Vieri no Boavista e no Botafogo de Ribeirão? Conheça a história

Por Lucas Paes
Foto: Getty Images

Vieri foi um cigano do futebol

Goleador implacável, Vieri, que completa 47 anos neste dia 12 de julho, faz parte de um seleto grupo de jogadores que atuou pelos três gigantes italianos, apesar de sua identificação ser muito maior com a Inter, já que fez muito sucesso vestindo azul e preto. Além dos três, rodou por diversos clubes, tendo lugar especial no coração das torcidas de Atalanta e Atlético de Madrid, principalmente. Já em fim de carreira, o andarilho italiano quase veio parar no futebol brasileiro.

A primeira história ligando Vieri ao futebol brasileiro veio no estado de São Paulo. O tradicionalíssimo Botafogo, da cidade de Ribeirão Preto, havia recém retornado a primeira divisão do futebol paulista, ficando num incômodo 15º lugar na classificação em 2009. Em outubro, o Pantera inicia conversas para trazer o atacante italiano, que recém havia deixado a Atalanta. As conversas, que começaram em outubro, avançaram rapidamente e um acerto foi anunciado naquele mês.

Vieri veio ao Brasil para fazer um tratamento clínico e iria se apresentar ao Botafogo um mês depois, já em novembro. Porém, mesmo com tudo acertado verbalmente e com o tricolor conseguindo parcerias para pagar o salário do atacante, Vieri acabou dando um "chá de sumiço", que obrigou o Botafogo a cancelar a contratação. Na época especulou-se até que haviam rolado conversas com o Boavista, o que foi negado pelo atacante e por seu empresário. Porém, um mês depois o acerto com os cariocas ficou próximo, mas não ocorreu também.

Só que o Verdão acabou de fato quase tendo Vieri em seu elenco, um ano depois. No final de 2010, o clube de Saquarema anunciou a contratação do italiano oficialmente e ele aguardava apenas questões burocráticas para treinar e começar a jogar pela equipe. O atacante era amigo pessoal do gestor do clube, João Paulo Magalhães e topou a aventura de vestir o alviverde do "Hulk".


Na verdade o acerto com o Boavista foi muito mais concreto que o do ano anterior com o Botafogo. Vieri treinou com a equipe, entrou em forma e estava de fato pronto para jogar pelo alviverde a qualquer momento, assim que fosse liberado pelo BID. O time boavistense de 2011 era ótimo e inclusive seria vice-campeão da Taça Guanabara. Porém, Vieri passou por problemas pessoais na época e teve de retornar a Itália, prometendo inclusive que tentaria voltar, o que acabou não ocorrendo. 

Apesar de nunca ter entrado em campo por nenhum time brasileiro, não é muito difícil confirmar a relação de amizade entre o ex-jogador e João Paulo Magalhães. O exemplo maior talvez veio em 2018, quando o italiano postou em seu Instagram uma foto com a camisa da torcida organizada do Boavista, a Fúria Verde.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações