domingo, 24 de junho de 2018

"Treino de luxo", maior goleada e classificação garantida

Por Ismael Pereira
Fotos: Getty Images.com/Fifa.com

Harry Kane aproveitou as penalidades e converteu

Pode-se dizer que foi um dia em que tudo deu certo para a seleção inglesa. Diante de fraco adversário e sem nenhuma tradição no torneio, bastaram apenas 45 minutos para seleção inglesa inglesa impor sua força, mostrar o seu poder ofensivo diante da fraca equipe do Panamá, garantindo a classificação às oitavas com uma rodada a cumprir. 

O jogo foi foi realizado nesta manhã (às 9 de Brasília) em Nizhny Novgorod. Com 8 minutos, saiu o primeiro gol. E, com facilidade, os ingleses foram aplicando o placar. Só no primeiro (Stones) dois de Harry Cane (camisa 9) e um do atacante Lingard (camisa 7). 

O resultado já ia dando à Inglaterra a maior goleada de sua seleção em Copas. E já colocava o centroavante Cane cimo um dos artilheiros do torneio. Mas eis que vem o segundo tempo, e o que era bom ficou melhor, e para a Inglaterra, claro. Antes de deixar a partida, Herry Cane marcou o seu terceiro gol no jogo, aos 17 min, indo a cinco na competição, passando o Português Cristiano Ronaldo e o Belga Lukaku, quem têm 4 gols. 

Vale ressaltar que a seleção panamenha não jogou fechada ou tentou esboçar uma retranca para evitar a goleada. Tentava sair para o jogo, imprimia uma certa velocidade, conseguiu poucos escanteios e alguns lampejos de força e habilidades, mas sem poder ofensivo e pouco êxito nas conclusões.

Baloy entrou para a história e fez o primeiro gol do Panamá em uma Copa

O que mais parecia era que estar na Copa já foi um um grande feito à seleção do Panamá. Isso ficou demonstrado na festa e euforia vindo das arquibancadas do estádio, quando do ocorreu o gol de honra deles no jogo, com Baloy, aos 33 min desta segunda etapa. 

A partir daí, a Inglaterra, que não tinha nada a ver com a fragilidade Panamenha, tratou de administrar a partida e esperar o apito final do árbitro Egípcio, que marcou duas penalidades máximas no jogo, as duas convertidas por Kane. No final, festa para as duas torcidas e classificação inglesa certa, restando agora a disputa do primeiro lugar do grupo, contra a seleção da Bélgica, que também tem 6 pontos, em que poderemos ter como "plus" a briga pela ponta da artilharia, num duelo particular entre os atacantes Lukaku (belga) e Kane (inglês), com a promessa de bela partida, desta vez com menos facilidades às duas seleções, mas com a garantia das ambas já estarem classificadas.

Ao fim, foi um 6 a 1 para nenhum inglês botar defeito.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações