domingo, 12 de abril de 2020

A Ferroviária semifinalista do Paulistão de 1985

Foto: Arquivo / Norberto Nicola / Ferroviária em Campo

Em Pé: Donato, Balu, Washington, Marco Antônio, Mauro Pastor e Nonoca 
Agachados: Cardim, Sidney, Toninho, Carrasco e Nenê

Um dos times mais tradicionais do interior de São Paulo, a Ferroviária, da cidade de Araraquara, está completando 70 anos de fundação. O clube tem uma bela história no futebol, com títulos expressivos no futebol feminino (é a única agremiação com duas conquistas no Brasileirão) e masculino (três taças da divisão de acesso estadual), além de campanhas histórias na elite do Paulistão, como em 1985, quando a equipe chegou até a semifinal.

O Campeonato Paulista de 1985 contava com a participação de 20 equipes. As equipes se enfrentavam em turno e returno. Os campeões de cada turno se garantiam nas semifinais da competição, se juntando a mais outras duas equipes, que se classificavam por índice técnico. E foi dessa forma que a camisa grená brilhou.

No primeiro turno, na verdade, a Ferroviária não foi tão bem assim. O destaque foi uma vitória sobre o Corinthians, por 2 a 1, na Fonte Luminosa. Porém, depois de 19 jogos, a equipe Grená fez 19 pontos, ficando apenas na 10ª colocação. Mas a história mudaria no segundo turno.


Sendo um time forte em casa, perdendo apenas dois dos 19 jogos que fez como mandante, e contando com uma boa média de público, a Ferroviária 'matava os seus adversários' na Fonte Luminosa, entre esses jogos, uma vitória por 1 a 0 sobre o Santos, além de buscar pontos importantes como visitante, a equipe Grená terminou o segundo turno na terceira colocação, com 23 pontos, ficando atrás apenas dos dois times que se garantiram na semifinal, o São Paulo, o campeão do segundo turno, e a Portuguesa, que havia ganho o primeiro.

Porém, os 23 pontos seriam importantes na classificação geral, já que somando-se aos 19 feitos no turno inicial, a Ferroviária ficou com a quarta colocação no geral, atrás apenas dos dois campeões de turnos, Portuguesa e São Paulo, já garantidos nas semifinais, e o Guarani. Com isto, o time de Araraquara classificou para a próxima fase.


No primeiro jogo da semifinal, dia 8 de dezembro, 15 mil pessoas compareceram à Fonte Luminosa, para apoiar a Ferroviária, que ficou apenas no empate em 2 a 2 com a Portuguesa. No segundo jogo, em São Paulo, a Lusa venceu por 2 a 0 e acabou com o sonho grená de ser campeão paulista. O estadual ficou com o Tricolor, que bateu o time Rubro Verde na decisão.

A Ferroviária quarta colocada no Paulista de 1985 contou com os seguintes atletas: Washington, Rodolfo, Narciso, Balu, Caíco, Mauro Pastor, Timoura, Edmilson, Marco Antônio, Dama, Nonoca, Divino, Paulo Martins, Sídnei Alástico, Wilson Carrasco, Paulo César Oliveira, Douglas Neves, Cardim, Donato, Vítor, Valdir, Serginho Dourado, Botelho, Marquinhos, Toninho, Marcão, Marcos Ferrugem, Valdo, Dirceu, Túlio e Nenê.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações