sexta-feira, 19 de abril de 2019

Sereias vencem a Ferroviária e continuam com 100% no Brasileiro

Foto: Beto Boschiero/Ferroviária S/A

Sereias da Vila conseguiram um grande resultado jogando em Araraquara

As Sereias da Vila seguem voando no Campeonato Brasileiro Feminino de 2019! Na tarde desta sexta-feira (19), a vítima das comandadas de Emily Lima foi a Ferroviária, que acabou perdendo por 1 a 0 na Fonte Luminosa, pela quinta rodada da competição nacional. O gol do Santos FC foi marcado pela atacante Maria Alves.

As Sereias dividiam a liderança da competição, com 12 pontos, junto com o Flamengo, do Brasileiro Feminino. Na rodada anterior, a equipe venceu o Kindermann, fora de casa, por 2 a 0. Já a Ferroviária, antes de entrar em campo, ocupava a nona colocação, com cinco pontos, e vinha de vitória sobre o Foz Cataratas por 2 a 1.

Mesmo jogando fora de seus domínios, as Sereias da Vila começaram o jogo pressionando as adversárias. A postura da equipe foi premiada aos 13 minutos, quando Maria Alves abriu o marcador. A Ferroviária, após tomar o gol, até tentou reagir, mas o primeiro tempo terminou com o placar de 1 a 0.

Na segunda etapa, a equipe da casa foi para o "tudo ou nada", tentando igualar o marcador. Porém, a postura do time comandando pela treinadora Emily Lima conseguia neutralizar as ações da Ferroviária e, assim, manteve o placar positivo. Final de jogo e 1 a 0 para o Santos.

Com o resultado, o Alvinegro Praiano chegou aos 15 pontos, segue com 100% de aproveitamento e isolou-se na liderança do torneio. Porém, vale destacar que o Flamengo entra em campo neste sábado (20) contra a Ponte Preta e pode igualar o Peixe.

Na sexta rodada do Brasileirão Feminino, as Sereias da Vila recebem a própria Ponte Preta na próxima quarta-feira (24), às 15h, no estádio Ulrico Mursa, em Santos. Já a Ferroviária, no mesmo dia e horário, encara o Flamengo, em local a definir.

A primeira vez do inesquecível ataque do Santos FC

Com informações de Gabriel Santana, do Centro de Memória e Estatística do Santos FC
Foto: Arquivo Santos FC

Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe atuaram juntos pela primeira vez em 19 de abril de 1960

O dia 19 de abril de 1960 entrou para a história do futebol mundial. Em partida válida pelo Torneio Rio-São Paulo, o Santos enfrentou a Portuguesa de Desportos, no Pacaembu, e empatou em 2 a 2, depois de terminar perdendo o primeiro tempo por 1 a 0. O público mal chegou a 800 pessoas. Mas o mais importante não foi nada disso.

Naquele jogo, aparentemente sem maiores destaques, as menos de mil pessoas presente ao Pacaembu presenciaram a estreia do quinteto que formou o melhor ataque da história do futebol, conhecido como “o ataque dos sonhos”: Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe.

Curiosamente, nenhum dos cinco assinalou algum gol na partida. Zito e Ney Blanco, aos 20 e 22 minutos do segundo tempo, foram os responsáveis por balançar as redes do adversário, virando o jogo para o Santos, até que Odorico empatasse aos 30 minutos.

Dorval, Coutinho, Pelé e Pepe começaram a partida, e Mengálvio entrou no decorrer do jogo, no lugar de Ney Blanco. O time santista, comandado pelo técnico Lula, jogou com Laércio; Feijó, Mauro e Zé Carlos; Calvet (Formiga) e Zito; Dorval, Ney (Mengálvio), Coutinho, Pelé e Pepe.

O ataque dos sonhos atuou em 97 partidas, entre o período de 1960 a1966. Juntos, os cinco craques conquistaram todos os títulos possíveis e protagonizaram espetáculos mundo afora. A última vez em que entraram em campo ocorreu em 9 de janeiro de 1966, na Costa do Marfim, quando o Santos goleou o Stad Club Abidjan por 7 a 1, com dois gols de Coutinho, dois de Pelé, dois de Pepe e um de Lima.

Rivaldo no Carrossel Caipira do Mogi Mirim

Por Lucas Paes

Rivaldo se destacou no Carrossel Caipira do Mogi Mirim

Rivaldo, que está completando 47 anos neste 19 de abril de 2019, foi um dos mais geniais jogadores que o Brasil produziu nos anos 90. Foi destaque do futebol mundial durante a década de 1990 e o começo dos anos 2000. E boa parte de seu talento começou a desabrochar no interior paulista, quando fez parte de um dos times mais fortes que o estado de São Paulo já testemunhou, o lendário Carrossel Caipira do Mogi Mirim de 1992. De lá, Rivaldo voou para o mundo.

Depois de chegar do Santa Cruz para disputar a copinha, Rivaldo nunca mais voltou a Recife como jogador. Junto aos colegas Válber e Neto, reforçou o bom elenco do Sapo para a disputa estadual. Depois de ir mal em 1991, o Mogi Mirim queria fazer um bom campeonato em 1992 e para isso montou um time cheio de jovens e que seria comandado por Oswaldo Alvarez, o Vadão, na época ainda um iniciante. Com o estadual rolando no segundo semestre, o ano começou com a disputa da Copa 90 anos de futebol, onde o Sapo terminou campeão com apenas uma derrota. 

No segundo semestre, fez parte da campanha espetacular no grupo B do Paulistão, terminando na liderança. Acabou caindo no quadrangular semifinal, terminando em quarto lugar. Era apenas o primeiro de grandes feitos daquele time. Enquanto isso, Rivaldo encantava. Seja como meia ou como ponta, dividia com Valber o protagonismo da infernal linha de frente do Sapo. A movimentação constante, inspirada na Holanda de Michels, deixava os adversários malucos, chegando ao ponto de jogadores do XV de Piracicaba pediram para o Mogi Mirim diminuir o ritmo em um jogo do estadual. 

Gol do meio de campo diante do Norusca

Mas foi em 1993 que Rivaldo escreveu sua maior página pelo Sapo, que acabou gerando o destaque que o levou ao Corinthians, junto com Válber, Leto e Ademilson, e posteriormente a virar destaque do histórico Palmeiras de 1996. Já com bons números de gols pelo Mogi Mirim, Rivaldo jogava pelo clube diante do Noroeste, quando o Sapo levou um gol. Esperto, logo na saída de bola, Rivaldo surpreendeu o goleiro do Norusca e marcou um golaço, um dos mais bonitos de sua carreira. Naquele ano, o Paulistão foi jogado no primeiro semestre.

Acabou que ao fim do estadual, depois de 40 jogos e 27 gols pelo Mogi Mirim, Rivaldo foinegociado com o Corinthians por empréstimo, em história já contada aqui no site e que envolveu mais alguns destaques do alvirrubro de Mogi. A partir da passagem pelo Corinthians, o futuro camisa 10 do penta vestiu diversas camisas e fez história em diversos clubes. Uma história que começou no Mogi Mirim, clube onde depois ele chegou a ser presidente e ainda jogou novamente, já veterano. 

Após estadual, Ruan inicia preparação com o Brusque para a Série D

Foto: Hermes Bezerra/FFC

Ruan foi um dos destaques do Brusque no estadual e quer fazer boa campanha na Série D

Foco na Série D. Esse é o principal objetivo do Brusque e do volante Ruan para a sequência da temporada. Após boa campanha no estadual, chegando inclusive a brigar por uma vaga na semifinal, o clube se prepara para a disputa do campeonato nacional.

Nesta semana, após período de folga, a equipe iniciou sua preparação para a competição. O clube catarinense está no Grupo A15, com Boavista/RJ, Foz do Iguaçu/PR e Gaúcho/RS. A estreia acontece no dia 5 do próximo mês, em casa, contra o time carioca.

Ruan, que está desde o fim do ano passado no Brusque e disputará pela segunda vez a Série D do Brasileirão pelo clube de Santa Catarina, revela como vem sendo os trabalhos da equipe. “Começamos a preparação nesta segunda-feira e, do grupo que disputou o estadual, tivemos mudanças. Mudou o treinador e alguns companheiros saíram. Outros jogadores devem chegar para fortalecer a nossa equipe. A gente confia na diretoria e no trabalho que estão fazendo para montar um elenco forte”, destacou o atleta, que completou 24 anos nesta semana.

A pouco mais de duas semanas da estreia, o volante destaca a importância da competição. “A Série D é o nosso grande objetivo nesta temporada. É um campeonato importante não só para o clube, mas para mim também. Todo jogador quer ser lembrado por conquistas, seja com acessos ou títulos. A minha expectativa é a melhor possível, o trabalho vem sendo bem feito e temos tudo para entrar forte nessa briga pelo acesso. Vamos aproveitar ao máximo as próximas semanas para treinar bastante e preparar o grupo para o campeonato”, finalizou.

quinta-feira, 18 de abril de 2019

Atacante Rodriguinho é o novo reforço da Lusa Carioca

Foto: André Oliveira/Portuguesa Rio

É a terceira Portuguesa que Rodriguinho vai defender na carreira

E tem novidade para o ataque da Portuguesa Carioca! O clube anunciou oficialmente nesta quinta-feira, dia 18, a contratação do experiente atacante Rodriguinho, de 36 anos, para o Brasileirão da Série D. Rodriguinho está de volta ao futebol carioca após quase nove anos onde foi destaque sendo uma das peças importantes do título brasileiro do Fluminense em 2010.

O atacante estava desde o ano passado na Portuguesa Santista, clube onde também iniciou a sua carreira, onde foi vice-campeão do Paulista da A3 em 2018 e ajudou a Briosa a chegar nas quartas da A2 desta temporada, onde fez seis gols em 16 partidas. Além da Briosa, ele atuou por São Vicente, Sport, SEV Hortolândia, Rio Branco de Americana e Santo André, onde se destacou e foi para o Fluminense.

Após a passagem pelo Tricolor, que serviu como alavanca para sua carreira estourar, ele jogou pela Portuguesa, em 2012, pela Série A do Brasileiro, Athletico Paranaense, Avaí, Santo André, Linense, Oeste, Desportivo Brasil, entre outros. Agora na Lusa Carioca, ele busca ajudar o time com sua experiência.

Além de Rodriguinho, que passa por mais um clube da colônia portuguesa (Santista, de Desportos e agora Carioca), a Lusa conta com Anderson Cavalo, Alex Azeredo e André Silva para a posição. O elenco segue se reforçando e já trouxe os seguintes jogadores:

Goleiros: Jefferson e Ranule
Lateral-direito: Arlen
Lateral-esquerdo: Murilo Rusalén e Marlon
Volantes: Levi, Vitinho e Rezende
Meias: Dieguinho e David Ceará
Atacantes: Alex Azeredo, Anderson Cavalo e Rodriguinho.

Renan Foguinho projeta decisões para “salvar temporada” na Turquia

Foto: Divulgação/Giresunspor

Renan Foguinho acredita que cinco ou seis pontos, em cinco jogos, servem para a sua equipe

Reta final na temporada de futebol 2018-2019 na Europa. Alguns times lutam pelos títulos, outros contra rebaixamento ou acesso, além, no caso das divisões principais, em vagas nas competições continentais. Na Turquia, o brasileiro Renan Foguinho luta para manter o Giresunspor na 1.Lig, a segunda divisão do país.

Restam cinco rodadas para o fim, e a equipe do experiente jogador de 29 anos, possui quatro pontos de diferença para a zona de rebaixamento. “Acho que temos uma boa vantagem, mas precisamos pontuar nesses últimos jogos para garantir o quanto antes a nossa permanência. Aqui no clube estamos calculando que precisamos somar entre cinco e seis pontos para não depender de ninguém. É o nosso grande objetivo manter o Giresunspor e evitar o rebaixamento. Apesar de ter chego na equipe só no meio da temporada, sei que o clube passou por mudanças consideráveis na janela de inverno, por isso precisamos salvar essa temporada mantendo o time na 1.Lig”, destacou o volante, que soma 106 jogos no futebol europeu.

A primeira, das cinco partidas decisivas, será contra o Denizlispor, vice-líder do campeonato. Apesar da grande campanha do adversário, Renan Foguinho tem boas lembranças da equipe. Isso porque nas duas vezes que enfrentou o clube, venceu, inclusive balançando as redes.

“Tomara que o retrospecto continue assim, com vitória. A gente sabe que vai enfrentar uma grande equipe, tanto é que está lá em cima na classificação e é o time que menos perdeu no campeonato. Temos que aproveitar o fator casa nesse momento decisivo e usar isso a nosso favor. Uma vitória seria muito importante para nós, além disso daria confiança ao grupo para esses últimos jogos da temporada”, concluiu.

O duelo entre Giresunspor e Denizlispor acontece neste sábado (20).

Lucão quer America com espírito de decisão desde o início do Carioca B1

Com informações da Agência FERJ
Foto: Marcio Menezes/America Rio

Lucão já completou um ano como jogador do America

Após um ano completo como jogador do America, o zagueiro Lucão já experimentou sabores bem distintos. Viveu a alegria de um acesso - com direito a título - e também sentiu o desconforto de não alcançar uma meta, com a eliminação na 1ª Fase do Campeonato Carioca e o retorno à Série B1. Esse turbilhão de emoções fez com que o zagueiro chegasse mentalmente ainda mais forte para os novos desafios que se aproximam: uma nova edição da B1 e a Copa Rio.

Lucão já tem na cabeça a principal medida para um segundo semestre feliz para os americanos. "Atenção desde o primeiro jogo. Conseguimos a B1 em 2018, mas não chegamos ao ponto que desejávamos. Agora, o alvo será o America, todos vão querer nos vencer. Temos de encarar cada partida com espírito de final". enfatizou, reconhecendo a pressão natural pelos bons resultados e pedindo humildade em prol dos objetivos traçados.

"Pra lidar com o favoritismo temos de ter os pés no chão. A gente sabe da força da camisa e do tamanho do clube. A gente precisa ter tranquilidade, saber o que quer. Tenho fé que faremos uma bela Série B1 e uma ótima Copa Rio para trazer títulos para o America".

O fortalecimento do grupo, visivelmente reforçado para as próximas competições, vai ao encontro das ideias do defensor, que reitera a importância de um elenco que tenha qualidade e quantidade. "A gente sabe que a Série B1 é longa, difícil e equilibrada. Conseguimos êxito no ano passado, mas nada foi fácil, pelo contrário. O elenco tem de ser forte e qualificado e é isso o que o America está fazendo, tanto pelos reforços que chegaram como por aqueles que permaneceram. Todos serão úteis e importantes", disse.

Na zaga, porém, ainda não há reforços confirmados. Assim como Lucão, permanecem Vladimir e Carlos Alberto. A confiança no trio é comemorada, assim como o entrosamento com os companheiros. "Entrosamento é fundamental, ainda mais na zaga. Se conhecer, ter total confiança, isso é uma tranquilidade para o time. Tanto o Vladimir como o Carlos Alberto são amigos de dentro e de fora do campo. Quem jogar de nós três vai representar bem o America", ressaltou.

Com 28 jogos e dois gols marcados pelo Mecão, Lucão já soma tempo e jogos suficientes pelo clube para deixar sua mensagem para os novos companheiros. "Digo para quem chega é que estamos em um clube muito bom de se trabalhar. Tem torcida, história no futebol, é tradicional e quando chega bem nas competições contagia a todos os envolvidos. O America é grande e temos de colocá-lo de volta à elite do futebol carioca e ao cenário nacional", finalizou.

O America estreia na Série B1 no dia 25 de maio, contra o Nova Cidade, fora de casa. A estreia na Copa Rio está prevista para o dia 3 de julho, O adversário sairá do duelo entre Sampaio Corrêa e Mageense.

Confrontos das semifinais da Copa do Brasil Sub-20 estão definidos


Em sorteio realizado nesta quarta-feira (21), na sede da CBF, foram definidos os mandos de campo da semifinal da Copa do Brasil Sub-20 de 2019. Após vencer seus dois jogos nas Quartas de Final, o Flamengo decidirá a vaga para a grande final em seus domínios diante do Cruzeiro, que abre a disputa em casa. Pelo outro confronto, o Vasco joga a primeira partida no Rio de Janeiro e decide a vaga fora de casa, nos domínios do Palmeiras. 

A quarta fase está prevista para começar no dia 23, 24 ou 25 de abril válidos pelos jogos de ida. Os jogos estão previamente marcados para 30 de abril, 01 ou 02 de maio. O modelo de disputa prevê a ter partidas de ida e volta. Não há critério de gol qualificado: da mesma forma que na etapa inicial, em caso de igualdade no saldo de gols, as penalidades vão definir quem avança na Copa do Brasil Sub-20.

Confira a lista dos mandos abaixo: 

Jogos de Ida

Cruzeiro-MG x Flamengo-RJ
Data: 23, 24 ou 25/04

Vasco da Gama-RJ x Palmeiras-SP
Data: 23, 24 ou 25/04

Jogos de Volta: 

Flamengo-RJ x Cruzeiro-MG
Data: 30/04, 01 ou 02/05

Palmeiras-SP x Vasco da Gama-RJ
Data: 30/04, 01 ou 02/05

Caminhada - Para chegar à semifinal, o Palmeiras passou por Galvez (2 a 1), Coritiba (3 a 1 e 4 a 1) e Grêmio (3 a 2 e 1 a 1). Já a campanha do Vasco começou com CSP (3 a 1), Atlético Tubarão (2 a 1 e 2 a 0) e América Mineiro (3 a 1 e derrota por 1 a 0).

O Flamengo teve os seguintes adversários até a semifinal: Ceilândia (4 a 0), Real Ariquemes (4 a 2 e 10 a 0) e Internacional (2 a 0 e 2 a 1). Já o Cruzeiro passou por Confiança (3 a 1), Goiás (0 a 0 e 3 a 2) e Corinthians (2 a 0 e 0 a 0).

quarta-feira, 17 de abril de 2019

De olho em experiência para a Série D, Ituano apresenta zagueiro e atacante

Foto: divulgação Ituano


Gualberto e Adílson foram apresentados e já treinam com o elenco rubro-negro


Presente entre os oito finalistas do Paulistão Sicredi, o Ituano concentra sua atenção para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D. Nesta quarta-feira (17), o clube rubro-negro apresentou oficialmente o zagueiro Gualberto, ex-Ferroviária e o atacante Adilson, ex-Juventus.

Natural de Campinas, Gualberto tem 29 anos e iniciou a sua trajetória nas categorias de base do Palmeiras. O defensor também já atuou por ABC-RN, Oeste, Penapolense, América-MG, Criciúma-SC, Paysandu-PA, Botafogo e disputou a última edição do Paulistão Sicredi pela Ferroviária. 

Já o atacante Adílson, de 32 anos, nasceu em Barra do Rocha, na Bahia. Após base no Corinthians, atuou pelo Lausanne da Suíça. No Brasil jogou no Sport-PE, Ipatinga-MG, Grêmio Barueri, XV de Piracicaba, Mogi Mirim, Santa Cruz, Portuguesa e Marília. O jogador disputou o Paulistão A2 pelo Juventus.

O técnico Vinicius Bergantin falou sobre a chegada dos reforços. “O Gualberto é um jogador de boa estatura, bom pelo jogo aéreo. É um zagueiro técnico e de boa liderança. Já o Adílson nós enfrentamos o ano passado pela Copa Paulista. É um atacante de área, canhoto e bom finalizador. Jogador experiente para a disputa da Série D”, completou o treinador.

O contrato do atacante Adilson se encerra no final do Campeonato Brasileiro da Série D e o do zagueiro Gualberto vai até o final do Paulista 2020. O clube de Itu está no Grupo A13, ao lado de Brasiliense-DF, Serra-ES e URT-MG. A estreia está prevista para o dia 5 de maio diante do URT.

Santos vence Vasco na Vila Belmiro e abre vantagem na Copa do Brasil

Foto: Ivan Storti/Santos FC

Apesar de não ter balançado as redes, o venezuelano Soteldo fez uma grande partida

O Santos Futebol Clube recebeu a equipe do Vasco na Vila Belmiro, nesta quarta-feira (17), em partida válida pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil, e venceu pelo placar de 2 a 0. Os gols do alvinegro praiano foram marcados por Rodrygo, dono de grande atuação, e Jean Mota, que até o momento ainda é o artilheiro do Campeonato Paulista.

Na Copa do Brasil, até chegar a esta quarta fase, o Santos passou pelo Altos do Piauí, vencendo por 7 a 1, América de Natal (4 a 0) e Atlético Goianiense, quando perdeu o primeiro jogo por 1 a 0 e venceu o segundo por 3 a 0. Já o Vasco passou por Juazeirense, com um empate em 2 a 2, o capixaba Serra, vencendo pro 2 a 0, e Avaí, triunfando nos dois jogos (3 a 2 e 1 a 0).

A partida começou agitada, com o Santos FC quase saindo em vantagem no minuto inicial. A retaguarda vascaína deu bobeira e Raúl Cáceres, na tentativa de afastar, quase acabou marcando contra. O Vasco recompôs sua retaguarda e até conseguiu equilibrar as ações, mas aos 24 minutos o Peixe voltaria a pressionar com Rodrygo. O Rayo deu lindo drible em Danilo Barcelos e chutou forte, mas a bola foi pra fora. Três minutos depois, Sánchez cruzou pela direita e Pituca tentou concluir, mas cabeceou também pra fora do gol. Perto do final do primeiro tempo o Vasco tentou pressionar, mas ficou no quase.

Ciente da importância de aproveitar o fator campo para garantir a vantagem, o Peixe voltou com tudo no segundo tempo, e muito rapidamente as expectativas do torcedor alvinegro foram atendidas: logo no segundo minuto, Rodrygo recebeu boa bola de Soteldo pela direita e, sem marcação, emendou de primeira para abrir o placar na Vila.

O Vasco tentou responder aos 8 minutos com Sasse, mas Everson estava no lance e viu o perigo passar por cima do seu gol. Aos 20 minutos, o alvinegro anotou o segundo com Jean Mota – e foi um golaço: o artilheiro do Campeonato Paulista deu lindo drible em Danilo Barcelos e chutou da entrada da área, para dar números finais ao marcador e garantir boa vantagem para o jogo de volta.

A partida de volta ocorrerá na próxima quarta-feira (24), às 19h15, em São Januário,no Rio de Janeiro, e a vantagem conquistada nesta primeira etapa da eliminatória permite com que o Peixe possa perder por até um gol de diferença.
Proxima  → Inicio

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações