quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Pavel Nedved no Sparta Praga

Por Lucas Paes 

Nedved chamou a atenção do resto da Europa na época do Sparta Praga

Completando 46 anos neste dia 30 de Agosto, Pavel Nedved é considerado um dos maiores jogadores checos da história. Destaque da equipe do país que rumou a um vice-campeonato europeu em 1996, é até hoje uma divindade para bianconeros e laziales. Porém, antes de fazer a Itália se assombrar com seu talento com a bola nos pés, Nedved chamou a atenção do mundo jogando em seu país natal, com a camisa do Sparta Praga. 

Depois de um começo promissor no Dukla Praga, onde fez 19 jogos e marcou três gols, foi contratado pelo gigante Sparta Praga. A partir dalí a história do futebol tcheco mudaria para sempre. No último campeonato da Tchecoslováquia, que se separaria depois, ele assumiu a titularidade do Sparta aos 20 anos e foi destaque na campanha do título nacional da temporada 1992/1993. Então, começou a caminhada do maior jogador da República Checa depois da separação.

Nedved esteve em ação nesta vitória do Sparta diante do Galatasaray

Na temporada seguinte, o genial meio-campista continuaria sendo o destaque de sua equipe, contribuindo com diversas assistências para a artilharia de Siegl, que marcou 20 tentos no Campeonato Checo daquele ano. Começou a ter chances na seleção, onde acabaria virando destaque nas Eliminatórias da Eurocopa. Terminou a temporada com 27 jogos e três gols pelo Sparta. Em 1994/1995 foram seis gols em 27 jogos e outro título nacional. 

Mas foi no biênio 1995/1996 que Nedved definitivamente ultrapassou as fronteiras da lógica em sua terra natal. Mesmo sendo meio campista, fez um campeonato nacional absurdo, marcando 14 gols em 30 jogos. O meia cerebral começava a mostrar a potência de seus chutes e toda a inteligência que o marcava dentro de campo. Pavel, porém, também tinha seu lado esquentadinho e se envolvia em confusões devido ao forte temperamento, porém isso não apagava as excelentes atuações. Ainda marcaria outros cinco gols na Copa da Uefa. Foram 19 gols em 38 partidas, números que muitos centro-avantes não conseguem. 

Foram três temporadas no Sparta

Aquela seria sua última temporada pelo Sparta Praga. Após uma Eurocopa espetacular, somada a temporada 1995/96 absurda feita em terras checas, Nedved até tinha assinado pré-contrato com o PSV, mas uma proposta da Lazio o seduziu. A partir do biênio 1996/1997, Roma, de tantos imperadores veria mais um império, pois começaria o reinado de Nedved e do maior time já montado pela Lazio, que ganhou quase tudo o que disputou naquele período. O resto é história, o que não falta na vida de Pavel Nedved.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações