segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Brasil vence a Itália e avança às semifinais da Copa do Mundo Sub-17

Com informações da CBF
Foto: Alexandre Loureiro/CBF

Brasil não teve muita dificuldade para fazer 2 a 0 na Itália

Mais uma missão cumprida com sucesso pela Seleção Brasileira Sub-17! Na noite desta segunda-feira (11), o Brasil venceu a Itália por 2 a 0 e carimbou a vaga rumo às semifinais da Copa do Mundo da categoria. No Estádio Olímpico de Goiânia, Patryck e João Peglow marcaram os gols da classificação brasileira. 100% na competição, com cinco vitórias em cinco jogos, a Canarinho vai encarar a França na próxima fase. O duelo decisivo será na quinta-feira (14), às 20h (de Brasília), no Bezerrão.

Dono absoluto dos primeiros minutos, o Brasil começou a partida em ritmo alucinante, marcando pressão e controlando a posse de bola. A primeira chance veio aos quatro minutos de jogo. Kaio Jorge deu ótimo passe para Pedro Lucas, que soltou o pé para boa defesa do goleiro Molla. Mas logo na sequência, o arqueiro italiano nada pôde fazer contra a finalização certeira de Patryck. O lateral recebeu lançamento de Pedro Lucas, saiu em velocidade e surpreendeu Molla ao bater direto para o gol, aos cinco: 1 a 0 e festa brasileira em Goiânia.

Aos poucos, a Itália equilibrou as ações e tentou responder com Tongya, Pirola e Brentan. Retomando o domínio ofensivo, a Canarinho voltou a pressionar. Talles Costa e Henri esbarraram na defesa adversária. Até que, na marca dos 39, Peglow ampliou para a Seleção Brasileira. Em contra-ataque bem trabalhado, Pedro Lucas encontrou o camisa 10 pela direita, que bateu cruzado e saiu para o abraço: 2 a 0.


Correndo atrás do prejuízo, a Itália teve mais a bola no início do segundo tempo, mas foi o Brasil que assustou primeiro. Aos 11, Yan arriscou o chute de fora da área, Kaio Jorge tentou o desvio, mas Molla fez a defesa. Três minutos depois, a seleção italiana chegou com perigo em cruzamento rasteiro de Ruggeri, que Cudrig não aproveitou. O terceiro da Canarinho quase saiu aos 14. Gabriel Veron roubou a bola, driblou o marcador e bateu rasteiro para mais uma boa participação do goleiro italiano. 

A Seleção Brasileira seguiu no ataque e, aos 22, foi a vez de Talles Costa fazer grande jogada individual. O meia apareceu pela direita, invadiu a área e tocou para Pedro Lucas pegar de primeira mandando rente à meta adversária. Na sequência, Molla salvou a Itália de novo após mais uma finalização de Patryck. Já aos 36, Donelli operou um milagre dentro da área para salvar o Brasil depois de chute Gnonto. Confortável no jogo, a Canarinho soube administrar o resultado para sair de campo com mais uma vitória e vaga carimbada para as semifinais.

Palmeiras e Red Bull são os finalistas do Paulista Sub-20


Palmeiras e Red Bull. Estas duas equipes decidirão o Campeonato Paulista Sub-20 de 2019. Os Touros Vermelhos se classificaram no sábado, com um empate contra o Ituano. A igualdade no marcador também colocou o Verdão na final, só que nesta segunda-feira, dia 11, contra o São Paulo.

O primeiro a conquista a vaga para a decisão foi o Red Bull Brasil. No sábado, dia 9, em Jarinu, os Touros Vermelhos receberam o Ituano e em um belo jogo as duas equipes empataram em 2 a 2. O Red Bull havia vencido o primeiro jogo, em Itu, pelo placar de 2 a 0.

O Red Bull Brasil fez uma bela campanha até chegar à decisão. Na primeira fase, a equipe foi a primeira colocada do Grupo 3, com 31 pontos. Na segunda fase, os Touros Vermelhos foram os segundos do Grupo 8, com oito pontos, e na terceira foi primeiro do Grupo 15, com 16 pontos. No mata-mata, o Red Bull passou por Santos e Ituano para estar na final.

Já o segundo classificado para a decisão saiu nesta segunda-feira, dia 11, e foi o Palmeiras, que em jogo realizado no Pacaembu, empatou com o São Paulo em 1 a 1. no primeiro jogo entre as duas equipes, no Morumbi, o Verdão havia levado a melhor e vencido por 1 a 0.


O Palmeiras começou a competição no Grupo 4, onde foi o primeiro colocado, com 30 pontos. Na segunda fase, o Verdão foi o segundo colocado do Grupo 9, com 13 pontos, e na terceira fase foi novamente segundo, no Grupo 14, com 11 pontos. No mata-mata, o Palmeiras passou por Botafogo de Ribeirão Preto e São Paulo para chegar à decisão.

Agora, as duas equipes esperam a Federação Paulista de Futebol (FPF) que vai definir as datas e horários dos jogos da grande decisão. O anúncio deve ser feito nesta terça-feira, dia 12.

Depois de duas temporadas em Rondônia, Weslen já planeja o 2020

Weslen, o primeiro da fila, defendendo o Real Ariquemes (foto: arquivo pessoal)

O lateral-direito Weslen já está se preparando para a temporada de 2020. Depois de começar no futebol paulista, onde defendeu Jabaquara, Atlético Sorocaba, Rio Claro e Taboão da Serra, o jogador passou os dois últimos anos em Rondônia, defendendo o Rondoniense, em 2018, e Real Ariquemes, onde atuou no Estadual e Copa do Brasil.

Apesar de seu contrato com o Real Ariquemes ter chegado ao fim, o lateral-direito está se preparando por conta própria e estudando propostas para atuar na próxima temporada. O Curioso do Futebol bateu um papo com o atleta, que falou sobre como foi as atuações neste ano e o que espera do futuro.

O Curioso do Futebol - Depois de sempre jogar no futebol paulista, você teve esta experiência de duas temporadas em Rondônia. Como foi jogar por lá?

Weslen - O futebol paulista ainda está bem a frente de Rondônia. Em São Paulo temos mais técnica e qualidade. Em Rondônia estão em uma crescente, nestas duas temporadas que estive lá no Rondoniense e Real Ariquemes, me adaptei rapidamente. Lá o futebol é mais força e marcação. Graças a Deus tive um bom desempenho, chegando as semifinais do estadual nas duas ocasiões, chegando inclusive a figurar na seleção do campeonato.

O Curioso do Futebol - Há pressão da torcida? Tem como comparar com o futebol paulista?

Weslen - Ainda não dá pra comparar, até por conta de que a profissionalização lá se iniciou apenas em 1991, mas tá crescendo, tem bastante torcedores e a cobrança é bem firme. Mas isso é normal, faz parte do futebol, você sai na rua o torcedor reconhece, faz cobranças e nos aprendemos a lidar com essa situação.

O Curioso do Futebol - Como foi o desempenho do Real Ariquemes em sua passagem?

Weslen - Achei produtivo, como disse, chegamos à semifinal do estadual. O Real foi campeão em 2018, então havia uma expectativa maior, mas infelizmente não tive a felicidade de levar o clube até a final e ter a oportunidade de defender o título, mas estar entre as melhores equipes do estado faz bem para a equipe e para os atletas. A equipe inclusive teve a oportunidade nesse ano de disputar a Copa do Brasil e a Série D do Campeonato Brasileiro.

O Curioso do Futebol - Já tem propostas para a próxima temporada? O que esperar do Weslen em 2020?

Weslen - Estamos estudando algumas propostas. Enquanto isso tenho procurado manter a forma física para que assim que houver acerto eu possa ajudar a equipe em alto nível. Em 2020 pode esperar muita experiência, maturidade e dedicação. Acredito que o próximo ano será de muitas conquistas, que seja possível colocar mais um título no currículo.

O Curioso do Futebol - Deixamos agora o espaço para seus agradecimentos.

Weslen - Primeiramente agradeço a Deus pelas oportunidades que me deu até aqui. Sei que muitos jovens como eu gostariam de participar do futebol profissionalmente. Isso só foi possível por conta do apoio da minha família, ao meu pai, minha esposa e ao meu filho, que me inspira e me dá forças para me dedicar cada vez mais. Não posso deixar de agradecer vários amigos como o Gilson Pereira, que nos momentos bons e ruins sempre está lado a lado nessa caminhada.

domingo, 10 de novembro de 2019

Confrontos das semifinais do Paulista Feminino Sub-17 estão definidos


Foi realizada na tarde deste domingo, dia 10, a última rodada da segunda fase do Campeonato Paulista Feminino Sub-17 de 2019. Os resultados definiram os classificados e os confrontos da semifinais da competição, onde o São Paulo vai enfrentar a Ferroviária e o Santos terá pela frente o clássico contra o Corinthians.

No Complexo Social do Morumbi, em São Paulo, o Tricolor Paulista confirmou a primeira colocação do Grupo 5 ao golear o São José por sonoros 10 a 0. Lauren, Pérola e Duda marcaram para o time da casa no primeiro tempo. Já na segunda etapa, Rafa, Pérola, Isabelle, Evelyn, Isabelle, Cynthia e Rafa completaram a goleada do São Paulo FC.

Já no Estádio Municipal Dr. Ademar Pereira de Barros, em Araraquara, Ferroviária e Centro Olímpico, que estavam empatados em sete pontos, definiram o segundo lugar do Grupo 5. O time da capital saiu na frente, com Manu, mas Prado, nos acréscimos do primeiro tempo, e Bia, momentos antes do apito final do árbitro Hemerson Jose Nicoli de Campos,  fizeram 2 a 1 deram a classificação para as Guerreiras Grenás.

Pelo Grupo 6, o já classificado Santos recebeu o Realidade Jovem no CT Meninos da Vila. A equipe visitante surpreendeu no primeiro tempo e saiu na frente com um gol de falta de Camille, aos 16 minutos. No início do segundo tempo, Nicole, marcou um gol olímpico, e Analuyza, nos acréscimos, fez o tento da vitória das Sereias da Vila, que ficou na liderança da chave.

Já no Parque São Jorge, o Corinthians encarou o Caldeirão, de Piracicaba, e foi surpreendido aos 15 minutos, com o gol de Ellen. Porém, Kamille, aos 22', e Maria, aos 32', viraram ainda no primeiro tempo e o Timão, com a vitória, ficou em segundo lugar no Grupo 6.

O cruzamento das semifinais foi definido pela campanha no geral. O São Paulo, que somou 36 pontos, vai encarar a Ferroviária, que fez 26. Já o Santos, com 30 pontos, terá pela frente o Corinthians, que somou 29. Tricolor e Sereias da Vila fazem o segundo jogo em casa.

São Paulo vence jogo de ida da final do Paulista Sub-13 e abre vantagem sobre o Marília

Foto: Igor Amorim/São Paulo FC

São paulo abriu uma pequena vantagem na decisão

O São Paulo largou na frente na decisão do Campeonato Paulista Sub 13. Na manhã deste domingo, dia 10, o time do Morumbi recebeu o Marília, no Estádio José Liberatti, em Osasco, para a partida de ida da final da competição e venceu por 3 a 2.

Logo em um dos primeiros ataques, três minutos, o Tricolor abriu vantagem. Giovani pegou na bola na esquerda, passou pelos marcadores e tocou para Nicolas, na ponta direita, chutar cruzado e vencer o goleiro. Com 13 minutos, Luís Felipe fez linda jogada no meio e achou Giovani, que levou para o meio e mandou a bomba sem chances de defesa para o goleiro: 2 a 0.

Muito bem na partida, os são-paulinos ampliaram logo depois, aos 15 minutos. Após a cobrança de escanteio no segundo pau, Davi completou de cabeça para o gol. Assim, o Tricolor foi para o intervalo vencendo o jogo por 3 a 0.


No entanto, o Marília reagiu na etapa final. Hugo fez o primeiro do MAC e Roberto, já nos acréscimos, fez o segundo dos visitantes. Assim, o Tricolor venceu por 3 a 2, mas o placar apertado manteve o Marília com a esperança viva de reverter o resultado na segunda partida.

Com o resultado, o São Paulo joga pelo empate na partida de volta, que será disputada no próximo domingo, às 10 horas da manhã, no estádio Bento de Abreu, em Marília. O Marília precisa de uma vitória simples para levar a decisão para os pênaltis. Se vencer por dois ou mais gols, o time do interior conquista o título no tempo normal.

Nos pênaltis, Seleção Feminina é superada pela China em Chongqing

Com informações da CBF
Foto: Daniela Porceli/CBF

No tempo normal, o jogo terminou com empate sem gols

A Seleção Feminina ficou com o segundo lugar do Torneio Internacional de Chongqing. Na manhã deste domingo (10), após empate sem gols no Chongqing Yongchuan Sports Center Stadium, a China superou o Brasil por 4 a 2 nas cobranças de pênaltis e faturou o troféu da competição preparatória. Apesar do revés na marca da cal, a Canarinho continua invicta no comando da técnica Pia Sundhage: são quatro vitórias e dois empates.

Jogando em casa, a China pressionou um pouco mais no início da partida. No entanto, com o decorrer do tempo, o Brasil passou a se soltar mais na partida. A primeira boa chance foi com Debinha, aos 21 minutos, após belo passe de Chú. Mais tarde, aos 43, foi a vez de Debinha servir Ludmila, cortou a marcadora dentro da área mas chutou para fora.

O segundo tempo seguiu com poucas oportunidades para os dois lados. A boa marcação das equipes prevaleceu na etapa final. Antes de a decisão ir para os pênaltis, a Seleção quase marcou aos 46 minutos, quando Andressinha cobrou falta com perigo, mas a bola foi para fora.

Nas penalidades, Tamires e Andressinha acabaram desperdiçando as cobranças e a Canarinho ficou com o vice-campeonato do Torneio Internacional de Chongqing. O Brasil havia chegado na decisão pois venceu o Canadá por 4 a 0, durante a semana.

sábado, 9 de novembro de 2019

Jabaquara faz 7 a 0 na União Barbarense pela Paulista Cup Sub-15

Foto: divulgação Tática Assessoria

Jogadores comemoraram muito o resultado

A manhã chuvosa deste sábado no Estádio Espanha, na Caneleira, em Santos, ficou marcada por uma grande goleada. Em compromisso pela segunda rodada da segunda fase da Paulista Cup Sub-15, o Jabaquara não tomou conhecimento do União Barbarense e venceu pelo placar de 7 a 0.

Os gols do Leão da Caneleira no jogo foram marcados por Matheus (2), Giovanni (2), Dieguinho, Nogueira e Carioca. A equipe comandada pelo técnico Leonardo Góis. “Terminamos o primeiro tempo vencendo por 3 a 0, mas o time não diminuiu o ritmo e seguiu no ataque. Os gols foram saindo naturalmente, como consequência da grande atuação da equipe. Estão todos de parabéns”, declarou o comandante rubro-amarelo.

Perto das semifinais - Com o resultado, o Jabaquara assumiu a liderança isolada de sua chave com seis pontos ganhos em dois jogos. O Grêmio Mauaense ocupa a segunda posição com três pontos, enquanto que Santo André e União Barbarense ainda não pontuaram.

Na terceira e última rodada, o Jabuca enfrenta o Mauaense na próxima quarta-feira, na Grande São Paulo, e um empate é o suficiente para garantir a classificação da equipe santista para as semifinais da competição. As categorias de base do Jabaquara (do sub-11 ao sub-17) são administradas pela empresa Deivid Sports e contam com o apoio da Mediterranean Logística, L&L Vidros e Grupo DW Log.

Independiente Del Valle vence Colon e conquista a Sul-Americana

Com informações da Conmebol e da ESPN
Foto: Jorge Adorno/Reuters


O Independiente Del Valle conquistou a Copa Sul-Americana em cima do Colón

O Independiente Del Valle é o novo campeão da Copa Sul-Americana. O time equatoriano bateu o Colón de Santa Fé, da Argentina, por 3 a 1, em final única disputada neste sábado, dia 9, no Estádio da Olla Azulgrana, em Assunção, no Paraguai. A conquista dá ao Del Valle uma vaga no novo Mundial de Clubes em 2021. Foi a primeira conquista internacional da história do Del Valle.

O Del Valle havia eliminado na semifinal o Corinthians, vencendo o Timão em plena Arena Corinthians por 2 a 0 e empatando por 2 a 2 em casa. O Colón também foi algoz de um brasileiro, mas o Atlético Mineiro, eliminando o Galo nos pênaltis, depois de uma vitória para cada um por 2 a 1, em seus respectivos estádios. 

A Olla tinha uma chuva torrencial desabando sobre o estádio. Com um campo molhado e dificuldade de ambos os lados, as principais jogadas sairam através da bola aérea. Numa dessas, o Del Valle pulou na frente aos 26 minutos, quando Fernando Leon aproveitou o cruzamento e mandou a bola para as redes, abrindo o marcador na Olla Azulgrana, pouco antes do jogo ser paralisado por causa da chuva.

Depois de 30 minutos, a partida voltou a acontecer e num contra-ataque, o Del Valle ampliou sua vantagem. Sanchez avançou livre contra o goleiro Burian para marcar o segundo, para tristeza da maioria argentina, que invadiu o estádio do Cerro Porteño e via até ali seu time perder o título para os equatorianos.

A reação poderia ter acontecido aos 9' da segunda etapa, quando o árbitro marcou pênalti para o Colón, quando Morelo foi deslocado pelo defensor equatoriano, Claus até foi para o VAR, mas confirmou o pênalti. Porém, na cobrança, Pulga Rodriguez viu Pino defender a cobrança e negar a redução da vantagem. O gol que diminuiria o placar só veio aos 45' do segundo tempo, numa bela finalização de Oliveira, que aproveitou rebote da defesa e marcou um golaço. O Colón então passou a tentar atacar, mas acabou levando o golpe de misericórdia aos 50', quando Cabeza saiu sozinho, viu o goleiro adiantado e tocou para Déjame fazer o gol do título. Final de jogo, 3 a 1 Del Valle e título equatoriano.

Agora tanto Colón quanto Del Valle voltam suas atenções aos campeonatos nacionais da Argentina e do Equador. Com o título, o Del Valle conquista vaga na Copa do Mundo de Clubes de 2021, na China, onde 24 equipes disputarão o título a exemplo de uma Copa do Mundo de seleções. O Colón amarga a derrota, que segue deixando Pulga Rodriguez sem grandes conquistas no futebol.

São Caetano marca no fim e vence XV no primeiro jogo da final da Copa Paulista

Com informações da FPF
Foto: Antônio Trivelin/FPF

Mesmo jogando fora de casa, São Caetano abriu vantagem na decisão da Copa Paulista

O São Caetano saiu na frente na primeira partida da final da Copa Paulista. Jogando no Barão de Serra Negra, o Azulão marcou aos 48 minutos do segundo tempo com Max e venceu por 3 a 2 o XV de Piracicaba, neste sábado (9), em Piracicaba.

O XV de Piracicaba pressionou o São Caetano desde o início de jogo e antes dos vinte minutos criou pelo menos quatro chances de abrir o marcador. Logo no primeiro minuto, Cássio Gabriel mandou de voleio. Aos dez minutos, Misael fez boa jogada pela esquerda, girou e bateu com perigo para a defesa de Luiz Daniel. O goleiro do Azulão salvou em mais dois lances. Três minutos depois em cabeçada de Macena e aos 18 em chute de Misael.

Quando chegou pela primeira vez, aos 24, o São Caetano abriu o marcador. Após lançamento na área, Emerson Santos ajeitou para Jean Dias bater forte de esquerda, sem chances para Luiz Fernando. Três minutos depois, o time ampliou. Após escanteio pela direita, Junior Alves subiu sozinho para marcar de cabeça. O São Caetano quase marcou o terceiro aos 36 em cabeçada de Emerson Santos, mas Luiz Fernando defendeu.

Após os dois gols, o XV de Piracicaba teve a chance do empate, mas novamente esbarrou no goleiro adversário. Aos 39, Luiz Daniel evitou o gol do XV novamente em cruzamento de Jefferson Feijão que foi direto para o gol. Um minuto depois, o lateral bateu de fora da área e a bola passou rente ao travessão. No último minuto, o goleiro do São Caetano defendeu mais uma vez chute de Luisinho.


Assim como no primeiro tempo, o XV começou bem o segundo tempo. Aos nove minutos, conseguiu diminuir o marcador. Cássio Gabriel recebeu na entrada da área, girou e bateu colocado no ângulo, sem chances para Luiz Daniel. A bola ainda desviou em Junior Alves. O gol animou o XV que foi com tudo em busca do empate. Aos 26, o XV teve a grande chance do empate com Simião. Ele tirou Junior Alves, mas na hora da conclusão ele escorregou. 

Dois minutos depois, o empate veio. Cássio Gabriel recebeu na entrada da área, tirou a marcação e bateu colocado, sem chances para Luiz Daniel, marcando novamente um golaço. Aos 32, quase a virada. Erick Salles dominou no alto dentro da área e tentou de bicicleta, mas a bola foi por cima do gol. No final, aos 49 minutos, o São Caetano fez o terceiro, com Max de cabeça e calou o estádio do XV.

O jogo de volta está marcado para o próximo sábado (16), desta vez no Estádio Anacleto Campanella, às 17h, em São Caetano do Sul.  O São Caetano joga pelo empate para se sagrar campeão e para o XV de Piracicaba só resta vencer para levar a decisão para os pênaltis.

Fora de casa, Santos faz 3 a 0 no Goiás e vence a quarta seguida no Brasileirão

Com informações do Santos FC
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Soteldo, o camisa 10 do Peixe, marcou duas vezes

O Santos FC conquistou sua 19ª vitória no Campeonato Brasileiro. Na tarde deste sábado (9), no Estádio Serra Dourada, o Peixe venceu o Goiás por 3 a 0. Com este resultado, o Alvinegro Praiano emplacou uma sequência de quatro triunfos seguidos e chegou aos 64 pontos, na terceira colocação do Nacional. Soteldo, em duas oportunidades, e Marinho anotaram os gols da partida em Goiânia-GO. Antes de bater o Goiás, pela 32ª rodada, o time de Vila Belmiro bateu Bahia (1 a 0), Botafogo (4 a 1) e Avaí (2 a 1). 

O time santista começou o duelo pressionando os donos da casa. A primeira chance de perigo veio aos 11 minutos, dos pés de Carlos Sánchez. De fora da área, o uruguaio arriscou o chute e viu Tadeu fazer uma grande defesa. Dois minutos depois, Soteldo aproveitou cruzamento de Sánchez na área e bateu de primeira. Bem posicionado, o zagueiro Fábio Sanchez salvou de cabeça e mandou a bola para escanteio.


Aos 17 minutos, foi a vez de Eduardo Sasha levar perigo à defesa rival. Depois de cruzamento de Soteldo, o atacante santista entrou na área em velocidade e cabeceou firme para mais uma grande defesa de Tadeu. De tanto pressionar, o Alvinegro Praiano abriu o marcador aos 24 minutos com um lindo gol de Soteldo. Após Marinho levantar a bola na área e a zaga afastar parcialmente, o camisa 10 do Peixe aproveitou a sobra de bola e, sem deixar pingar, bateu de primeira para estufar as redes do Serra Dourada.

O Peixe seguiu atacando e quase ampliou o marcador por duas vezes. Aos 39 minutos, Marinho partiu para a jogada individual, driblou o defensor e foi abafado por Tadeu na hora do chute. Quatro minutos depois, Soteldo aproveitou sobra de bola em levantamento de Jean Mota e tentou de voleio, mas o goleiro salvou novamente e o embate foi para o intervalo com vitória santista por 1 a 0.

Na segunda etapa, o time santista voltou com o mesmo ímpeto e voltou a balançar as redes em Goiânia. Aos 14 minutos, Soteldo avançou pela esquerda e acionou Marinho dentro da grande área. Bem posicionado, o camisa 11 dominou e bateu na saída do goleiro para marcar seu sexto gol no campeonato.


Aos 27, foi a vez de Marinho servir Soteldo para o Peixe chegar ao terceiro gol. Pela direita, Marinho levou a bola até o fundo, brecou em cima da marcação e cruzou na área. Em velocidade, o venezuelano entrou pela esquerda e deu um tapa de primeira para sacramentar a vitória do time comandado por Jorge Sampaoli.

O Santos FC volta a campo no próximo sábado, dia 16, para encarar o São Paulo. O clássico, válido pela 33ª rodada do Brasileirão, será realizado às 17 horas, na Vila Belmiro. Já o Goiás joga no dia 18, segunda-feira, contra o Vasco, às 18h30, em São Januário, no Rio de Janeiro.
Proxima  → Inicio

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações