi de cair na semifinal para o XV de Piracicaba. No Paulistão A2, o Nhô Quim caiu para o campeão São Caetano, perdendo a chance de acesso. Na Copa Paulista, o algoz foi o Marília. Já o Sertãozinho só jogou o segundo estágio do futebol de São Paulo no ano passado, onde foi apenas o 12º colocado.

Os primeiros dez minutos de jogo foi de muita entrega, mas de pouca criação por parte de Sertãozinho e XV de Piracicaba. Ambos apostaram numa marcação bastante forte, o que contribuiu para alguns lances em que o árbitro precisou aplicar cartões amarelos para Matheus Silva (Sertãozinho) e Erison (XV de Piracicaba).

Fora de casa, o XV foi mais consciente no campo ofensivo e teve a primeira oportunidade de abrir o placar. Aos 20 minutos, após ótima jogada pelo lado esquerdo, Marlyson recebeu cruzamento e cabeceou forte. Contudo, o goleiro João Guilherme se esticou todo e fez linda defesa, evitando o gol alvinegro.

Com o XV melhor, o Sertãozinho recuou e apostou nos contra-ataques em sua própria casa. O primeiro bom lance do Touro dos Canaviais saiu apenas aos 39 minutos, em cruzamento da direita em que a zaga do XV bateu cabeça e o jogador do Sertãozinho chutou de primeira por cima do travessão.

No retorno do intervalo o Sertãozinho saiu um pouco mais para o jogo. Logo aos três minutos, o lateral-esquerdo Malcoon carregou bola pelo seu setor, passou pela marcação e chutou forte, mas pela linha de fundo.


Os times sentiram a parte física e as oportunidades não apareceram com tanta frequência. O próprio XV de Piracicaba, melhor tecnicamente, diminuiu as investidas, apesar de bem postado na defesa. Aos 30 minutos, Marlyson recebeu passe e chutou colocado para a defesa do goleiro João Guilherme.

Na reta final da partida o jogo ficou aberto. Aos 36, Velicka arriscou de fora da área e acertou o pé da trave do goleio Matheus. E o XV respondeu a altura aos 44 minutos, quando Michel colocou mão na bola e o árbitro marcou pênalti para o XV. Marlyson foi para a cobrança e não desperdiçou, dando números finais ao confronto.

O XV de Piracicaba volta a campo no próximo sábado, dia 6, quando recebe o Velo Clube, no Barão de Serra Negra, em Piracicaba, às 17 horas. Já o Sertãozinho vai a campo no domingo, dia 7, fora de casa, no Estádio Otacília Patrício Arroyo, onde enfrenta o Monte Azul.

Ex-Jabaquara, atacante Kevin vibra com conquista do Goianão pelo Atlético

Foto: divulgação ACG

Kevin com a taça de campeão goiano

Kevin era um dos atletas do Atlético Goianiense mais felizes após a decisão do Campeonato Goiano 2020. Neste sábado, o Dragão conquistou o título estadual ao vencer o Goianésia na disputa de pênaltis, após empate por 1 a 1 no tempo normal, no confronto único da final, realizado no Estádio Antonio Accioly, em Goiânia.

Promovido ao elenco principal no início do ano, depois de se destacar nas categorias de base em 2020, o jovem atacante de 17 anos de idade teve a oportunidade de comemorar seu primeiro título como profissional nesta temporada.

“Já conquistei alguns troféus na base, mas participar de um título poucas semanas depois de ser integrado ao elenco profissional é muito mais do que poderia imaginar. Estou muito feliz e agora é seguir trabalhando forte sempre em busca de mais oportunidades”, declarou o atleta que até o primeiro semestre do ano passado integrava as categorias de base do Jabaquara e tem sua carreira agenciada pela empresa santista D.Aquino Sports.


Estadual 2021 - Sem muito tempo para comemorações, o Atlético já estreia na edição 2021 do Campeonato Goiano na próxima quinta-feira. O compromisso será diante do CRAC, em confronto com mando de campo do adversário, em local ainda a ser definido pela federação estadual.

Amaral e suas passagens pelo Benfica

Com informações do Mais Futebol
Foto: SAPO Desporto

Amaral dando carrinho pelo Benfica

O irreverente e folclórico ex-volante Amaral está completando 48 anos neste 28 de fevereiro de 2021. Apesar de limitado tecnicamente, era um marcador insaciável e, por isto, sempre jogou em grandes clubes. Um deles foi o Benfica, de Portugal, em duas passagens na segunda metade da década de 90.

Nascido em Capivari, no interior de São Paulo, Amaral começou no Palmeiras, nas categorias de base, mas antes trabalhava em uma agência funerária, por isto era chamado de "coveiro" por muitos. Praticamente logo quando chegou no Verdão, subiu à equipe profissional. E foi assim até que em 1996 ele se destacou e acabou indo para o Parma.

No time italiano, Amaral jogou com nomes como Gianluigi Buffon, Lilian Thuram, Hernán Crespo e Tomas Brolin. Porém, o time italiano queria liberar uma vaga de estrangeiro e a empresa de laticínios Parmalat, dona da equipe, o emprestou ao Benfica, já que ambos tinham relações, com a empresa já tendo patrocinado o clube português.

Ele chega nos Encarnados no início de 1997, na janela da inter-temporada europeia. Nesta primeira passagem pelo clube português, Amaral abusa de sua principal qualidade: a marcação. Vai bem, mas ao fim da temporada, ele não fica no Benfica. A Parmalat o manda de volta ao Palmeiras, clube que tinha parceria com a empresa.

O volante fica mais seis meses no Verdão e no início de 1998 retorna ao Benfica. Nessa segunda passagem, Amaral já não vai tão bem como na primeira, acaba perdendo espaço e ao fim do contrato de empréstimo, o Benfica não adquire o jogador. A Parmalat acaba o negociando com o Corinthians e ele volta ao Brasil.


Depois, Amaral, literalmente, roda o Brasil e o mundo. Jogou no Vasco, Fiorentina, Besiktas, Grêmio, Al-Ittihad, Vitória, Atlético Mineiro, Pogoń Szczecin (Polônia), Santa Cruz, Grêmio Barueri, Perth Glory (Austrália), Catanduvense, Manado United, Persebaya Surabaya (ambos da Indonésia), Itumbiara, Poços de Caldas e encerrou a carreira em 2015, no time de sua cidade natal, o Capivariano.
Proxima  → Inicio

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações