sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Sócrates no Flamengo

Por Lucas Paes

Sócrates atuando pelo Flamengo, contra o Fluminense (foto: Anibal Philot/O Globo)

O eterno Doutor Sócrates é um dos maiores ídolos da história do Corinthians e uma das maiores referências futebolísticas do país (e do mundo) nos anos 1980. Com papel forte fora de campo na época das Diretas já, era também um dos líderes do movimento Democracia Corintiana. Em 1985, depois de fracassar em passagem pela Fiorentina, Sócrates voltou ao Brasil, para jogar no Flamengo. 

Na época, a contratação foi feita com o apoio de uma parceria de empresas com o Flamengo para pagar os custos da compra de Sócrates. Aqueles anos marcavam o fim da era dourada do futebol brasileiro, o fim do “futebol arte”. O Mengão já tinha usado essa parceria para trazer Zico de volta e fez ela com Sócrates também. Coca Cola, Sul-America Seguros, Streinberg e Mesbla estavam envolvidas no projeto. 

Sócrates pouco pode fazer pelo Flamengo antes de se lesionar e perder o resto do ano de 1985 praticamente inteiro. Voltou apenas em 1986, época em que também participava de peça dirigida pelo cartunista Henfil. A volta da dupla Zico Sócrates ocorreu pouco antes da Copa do Mundo, com destaque para uma vitória de 4 a 1 do rubro-negro em um Fla-Flu. Mas a Copa do Mundo foi uma decepção para os brasileiros. 

Sócrates voltou ao Fla tendo problemas outra vez e tendo que operar uma hérnia, o que o tirou de campo por muito tempo. Porém, o Doutor, conhecido na época por problemas com as noitadas, voltou a exagerar nelas e entrou na lista negra de Lazaroni. Na preleção de um jogo contra o Goiás, Sócrates e Lazaroni brigaram feio, mas no mesmo jogo o Doutor marcou um gol e deu duas assistências na vitória flamenguista por 4 a 0. Porém, após voltar atrás do anuncio de aposentadoria, Sócrates simplesmente desapareceu dos treinos e passou à fazer residência num hospital, seguindo seu sonho de ser médico. 

A passagem dele pelo Flamengo teve 25 jogos e cinco gols, sendo três em jogos oficiais e dois em amistosos. A dupla fenomenal com Zico nunca vingou e a torcida flamenguista ficou decepcionada. Voltaria a jogar pelo Santos e pelo Botafogo de Ribeirão, antes de se aposentar.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações