domingo, 11 de março de 2018

Sem estádio, a bola não rola e Mogi Mirim perde para Bernô por WO

Por Victor de Andrade

Com o Vail Chaves interditado, o Mogi Mirim não indicou outro local para a partida a tempo

Por mais estranho que possa ser, o título não está errado e não é a primeira vez que isto acontece no Campeonato Paulista da Série A-3 de 2018. Por estar com seu estádio, o Vail Chaves, interditado e não ter indicado outro local para a partida a tempo, o Mogi Mirim perdeu para o EC São Bernardo, na 16ª rodada da competição, por WO, indicando na tabela o resultado de 3 a 0 para o time do ABC. A partida, caso acontecesse, era para estar sendo realizada na manhã deste domingo, dia 11.

O Sapo vem amargando a sua, provavelmente, pior temporada da história. Faltando três jogos para terminar a primeira fase da A-3, a equipe já está matematicamente rebaixada para a Segunda Divisão Paulista de 2018. Até aqui, foram apenas sete pontos marcados em quatro empates e apenas uma vitória, justamente na rodada anterior, quando a equipe fez 2 a 1 no União Barbarense, em jogo realizado em Itapira.

Aliás, falando na cidade vizinha, todos os jogos do Mogi Mirim em casa realizados até a 15ª rodada foram no Estádio Coronel Francisco Vieira, em Itapira, já que o Vail Chaves não está com os laudos atualizados e, por isto, não pode receber público nas partidas. Como o Regulamento Geral de Competições da Federação Paulista de Futebol (FPF) proíbe jogos sem presença de público, o Sapo teve que ir jogar em outro local.

Na rodada anterior, o Mogi Mirim conseguiu sua primeira vitória
(foto: Marcelo Gotti/MMEC)

Mas até a 15ª rodada, apesar da fraca campanha, o Mogi Mirim não teve nenhum tipo de problema. Todas as partidas aconteceram normalmente, com o clube solicitando a mudança no prazo estipulado e o Francisco Vieira foi a casa do Sapo nesta Série A-3. Mas para este domingo, a diretoria do clube se perdeu nos prazos e não conseguiu solicitar a mudança de local da partida. Resultado: WO para o visitante, no caso o EC São Bernardo.

Nas duas próximas rodadas, o Mogi Mirim joga fora de casa. Primeiro, no próximo sábado, dia 17, às 15 horas, enfrenta o Rio Branco no Estádio Décio Vitta, em Americana. Depois, na quarta-feira, dia 21, às 20 horas, vai até Marília, encarar o time da casa. Na última rodada, o mando é do Sapo, quando encara o Desportivo Brasil às 10 horas.

Aí fica a dúvida: será que o Mogi Mirim, já rebaixado, vai solicitar a mudança de local? Não podemos esquecer que há custos de aluguel de estádio, transporte das pessoas que vão trabalhar no jogo, mesmo que seja em cidade vizinha. O Regulamento Geral de Competições prevê que dois WOs no mesmo campeonato pode excluir o clube da competição e ter outras sanções. Porém, no ano passado, o Catanduvense sofreu dois WOs por questões de mando de campo e o TJD-SP absolveu o clube das punições, criando uma jurisprudência para casos do tipo. Agora é só aguardar!

Cachorrão entrou no G-8 com o resultado
(foto: Luciano Santoliv/MKT Esportes)

EC São Bernardo - O beneficiado nesta história toda foi o EC São Bernardo, que ganhou os três pontos da partida (3 a 0 na tabela) e entrou no G-8 da Série A-3. Vale lembrar que o time que se deu bem no outro caso de WO por questão de mando de jogo foi o próprio Cachorrão. Na segunda rodada, o time do ABC iria enfrentar o Rio Branco, que estava com o seu estádio, o Decio Vitta, interditado na ocasião. O clube não indicou a tempo um outro local para a partida e o Bernô ganhou os três pontos.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações