terça-feira, 19 de junho de 2018

Os gols de Grzegorz Lato em Copas do Mundo

Por Victor de Andrade

Lato foi o grande artilheiro na Copa de 1974, com sete gols

A Copa do Mundo é, sem dúvida, o maior evento de futebol de todo o planeta. Por isto, o sonho de qualquer jogar é disputar a competição e, quem sabe, marcar gol nela. Ser artilheiro de uma edição e ainda marcar em mais duas é algo grandioso. E isto aconteceu com o polonês Grzegorz Lato, que foi artilheiro do Mundial de 1974, na Alemanha Ocidental, e ainda balançou as redes em 1978, na Argentina, e 1982, na Espanha.

A fama de Lato e da Seleção Polonesa veio de antes das Copa de 1974. A equipe polaca foi medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Munique, em 1972, e chegou ao Mundial, dois anos depois, como um dos times que poderia surpreender. Isto foi confirmado na estreia da Polônia na competição, no dia 15 de junho, em Stuttgart, quando derrotaram a Argentina por 3 a 2. Lato, logo aos 7 minutos, abriu o marcador e ainda balançou as redes também aos 17' do segundo tempo.

Na segunda rodada, a Polônia encarou o Haiti em Munique, no dia 19 de junho. Lato fez dois gols, aos 17' do primeiro tempo e aos 42' da etapa complementar, da goleada de 7 a 0. Na última rodada do primeiro turno, os poloneses decretaram a eliminação da Itália ainda na primeira fase com uma vitória por 2 a 1, mas Lato não marcou.

Atuando contra o Peru em 1978

Na segunda fase, a Polônia estreou contra a Suécia, em 26 de junho, em Stuttgart, e Lato deixou sua marca aos 43' do primeiro tempo, fazendo o único gol do jogo. Quatro dias depois, os poloneses encaravam a Iugoslávia, em Frankfurt, e Lato fez o gol que carimbou a vitória de sua equipe, por 2 a 1, aos 17' do segundo tempo.

Na última rodada da segunda fase, no dia 3 de julho, em Frankfurt, a Polônia jogou contra a Alemanha Ocidental e a partida definia um dos finalistas da Copa. Os donos da casa venceram por 1 a 0 e para os poloneses só restou a decisão de terceiro lugar, contra o Brasil. No dia 6 de julho, em Munique, o time polaco garantiu o terceiro lugar com uma vitória por 1 a 0, gol de Lato, aos 31' da etapa complementar. Além disso, o atacante foi o artilheiro da competição, com sete tentos marcados.

Depois do, até então, melhor resultado da Polônia em Mundiais e uma medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Montreal, em 1976, os poloneses foram para a Copa do Mundo de 1978, na Argentina, ainda em alta. Assim como quatro anos antes, o primeiro gol dos polacos no torneio foi de Lato, mas apenas na segunda partida. Depois de um 0 a 0 contra a Alemanha Ocidental, na estreia, o atacante marcou o único gol da vitória sobre a Tunísia, no dia 6 de junho, em Rosário.

Em 1982, Lato marcou apenas um gol

A Polônia já não estava tão forte quanto quatro anos antes, mesmo assim, a equipe se classificou para a segunda fase ao vencer o México por 3 a 1, mas sem Lato ter marcado. Na segunda fase, os poloneses estrearam com derrota para a Argentina, por 2 a 0, e venceram o Peru, por 1 a 0. No terceiro e decisivo jogo, em 21 de junho, em Mendoza, nova derrota, desta vez para o Brasil, por 3 a 1. Lato, aos 45' do primeiro tempo, marcou o gol dos polacos.

Quatro anos depois na Espanha, Lato, com 32 anos, já era considerado veterano, mas foi convocado. Depois de um empate em 0 a 0 contra a Itália, na estreia, e outro contra Camarões, a Polônia goleou o Peru por 5 a 1. Lato marcou o segundo gol polonês no jogo, aos 13' do segundo tempo, e este seria o seu último tento em Copas do Mundo.

Lato ainda ajudaria a Polônia repetir a sua melhor colocação em Copas, um terceiro lugar, após vencer a França. Porém, mais do que isso, os seus 10 gols em Mundiais e a artilharia em 1974 ficaram para sempre na história do evento.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações