domingo, 14 de outubro de 2018

Oldair - O capitão do Galo no título Brasileiro de 1971

Com informações do site oficial do Atlético Mineiro
Foto: arquivo Clube Atlético Mineiro

Guerreiro, Oldair honrou a camisa do Atlético Mineiro enquanto esteve no clube

Jogadores entram na história do clube por várias formas. Uns são artilheiros, outros evitam gols. Alguns são craques, outros pela raça deixada em campo. Também tem atletas que marcam pela liderança e este foi o caso do ex-lateral Oldair, o capitão do Atlético Mineiro na conquista do Campeonato Brasileiro de 1971.

Oldair nasceu em São Paulo, em 1º de julho de 1939. Líder autêntico, ele foi considerado o melhor jogador do Campeonato Mineiro de 1970, também conquistado pelo Atlético. Iniciou sua carreira no Palmeiras, passando por Fluminense e Vasco antes de chegar ao Atlético, em troca envolvendo Bougleux.

Na equipe juvenil do Palmeiras já despertava a atenção dos dirigentes e técnicos. Logo depois passou para o Fluminense, onde teve uma carreira de sucesso e foi campeão carioca em 1964. Saiu das Laranjeiras direto para o Vasco, onde pôde revelar a sua capacidade e foi campeão da “Taça de Prata”, em 1966. Foi, então, a hora do Atlético buscá-lo.

Oldair é o jogador que a torcida aplaudia por saber que o jogo nunca estava perdido enquanto ele continuava a lutar dentro do campo. “Eu era lateral, mas jogava na frente, atrás. Joguei em todas as posições, só não joguei de goleiro. Eu era o que eles chamavam, na época, de jogador polivalente, tinha facilidade de jogar em qualquer lugar.” revelou Oldair.

Oldair esteve na Seleção Brasileira em 1966 e foi dispensado por contusão. No triangular final do Brasileiro de 1971, Oldair marcou, de falta, o gol da vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo, no Mineirão, encaminhando a conquista atleticana. E o mais importante: como capitão, foi ele que levantou a taça de campeão brasileiro após o jogo decisivo, contra o Botafogo, no Maracanã.

Após encerrar sua carreira, em 1977, trabalhou em um laboratório de análises clínicas e como vendedor de materiais de construção. Teve uma breve passagem pelos juniores do Galo como treinador. Logo depois, ocupou o cargo de auxiliar administrativo da Vila Olímpica. No total, Oldair, que faleceu em 1º de novembro de 2014, com 75 anos, atuou pelo Galo entre os anos de 1968 e 1973 e marcou 61 gols em 281 partidas.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações