quinta-feira, 24 de maio de 2018

Santos FC empata em 0 a 0 com o Real Garcilaso, mas confirma liderança na Libertadores

Jean Mota disputa a bola pelo alto: apesar da posse de bola, o Santos não conseguiu marcar
(foto: Ivan Storti/SFC)

Já classificado para as oitavas de final da Conmebol Libertadores desde a 5ª rodada, o Santos FC entrou em campo nesta quinta-feira (24), contra o Real Garcilaso, apenas para garantir o topo da tabela. Dominando as ações, o alvinegro martelou o time colombiano desde o início, mas parou nas boas defesas do goleiro Morales e ficou no empate em 0 a 0, na Vila Belmiro.

Mesmo com a classificação para as oitavas garantida desde a rodada anterior, o Santos FC começou o duelo desta quinta partindo para cima do Real Garcilaso. O time peruano, por sua vez, montou um verdadeiro ferrolho defensivo, dificuldade as ações santistas.

Tanto que a primeira boa chegada aconteceu apenas aos 16 minutos, quando Jean Mota deu belo lançamento para Rodrygo, que passou no meio dos zagueiros, mas não conseguiu bater com força na bola e o goleiro Morales segurou firme.

Aos 23, foi a vez de Gabriel dominar pelo lado esquerdo e arriscar um chute de muito longe, assustando o Garcilaso. Dois minutos depois, o camisa 10 tentou mais uma de longa distância, agora pelo meio, mas parou no arqueiro rival. Só dava Peixe. Oito minutos depois, Eduardo Sasha avançou pela direita e cruzou na medida para Rodrygo. O Menino da Vila bateu firme, mas a zaga peruana desviou e impediu a abertura do placar.

O domínio santista seguiu muito grande. Aos 37, Eduardo Sasha soltou uma bomba do lado esquerdo, Morales fez linda defesa e a bola sobrou para Vitor Bueno. Sem ângulo, o meia bateu para o gol, mas acertou a rede pelo lado de fora.

A segunda etapa começou no mesmo ritmo da primeira, com o Santos FC atacando. Logo aos 6, Dodô cruzou na área, a zaga do Garcilaso cortou mal, e Eduardo Sasha arriscou uma bicicleta. O atacante, porém, também parou em Morales.

O Alvinegro seguiu com um bombardeiro para cima dos peruanos. Aos 11 minutos, a zaga rival cortou cruzamento de Jean Mota e a bola sobrou para David Braz, que soltou uma bomba e a redonda passou raspando a trave.

No lance seguinte, Gabriel recebeu belo passe de Yuri Alberto, e dentro da área, mandou por cima da meta. Aos 34, foi a vez de Jean Mota arriscar de longe e o goleiro Morales espalmar novamente. E apesar da pressão e do amplo domínio, o Santos FC não conseguiu furar o bloqueio do Garcilaso e a partida terminou empatada em 0 a 0 na Vila Belmiro.

Com a igualdade, o Peixe chegou aos 10 pontos e terminou a fase de grupos na liderança do grupo 6. Agora, a equipe só volta a entrar em campo pela competição continental nas oitavas de final, que acontecem apenas após a Copa do Mundo. O segundo colocado da chave foi o Estudiantes, que venceu o Nacional por 3 a 1. No próximo domingo (27), o Alvinegro Praiano volta suas atenções ao Campeonato Brasileiro, onde pega o Cruzeiro, às 16 horas, no Pacaembu, pela sétima rodada.

Ficha Técnica
SANTOS FC 0 x 0 REAL GARCILASO

Data: 24 de maio de 2018
Local: Vila Belmiro - Santos-SP
Público: 5.016
Árbitro: Alexis Herrera (VEN)
Assistentes: Luiz Murillo (VEN) e Jorge Urrego (VEN)

Cartões amarelos
Santos FC: Daniel Guedes, Lucas Veríssimo
Real Garcilaso: Morales, Cóssio.

Santos FC: Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Dodô; Diego Pituca (Copete), Jean Mota (Renato) e Vitor Bueno (Yuri Alberto); Rodrygo, Eduardo Sasha e Gabriel - Técnico: Jair Ventura

Real Garcilaso: Morales; Arismendi, Dulanto, Kontogiannis e Juan Lojas; Cóssio, Tragodara (Mendoza), Archimbaud, Ramúa (Peréz) e Landauri (Santillán); Vidales - Técnico: Tabaré Silva
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações