sábado, 23 de junho de 2018

Arriba, México!!!

Por Victor de Andrade
Fotos: Getty Images.com/Fifa.com

Chicharito Hernandez comemora o segundo gol mexicano na partida

A Seleção Mexicana, do treinador Juan Carlos Osorio, está provando que a grande vitória na estreia, contra a Alemanha, por 1 a 0, não foi apenas uma mera obra do acaso. Neste sábado, dia 23, na Arena Rostov, a "La Tri", como é conhecida carinhosamente, bateu a Coreia do Sul pelo placar de 2 a 1, jogando da mesma forma que derrotou os germânicos.

Era uma grande expectativa de ver os mexicanos em campo novamente. No domingo, dia 17, eles venceram a Alemanha, por 1 a 0, jogando um belo futebol, convincente, merecendo o resultado. Tudo bem que o retrospecto de campeões mundiais nos torneios seguintes vêm sendo pífios (desde 1998, apenas o Brasil, por duas vezes, foi o campeão que avançou na fase de grupos na Copa seguinte), mas bater um time que levantou a taça quatro anos antes, na estreia, é sempre impactante.

E neste sábado o México, contra um adversário teoricamente mais fraco, fez o resultado calmamente. É verdade que o jogo começou equilibrado e a Coreia do Sul não ficou atrás, apenas marcando, fez seu time ir para cima, buscando também o gol. Porém, aos 24 minutos, Jang Hyun-Soo dá um carrinho de braço aberto, dentro da área, e nem preciso dizer onde a bola foi: pênalti! Carlos Vela foi para a cobrança e abriu o marcador.

A Coreia do Sul está agora com mínimas chances de classificação

O México continuava melhor na partida e Lozano fez uma belíssima jogada, quase marcando um golaço. Os sul-coreanos tentavam reagir, mas esbarravam na falta de precisão no último passe, não conseguindo finalizar as suas jogadas. Com isto, o primeiro tempo terminou com o placar de 1 a 0 para os mexicanos.

Na segunda etapa, a "La Tri" atraiu a Coreia do Sul para o seu campo, tentando explorar os contra-ataques. Apesar de a tática quase ter ido por água abaixo algumas vezes, como quando o goleiro Ochôa e o zagueiro Rafa Marques quase "entregaram a rapadura", os mexicanos conseguiram marcar aos 21', com Chicharito Hernandez, meio que apagando a má impressão que ele deixou na estreia.

Ainda teve tempo para a Coreia do Sul diminuir a contagem já nos acréscimos, com Son, mas a vitória dos mexicanos estava garantida. Aliás, triunfo importantíssimo: é apenas a segunda vez na história das Copas em que o México consegue vencer os dois primeiros jogos da competição. A primeira oportunidade foi em 2002, quando a "La Tri" bateu a Croácia (1 a 0) e o Equador (2 a 1).
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações