segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Copa América ida e volta - O Peru campeão de 1975

Por Lucas Paes 

O time peruano que conquistou a Copa América de 1975, a primeira no sistema ida e volta

Torneio de seleções mais antigo do mundo, a Copa América começou a ser realizada em 1916, com sede na Argentina. Até então chamada de Campeonato Sul-Americano de Seleções, a competição era sempre disputada em um sede até a edição de 1967. Em 1975, depois de oito anos, a Conmebol reorganizou o torneio, que voltou a ser disputado com duas novidades: houve a mudança de nome, para Copa América, e também não haveria sede fixa. Os jogos seriam no sistema ida e volta.

Tal mudança ocorreu devido à crise financeira vivida pela confederação sul-americana. Pela primeira vez sem sede fixa, aquela Copa lembrou muito o formato da Libertadores. Foram disputadas três edições desta forma e O Curioso do Futebol faz uma série contando estas edições e, é claro, começamos pela primeira, a de 1975, vencida pelo Peru.

Na primeira fase, nove times foram divididos em três grupos de três equipes. Cada líder de chave se juntaria ao Uruguai, então detentor do título, nas semifinais. No Grupo A, formado por Brasil, Argentina e Venezuela, o time canarinho venceu os quatro jogos e ficou na liderança. A Argentina teve como consolo aplicar a maior goleada da competição, um 11 a 0 para cima dos venezuelanos, a segunda maior da história da competição.

Vencendo o Brasil em pleno Mineirão

Na chave B, o Peru liderou, seguido por Chile e Bolívia. Os peruanos fizeram 7 pontos, só não vencendo o Chile na estreia (empate por 1 a 1). Aqui vai um adendo. O Peru tinha um dos melhores times da América do Sul. Liderados pelo treinador Marcos Calderon e em campo tendo o grande Cubillas, os peruanos aprontaram muito para cima dos grandes do continente. E foi o que aconteceu nesta Copa América.

No Grupo C, a Colômbia liderou com aproveitamento de 100%, seguida por Paraguai e Equador.  Aliás, no jogo entre Paraguai e Colômbia, em Assunção, os paraguaios abandonaram o campo aos 43 minutos de jogo, logo após o gol colombiano. Coisas do futebol sul-americano. Assim, ficaram então nas semifinais o Brasil, o Peru, a Colômbia e o Uruguai.

O treinador Calderón com a taça

Um dos confrontos foi entre a Celeste Olímpica e os Cafeteros. No primeiro jogo, realizado no El Campín, em Bogotá, vitória colombiana por 3 a 0. No segundo jogo, no místico Centenario, os uruguaios até venceram por 1 a 0, mas isto não evitou a classificação do time cafeeiro para a final.

Na outra semifinal, o time brasileiro, formado por atletas de Minas Gerais, foi surpreendido e levou 3 a 1 do Peru, em pleno Mineirão. Reforçado na volta, os canarinhos venceram por 2 a 0, mas acabaram pitorescamente eliminados no cara ou coroa. A partir dali, a Confederação Brasileira de Futebol decidiu que enviaria força máxima para as próximas edições. 

Na final, o Peru encararia a surpreendente Colômbia. E sim, naquele momento os peruanos eram os grandes favoritos. No primeiro jogo, em Bogotá, os Cafeteros se aproveitaram do fator casa e venceram por 1 a 0, gol de Castro. Com isto, mesmo com uma vitória peruana no segundo jogo, forçaria um terceiro embate, já que pelo regulamento, saldo de gols não era critério de desempate na decisão.

Jogadores comemorando o título

E foi exatamente o que aconteceu. No segundo jogo, realizado no Estádio Nacional de Lima, Obitas, aos 18 minutos do primeiro tempo, e Ramírez, aos 44', deram a vitória ao Peru e forçaram a terceira partida, que foi marcada para Caracas, na Venezuela.

No dia 28 de outubro de 1975, Peru e Colômbia entraram no gramado do Estádio Olímpico de Caracas para decidirem o título da primeira Copa América no sistema ida e volta de jogos, com a 'inusitada' necessidade de um terceiro confronto. O jogo foi difícil, mas Sotil, aos 25 minutos, fez o gol que confirmou o favoritismo e o título peruano na que talvez seja a conquista mais representativa da história da seleção (sim, o Peru também foi campeão em 1939, mas este título de 1975 é o da maior geração do país).
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações