casasdeapostasbrasil.com

Richarlyson está confirmado no retorno do Noroeste na Série A3

Com informações do Noroeste
Foto: Bruno Freitas / Noroeste

Richarlyson em ação pelo Noroeste

O dono da camisa 20 e um dos líderes do elenco que disputou a atual temporada está de volta ao Noroeste. Internamente, Richarlyson já havia garantido para a diretoria, há algumas semanas, o seu retorno para a continuação da Série A3 do Campeonato Paulista. Não é a terceira passagem, mas sim a continuação da segunda.

O atleta de 37 anos defendeu o Norusca em todo o estadual de 2019 e retornou para a A3 de 2020, a partir da 8.ª rodada. Richarlyson deve seguir desempenhando função de articulação do meio-campo, mas também pode ser deslocado para primeiro ou segundo volante, pelo lado esquerdo, dependendo da necessidade do time.

Filho do ídolo Lela, que foi revelado pelo Noroeste e depois foi brilhar e ser campeão brasileiro pelo Coritiba, Richarlyson manteve a forma física com treinos em casa, ao lado da família de Bauru. Ele falou sobre seu retorno e a retomada da Terceirona.

“É um momento diferente, uma volta com restrições, mas, acima de tudo, feliz porque vamos voltar a fazer o que a gente mais gosta. No meu caso, o que mais amo, que é jogar futebol. Preocupado, claro, com a questão da pandemia, mas feliz e confiante porque podemos continuar fazendo a nossa campanha e buscar esse acesso que nós estamos almejando há alguns anos. Tenho treinado em casa, claro, não é a mesma coisa, mas não fiquei parado. Estou apto para fazer essa retomada e com um pouco de trabalho dá pra chegar aos 100% e dar o meu melhor dentro de campo”, comenta o jogador.
Na A3 deste ano ele estreou no dia 1.º de março, contra o Velo Clube, em Bauru, depois atuou contra Desportivo Brasil, com direito ao gol da vitória por 1 a 0, Capivariano e na última partida diante do Olímpia. Somando este ano e a A3 de 2019, foram 20 jogos e 2 gols.

Deda, gerente de futebol, também tem seu retorno oficializado. A direção do clube comunica que segue em negociação com o técnico Luiz Carlos Martins para que tanto o Rei do Acesso quanto a comissão técnica continuem o trabalho desenvolvido na pré-temporada e nas 11 rodadas até a paralisação do campeonato.

O clube deve contar com o retorno de quase a totalidade do elenco que defendeu o time na atual temporada, exceto os atacantes Fabrício, artilheiro da A3 com 6 gols (ao lado de Gabriel Barcos), que está no Cuiabá-MT, e de Éverton, que já defende o Gama-DF. O lateral-esquerdo Renan, que chegou a jogar por outro time nos últimos dois meses, o Atlético Cajazeiras-PB, também pode voltar ao Norusca.


A reapresentação e início dos treinos ocorrem na próxima segunda-feira, dia 17. Os testes de Covid-19, a serem coletados por equipes do hospital paulistano Albert Einstein, em parceria com a Federação Paulista de Futebol (FPF), estão agendados para o meio-dia de terça-feira (18).

Na sequência do campeonato, o Noroeste não poderá contar com o seu 12.º jogador. Estão proibidos os torcedores nos estádios, devido a pandemia do coronavírus, mas o clube, em parceria com um grupo de torcedores, estuda a viabilidade de confeccionar e vender ingressos virtuais. Uma forma do torcedor de Bauru e região poder participar, financeiramente, do restante da campanha da equipe na luta pelo Acesso à Serie A2.

Campanha A3 2020 - Em 11 jogos até a paralisação da Série A3, o Noroeste é líder isolado e somou 26 pontos, seis a mais que o vice-líder EC São Bernardo. O Alvirrubro teve oito vitórias, dois empates e um único revés. É a equipe com o melhor ataque, com 19 gols, e também com a melhor defesa, com cinco sofridos. O Norusca também foi líder de público, com média de 3.479 por jogo, tendo registrado o recorde da A3 de 2020 no confronto contra o MAC, com 5.847 pessoas. A Locomotiva Vermelha é a única classificada, restando quatro rodadas para o término da fase de classificação.

FPF estipula início da Segundona Paulista para 18 de outubro

Foto: divulgação FPF

Segundona está prevista para começar em 18 de outubro

A Federação Paulista de Futebol (FPF) reuniu na manhã desta terça-feira, dia 11, os clubes inscritos no Campeonato Paulista da Segunda Divisão de 2020 e definiu as datas para os trabalhos de início da competição. A primeira rodada do torneio foi estipulada para 18 de outubro. A competição tinha início marcado para 18 de abril, mas por conta da quarentena, o torneio foi adiado.

Porém, antes da volta dos jogos, há outras datas. No próximo dia 18, terça-feira, os médicos dos clubes farão uma reunião onde definirão o protocolo para o reinício dos treinamentos e também do começo da competição, por conta da pandemia de coronavírus. Vale lembrar que este protocolo será enviado para as equipes de saúde do Governo do Estado de São Paulo para aprovação.


Os clubes devem confirmar a participação até o dia 21 de agosto, sexta-feira da próxima semana. No dia 25 de agosto, uma terça-feira, será realizado o Congresso Técnico da competição, onde será definido os participantes da competição e o novo regulamento. Vale lembrar que em reuniões anteriores, a FPF tirou a punição dos times que estavam confirmados antes da pandemia e abriu a possibilidade da entrada de novas equipes.

Ainda foram estipuladas a data de início dos testes de saúde e físicos, em 8 de setembro. Os treinamentos estão previstos para começar em 15 de setembro. Estas duas datas, mais o início da competição, previsto para 18 de outubro, precisam de aprovação do Governo do Estado de São Paulo.


O campeonato - A competição iria ter início no dia 18 de abril e, na primeira fase, 42 equipes estariam divididas em seis grupos. Os dois primeiros colocados de cada uma das seis chaves, mais os quatro melhores terceiros estariam no mata-mata e, no mínimo, na Série B1 de 2021. Campeão e vice sobem para a A3. Os times que não avançarem na primeira fase jogariam a Série B2 na próxima temporada. Porém, a criação da B2 em 2021 foi abortada.

CBF faz ajustes no protocolo de testagem das competições nacionais

Com informações da CBF


Objetivando aperfeiçoar o sistema de testes para Covid-19 de jogadores nas competições nacionais, a fim de oferecer maior segurança aos clubes e atletas nelas envolvidos, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) informa que realizou os seguintes ajustes nos procedimentos previstos no protocolo médico e na diretriz operacional:

A) A testagem será ampliada. TODOS os jogadores dos elencos dos clubes, inscritos na competição correspondente, serão testados a cada rodada, com 72 horas de antecedência a cada partida, independente de estarem ou não relacionados para o jogo. A medida é válida para as partidas a serem realizadas a partir da próxima sexta-feira, 14, visto que, para os jogos previstos até esta data os procedimentos já estão em curso.

B) Para garantir a logística e a agilidade deste procedimento, os clubes poderão optar entre seguir utilizando o Hospital Albert Einstein ou, se preferirem, optar pela contratação de laboratórios locais, desde que portadores do selo de acreditação laboratorial, outorgado pelas entidades de saúde competentes, e obedecendo aos padrões de teste molecular especificados pelos protocolos. A CBF reembolsará o valor dos testes aos clubes que optarem pelo laboratório local, tendo como referência o valor estabelecido no contrato celebrado entre a entidade e o Einstein. Desta forma, a CBF mantém seu compromisso de custear integralmente a realização de todos os testes, seja diretamente com o hospital referido ou com o uso de laboratórios locais.

C) Os resultados deverão ser enviados à CBF até 24h antes da partida pelo clube mandante e até 12h antes da viagem pelo clube visitante, o que permitirá que qualquer equipe proceda a troca de eventuais jogadores com teste positivo.

D) Ao mesmo tempo, a CBF reforça que os clubes devem manter o rígido cumprimento do Guia Médico para retorno das atividades do futebol brasileiro e da Diretriz Operacional de cada competição, mantendo estrito controle de testagem e avaliação médica permanente.


A CBF reafirma seu compromisso de realizar as competições previstas em seu calendário, sempre colocando como prioridade a saúde de todos os que fazem parte do nosso futebol. E ressalta que qualquer decisão sempre é tomada levando em conta a segurança das pessoas envolvidas nas partidas.

Zé Mateus completa 70 jogos pelo Brusque e valoriza vitória na estreia da Série C

Foto: Lucas Gabriel Cardoso / Brusque Futebol Clube

Zé Mateus ressaltou a vitória na estreia

O Brusque, e o volante Zé Mateus, seguem em grande momento na temporada. Após classificação para a final do Campeonato Catarinense, a equipe estreou com vitória na Série C do Brasileirão. No último sábado (08), em casa, o clube de Santa Catarina venceu o Ypiranga de Erechim por 2 a 1.

Com participação decisiva em campo, ao dar a assistência para o segundo gol da equipe, já nos acréscimos, Zé Mateus ressalta a importância de começar com vitória na competição.

“A Série C é um campeonato muito intenso e disputado. Acredito que os jogos serão bem equilibrados, todos os times têm condições de classificar, mas só quatro vão conseguir. Quanto mais pontos a gente puder somar nesse início, melhor. Começar com vitória é sempre bom, mas a gente sabe que é só o início de uma longa caminhada, tem muita coisa pela frente”, contou o jogador de 25 anos, que está desde 2018 no clube e já acumula quatro títulos.

A partida do final de semana ainda trouxe uma marca importante para Zé Mateus. O volante completou 70 jogos com a camisa do Brusque.

“Muito feliz por estar aqui e por tudo que vem acontecendo comigo. Só posso agradecer e continuar trabalhando ainda mais forte para ajudar o clube. Para mim, é uma conquista importante atingir 70 partidas. Espero que eu possa aumentar ainda mais, quem sabe chegar a 100”, concluiu.


O Brusque volta a campo nesta quinta-feira (13), fora de casa, para enfrentar o São Bento, às 20h, pela segunda rodada da Série C do Brasileirão.

Técnico Wilson Júnior coloca Atibaia como melhor trabalho de sua carreira

Foto: divulgação

Wilson Júnior comanda, atualmente, o Atibaia

Com o retorno da Série A-2 do Campeonato Paulista próximo, o Atibaia busca se recuperar na tabela e alcançar a classificação para a segunda fase (a equipe soma 14 pontos, na 11° colocação). Por isso, o técnico Wilson Júnior fez questão de depositar sua confiança no projeto do clube e elegeu esse como o seu melhor trabalho na carreira.

O técnico destacou o quanto consegue desenvolver seus conceitos de jogo. "Digo com tranquilidade que esse é o melhor trabalho que desenvolvi na minha carreira. Não falo isso em números de pontos, mas em termos de desempenho e conceitos. Lógico que não esperávamos estar nesta posição, mas creio que vamos em busca da classificação por tudo que estamos realizando", projetou.

Wilson, aliás, ainda aproveitou para ressaltar o comprometimento dos atletas. "Temos a diferença do ritmo de jogo pelo longo tempo parado. Tenho certeza que todos se cuidaram, mas dificulta dentro de campo. Estamos em situação delicada na tabela, porém os jogadores têm consciência que vamos jogar três finais. E as duas últimas só vão existir se ganharmos a primeira. Estou muito feliz que eles retornaram focados e acreditando na retomada", completou.


O Atibaia, 11º colocado no Campeonato Paulista da Série A2 de 2020, com 14 pontos volta a campo diante do São Bento. A equipe ainda completa a primeira fase duelando com Rio Claro e Juventus, respectivamente.

Sem casos positivos de Covid-19, Sereias da Vila voltam aos treinos

Com informações do Santos FC
Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo / Santos FC

Cristiane treinando com bola no CT Meninos da Vila

As Sereias da Vila estão de volta aos gramados! Na tarde desta segunda-feira (10), o técnico Guilherme Giudice comandou seu primeiro treino com bola no CT Meninos da Vila após quase cinco meses de ausência. O Santos FC realizou exames de Covid-19 em 24 jogadoras e 11 membros da comissão da técnica na última semana, e ninguém testou positivo para a doença.

Liberadas, as Sereias realizaram os testes físicos e treinos de força na academia da Vila Belmiro durante o fim de semana. As atletas Tainara, Maria Dias, Katielle e Amanda Gutierres, que não puderam se reapresentar na terça passada por conta de logística, já fizeram exames de coronavírus nos últimos dias e aguardam os resultados para retornarem ao trabalho no campo.


“Estávamos nessa expectativa, pois todo o planejamento de treinos só poderia ser definido com esses resultados em mãos. Ver que todas as jogadoras e membros da comissão testaram negativo só mostra como valeu a pena todas as conversas que tivemos durante o período de quarentena. Todo mundo teve consciência de seguir os cuidados e manter a forma, mesmo que à distância. Agora o desafio é manter o foco, pois voltamos aos treinos, mas a responsabilidade continua e os cuidados precisam ser diários”, afirmou o técnico Guilherme Giudice.

Com 100% de aproveitamento, sem sofrer gols e dividindo a liderança do Campeonato Brasileiro Feminino de 2020 com a Ferroviária, o Peixe recebe o Audax no próximo dia 26, pela 5ª rodada do torneio nacional.

A passagem de Zanetti pelo Banfield

Por Lucas Paes
Foto: Arquivo

Zanetti em ação pelo Banfield diante do Boca

Poucos jogadores argentinos tem uma ligação tão forte com um clube como o "Capitano" Javier Zanetti. Completando 47 anos neste dia 10 de agosto, o ex-lateral argentino está até hoje ligado a funções na Internazionale, clube o qual defendeu durante quase 20 anos e foi capitão durante boa parte desse período. Antes, porém, de marcar seu nome na história interista, o Pupi teve uma boa passagem pelo Banfield.

A história de Zanetti com os Taladros começa em 1993. Na época apenas um garoto de 19 anos, o jovem lateral chamou a atenção dos alviverdes com boas atuações pelo Talleres de Remédios de Escalada e o clube de Buenos Aires trouxe ele na metade de 1993. Estreou na nova equipe no dia 12 de setembro de 1993, diante do River Plate. Apenas 17 dias depois, marcou seu primeiro gol pelo clube, em um jogo contra o Newell's Old Boys.

A suas ótimas atuações na primeira temporada de Banfield renderam propostas de River Plate e Boca Juniors, desesperados para contar com o jovem lateral que já figurava inclusive na Seleção Argentina. Zanetti, porém, decide permanecer por mais uma temporada jogando em Florencio Sola, para a decepção dos dois gigantes do futebol argentino.


Na temporada 1994/1995, faz atuações ainda melhores pelo Banfield. Marca três vezes em 29 jogos do Campeonato Argentino. Só que suas boas atuações dessa vez acabam fazendo com que seu nome escape das fronteiras latinas e chame a atenção de Massimo Moratti, dono da Internazionale, que tem no argentino a primeira compra de sua história a frente da Beneamata. 

Zanetti jogou no total 66 partidas com a camisa do Banfield, marcando um total de quatro gols. Não demoraria muito para se encaixar na Internazionale, de onde rapidamente virou titular e um dos principais jogadores. O resto, como sabemos, é história.

A estreia de Dida pelo Corinthians

Com informações do Corinthians
Foto: Arquivo Placar

Dida atuando pelo Timão

Exatamente 21 anos atrás, o Corinthians teve a estreia de um dos ídolos da sua história recente. O goleiro Dida, grande nome do futebol brasileiro e mundial, fazia seu primeiro jogo com a camisa corinthiana no dia 10 de agosto de 1999. 

Nascido como Nelson de Jesus Silva em Irará, na Bahia, Dida chegou ao Timão em agosto daquele ano, vindo do futebol mineiro, já com passagens pela seleção brasileira. E foi escalado pela primeira vez na partida diante do Velez Sarsfield, da Argentina, em partida da Copa Mercosul. 

O técnico Oswaldo de Oliveira escalou o Timão com: Dida; César Prates, Márcio Costa, João Carlos e Augusto; Rincón, Vampeta, Ricardinho e Marcelinho; Edílson e Luizão. Também entraram na partida o meia Luis Mário e o atacante Fernando Baiano. E em seu primeiro jogo, o goleiro fechou a meta alvinegra, contribuindo para a vitória por 3 a 0 – gols de Ricardinho e Fernando Baiano (2). 

Dida notabilizou-se por, além de toda sua qualidade durante o jogo normal, ser um grande pegador de pênaltis. Foi o grande nome da vitória sobre o São Paulo por 3 a 2 no Brasileirão de 1999, defendendo duas cobranças de Raí. E também no empate por 2 a 2 com o Real Madrid, pela fase de grupos do Mundial de Clubes da Fifa de 2000 — dois títulos que conquistou pelo Coringão.


A partida contra o Velez Sarsfield foi a primeira de 94 realizadas pelo goleiro no clube. Ele realizou duas passagens – a primeira, encerrada na metade da temporada 2000, quando foi vendido para o Milan. Depois, no final de 2001, retornou ao Timão por empréstimo e contribuiu para a conquista da Copa do Brasil e do Torneio Rio-São Paulo de 2002, deixando o time na metade da temporada.

Artilheiro Marlyson que seguir boa fase no São Bernardo FC

Foto: Gabriel Goto / São Bernardo FC

Marlyson em treinamento

Com 6 gols anotados na Série A2, o atacante Marlyson elogiou a inter-temporada da equipe e destacou que quer seguir boa fase na retomada do campeonato com a camisa do São Bernardo. Realizando a preparação juntamente com o elenco, em Atibaia, o atacante falou sobre o trabalho e destacou a força do grupo em focar nos objetivos.

"Estamos trabalhando com muita intensidade aqui com o professor Bruno (Araújo, preparador físico) e com o (Marcelo) Veiga. Está sendo muito importante para intensificar a parte física e a nossa parte de força. O professor Veiga vem puxando bastante os treinamentos, dizendo que temos que trabalhar forte para ir buscar o que é nosso", declarou o camisa 9.


Até a pausa da competição, Marlyson tinha 6 gols em 12 jogos. Mesmo com o longo período sem jogos, ele diz estar com muita vontade de voltar aos campos e seguir ajudando a equipe. "Estava vivendo um bom momento, marcando gols e ajudando a equipe. Individualmente eu estava me sentindo muito bem. E agora vou trabalhar para voltar a estar bem e seguir ajudando a equipe", afirmou.

Ele também lamentou a paralisação da competição em função da pandemia da covid-19, mas diz acreditar que isso vai passar logo. "Estamos vivendo um momento muito ruim, com muitas pessoas sofrendo bastante, mas acredito que a situação está melhorando aos poucos. O que eu espero é que logo volte tudo ao normal e as pessoas possam voltar a ter a vida normal de volta".


Sobre a chegada de Matheus Matias para o setor de ataque, Marlyson elogiou o novo companheiro e destacou que a concorrência é natural. E que isso só aumenta a qualidade do grupo. "O Matheus é um grande jogador. Sabe fazer gols. Passou por várias equipes e mesmo jovem tem experiência. Com certeza vai nos ajudar muito. Eu vou seguir trabalhando forte como sempre fiz desde o começo da nossa preparação, para buscar o meu espaço. Essa concorrência faz muito bem ao grupo e o São Bernardo só tem a ganhar com isso", analisou.

O artilheiro fez questão de deixar um recado ao torcedor, que está longe da equipe neste momento de preparação e também não poderá estar nos jogos quando a competição for retomada.
"Com certeza o nosso torcedor vai fazer muita falta nos nossos jogos. Eles sempre estiveram do nosso lado em todas as partidas. O que pedimos é que sigam na torcida, mesmo de longe, que vamos trabalhar muito aqui para poder seguir dando alegrias e lutando pelos nossos objetivos como foi desde o início", finalizou.

Perto de marca importante, Rafael Ferro vê Briosa forte no retorno da Série A2

Foto: Victor de Andrade / Agência Briosa

Rafael Fero nos treinamentos no Estádio Ulrico Mursa

A Portuguesa Santista segue em seu trabalho para a volta do Campeonato Paulista da Série A2 de 2020. Com 47 jogos oficiais pelo clube, 52 se contar os amistosos, o lateral-direito Rafael Ferro, atleta com mais partidas pela equipe no atual elenco, vê uma Briosa forte neste retorno da competição.


O jogador vê a equipe preparada para os jogos nesta volta. “A expectativa para o retorno é muito boa. Os jogadores que retornaram e os que chegaram no clube  estão com muita vontade e aproveitando a oportunidade. Querendo ou não, todos estão em um time que está em terceiro na classificação, brigando pelo acesso e todos estão na vontade de crescer e subir. Estamos trabalhando para estar bem nesta reta final de competição e atingir o objetivo de colocar a Briosa de volta na elite do futebol paulista”, afirmou.

Vivendo um momento diferente na carreira, onde todos tiveram que enfrentar a quarentena devido à pandemia de coronavírus, Rafael Ferro fala que foi um período de adaptação. “É algo novo, que todos nós estamos nos adaptando, até nos movimentos, já que em outras temporadas, neste momento, estaríamos em um outro estágio. Porém, temos que trabalhar, nos ajustar no dia a dia e fazer os ajustes táticos para estarmos prontos para o retorno”.


Marca importante - Rafael Ferro, que é de Santos, explica que o clube o recebeu muito bem e está contente de estar próximo de ter 50 partidas pelo clube.“Estou muito feliz de estar próximo de atingir uma marca importante. Tenho que agradecer sempre o clube por ter aberto as portas para mim, no final de 2017, em um momento em que eu estava querendo ficar mais próximo da família. Já são três temporadas com a camisa da Briosa”.

O lateral-direito fez a base no Santos, onde foi campeão paulista Sub-17 em 2001, atuou pelo Jabaquara, onde conquistou o título do Paulista B-3 em 2003, e defendeu times de várias regiões do estado de São Paulo, Paraná, Paraíba e Minas Gerais, mas que antes do Paulista A3 de 2018 nunca ficou próximo de atuar pela Briosa. “É até interessante, pois toda vez que eu vinha de férias, eu torcia pela Portuguesa, pois eu sabia que poderia vir jogar aqui a qualquer momento. Sempre tive isso na cabeça e aconteceu naturalmente”.


O atleta, de 36 anos, explica que quer aumentar estes números com a camisa da Portuguesa. “Vamos buscar ainda mais, tenho certeza disso. Enquanto eu estiver ajudando e vendo que posso contribuir, vou continuar jogando e pretendo defender este clube”, finalizou.

Série A2 – A Portuguesa Santista ocupa a terceira colocação no Paulistão A2 2020, com 20 pontos em 12 jogos. A competição volta no dia 19 de agosto, quando a Briosa enfrenta o Juventus, fora de casa. A equipe Rubro-Verde ainda encara o Monte Azul, também como visitante, e fecha a primeira fase enfrentando o Votuporanguense, no Estádio Ulrico Mursa.

Proxima  → Inicio

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações