domingo, 19 de novembro de 2017

Em jogo eletrizante, Verdão faz 4 a 3 no Timão na primeira final do Paulista Sub-13

Em jogo de muitos gols, Verdão levou a melhor e venceu por 4 a 3

O Palmeiras levou a melhor no clássico contra o Corinthians pelo primeiro joga da final do Campeonato Paulista Sub-13 e venceu por 4 a 3 no Estádio Novelli Junior, em Itu. A partida foi realizada na manhã deste domingo, dia 19.

O Palmeiras vem fazendo temporada impecável nas competições de base e disputa a decisão em todas as categorias. Além do Sub-13, a equipe do Allianz Parque enfrenta o Santos no Sub-11, o São Paulo no sub-15, e a Ponte Preta tanto no Sub-17 quanto no Sub-20.

A partida foi eletrizante! O Palmeiras abriu o placar aos 8 minutos, com Felipe Charles, e fez o segundo aos 30', com João Vitor. O Corinthians foi para cima e diminuiu ainda na primeira etapa, com Guilherme, aos 36'.

Os gols do Palmeiras na partida

Aos 6 minutos da segunda etapa, Bruno Oliveira fez o terceiro do Palmeiras. O Timão mostrou que não estava morto e buscou o empate com Guilherme, aos 8', e Igor, aos 14'. Porém, quando todos achavam que a partida terminaria empatada, Felipe Charles, já nos acréscimos, fez o gol da vitória do Verdão.

Como teve melhor campanha ao longo da competição, o Corinthians tem a vantagem de jogar por dois resultados iguais e decidir em casa. Por isso, o time alvinegro precisa de uma vitória por qualquer placar na partida de volta, no próximo domingo, dia 26 de novembro, às 10h30 da manhã, no Estádio Alfredo Schuring, a Fazendinha, em São Paulo.

Palmeiras sai na frente do Santos no Paulista Sub-11

O primeiro gol do Palmeiras, de Endrick, saiu de uma linda bicicleta

Na manhã deste domingo, dia 19, o Palmeiras deu um passo gigantesco para conquistar o título do Campeonato Paulista Sub-11. Mesmo jogando no CT Meninos da Vila, em Santos, o Verdão venceu o Peixe por 2 a 1.

Mesmo vendo a equipe da casa sair na frente ainda no primeiro tempo, com gol de Rodrigo. O Peixe queria a vitoria a qualquer custo para tentar buscar o título fora de casa. Só que o invicto Palmeiras reagiu. Endrick marcou um gol espetacular de bicicleta e Ryan Francisco fez o segundo, já nos acréscimos do segundo tempo, fechando a vitória alviverde.

Os gols do Palmeiras no jogo

No segundo jogo, que acontece no próximo domingo, dia 26, no Canindé, o Palmeiras pode até perder por um gol de diferença que será campeão. O jogo começa às 9 horas e terá entrada franca. Porém, só palmeirenses terão acesso ao estádio.

Palmeiras e Ponte Preta fazem a final do Paulista Sub-20


A decisão do Campeonato Paulista Sub-20 já tem os dois times definidos, depois dos jogos realizados neste fim-de-semana. O Palmeiras, que eliminou o Novorizontino, vai enfrentar a Ponte Preta, que despachou o Água Santa.

O primeiro a se classificar foi o Palmeiras. Jogando na Arena Barueri, na noite de sexta-feira, dia 17, o clube da capital confirmou a boa vantagem aberta no jogo de ida, 2 a 0, e voltou a vencer o Grêmio Novorizontino, desta vez pelo placar de 1 a 0.

Apesar do triunfo do Palmeiras, os mandantes não tiveram vida fácil, já que o Novorizontino propôs o jogo e criou chances de perigo, não tendo sucesso na hora de finalizar. O gol palmeirense veio aos 13 minutos do primeiro tempo, em finalização de Yan, que desviou e tirou as chances de defesa do goleiro.

Na segunda etapa, o Novorizontino liderou a maioria das ações ofensivas, mas esbarrou na defesa palmeirense. Os visitantes até assustaram, mas, precisando de quatro gols, não tiveram forçar para esboçar uma reação.

Ponte Preta classificada - A outra finalista é a Ponte Preta. Mesmo com derrota por 1 a 0 para o Água Santa, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, neste domingo, o time alvinegro garantiu vaga na decisão.

Como teve melhor campanha ao longo de toda a competição, a Ponte Preta jogava por dois resultados iguais e tinha ainda a vantagem de disputar o segundo jogo em casa. Na partida de ida, no Distrital do Inamar, em Diadema, os pontepretanos venceram por 1 a 0.

O jogo foi equilibrado no primeiro tempo e a Ponte Preta administrava a vantagem até os onze minutos da etapa final, quando se complicou. Regino deu entrada dura em um adversário e recebeu cartão vermelho, deixando a equipe campineira com um homem a menos.

Apenas dois minutos mais tarde, o Água Santa se aproveitou do momento ruim do adversário a abriu o placar com Luan, pegando a sobra após falta cobrada em cima da barreira.

Nos minutos finais, os visitantes tentaram pressionar em busca do gol da classificação. Mesmo com um homem a menos, a Ponte Preta se segurou e contou com boas defesas do goleiro Ivan para confirmar o resultado que valeu a vaga na final.

As partidas das finais acontecerão nos dois próximos finais de semana. A Federação Paulista de Futebol (FPF) vai confirmar as datas exatas, horários e locais dos jogos. O Palmeiras, por ter melhor campanha, joga por dois resultados iguais para conquistar o título.

Raça e Vai-Vai empatam em 0 a 0 no primeiro jogo da final da Taça Paulista

Apesar da movimentação, a partida terminou com o placar em branco

Tudo como começou na primeira partida da final da Taça Paulista Profissional de 2017, competição organizada pela Liga de Futebol Nacional do Brasil, presidida pela advogada Gislaine Nunes. No Estádio Tico Breda, em Hortolândia, Raça SC e EC Vai-Vai empataram em 0 a 0 e deixaram a decisão do título para o segundo embate.

Para estar na final, o Raça eliminou o Montealtense, sendo derrotado fora por 1 a 0 e vencendo em casa pelo placar de 2 a 0. Já o Vai-Vai eliminou o Talentos 10, de Bauru, em sua semifinal, com dois empates em 0 a 0, chegando à final por ter melhor campanha.

O jogo, apesar do placar, teve bastante movimentação. Por jogar em casa e não ter a vantagem de jogar por dois resultados iguais, o Raça foi para cima, buscando o título. Porém, o EC Vai-Vai, que não leva um gol a cinco jogos, conseguiu segurar o ímpeto do adversário e conseguiu um bom resultado para a segunda partida.

O confronto decisivo da competição será realizado no próximo domingo, dia 26, às 10 horas, em São Paulo. A Liga vai confirmar o Estádio o palco da partida. O EC Vai-Vai joga por um empate para ser o campeão e, com isto, só a vitória interessa para o Raça.

Base - Também foram realizados jogos das categorias de base da Taça Paulista. No Sub-19, o Caieiras venceu o Rose'n Boys, por 4 a 1, e conquistou o título no último sábado, dia 18. No Sub-14, em jogo realizado no dia 12, o EC Vai-Vai sagrou-se campeão ao vencer o Aliança por 1 a 0. Já no Sub-12, o campeão foi o Jalesense, que na final bateu o União Suzano por 1 a 0.

sábado, 18 de novembro de 2017

Inter e Ferroviária empatam sem gols na primeira final da Copa Paulista

Fotos: Beto Boschiero / Ferroviária

As duas equipes foram muito cuidadosas e a partida acabou terminando com o placar em branco

A primeira decisão da edição da Copa Paulista de Futebol terminou sem gols. Apesar de lutarem muito, Inter de Limeira e Ferroviária não conseguiram balançar as redes e empataram na noite deste sábado (18), no estádio Major José Levy Sobrinho, em Limeira. 

O primeiro tempo da decisão contou com poucos lances de ataque. A Inter adotou uma postura mais ofensiva e tentou controlar o jogo desde os primeiros minutos. Contudo sem a qualidade necessária para concluir com perigo a gol. A Ferroviária optou por um posicionamento mais defensivo. 

Nos 45 minutos iniciais, cada time criou uma oportunidade. A primeira foi para os donos da casa aos 12 minutos. O atacante Wesley recebeu passe em alta velocidade do lateral Vinícius Pedalada e chutou de primeira. A bola saiu por cima do travessão do goleiro Tadeu.

Mesmo com enormes dificuldades na criação, o time de Araraquara conseguiu responder aos 23 minutos. O meia Hygor recebeu lançamento pelo lado direito, fintou o marcador com um toque sutil de cabeça e bateu com força. A bola quase carimbou a trave do goleiro Rafael Pin.

A segunda etapa teve um pouco mais de volume de jogo

O período complementar começou um pouco mais movimentado. Antes dos cinco minutos, cada time chegou uma vez. Aos dois, o atacante Caio Mancha cruzou para a área e Hygor cabeceou assustando para a Ferroviária. A bola só não entrou porque Vinícius Pedalada salvou. A resposta veio aos quatro, quando Pedalada bateu falta pela linha de fundo.

Aos poucos, o time de Araquara conseguiu assumir às rédeas do jogo e até levou mais perigo à meta de Rafael Pin. Aos 30 minutos, o goleiro salvou a Inter de sofrer o primeiro gol. Caio Mancha recebeu nas costas da defesa e bateu cruzado para boa defesa do camisa 1.

Somente nos minutos finais o time da casa forçou mais em busca do gol e deixou o jogo aberto. O volante Teco acertou chute de fora da área, à esquerda da meta de Tadeu. A resposta afeana aconteceu aos 41, quando Hygor invadiu a área, mas foi interceptado por Rafael Pin.

Agora, somente a vitória vai interessar aos dois times para o confronto de volta. O segundo jogo da final está marcado para o próximo sábado, dia 25, às 18 horas, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara. Em caso de empate, independente do número de gols, a disputa será decidida nos pênaltis.

A decisão do título ficou para a segunda partida

Ficha Técnica
INTER DE LIMEIRA 0 X 0 FERROVIÁRIA

Data: 18 de novembro de 2017
Local: Estádio Major José Levy Sobrinho - Limeira-SP
Público: 3.632 pagantes
Renda: R$ 54.070,00
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Assistentes: Bruno Salgado Rizo e Alberto Poletto Masseira

Cartões Amarelos
Inter de Limeira: Wesley
Ferroviária: Patrick, Caio Mancha, Willian Favoni

Inter de Limeira: Rafael Pin; Vinicius Pedalada, Balardim, Diego e Malcoon; Teco, Marquinhos e Moisés (Jhonathan); Tom, Lucas Douglas (Lucas Mineiro) e Wesley - Técnico: João Vallim

Ferroviária: Tadeu; Alisson, Élton, Patrick e Daniel Vançan; Willian Favoni, Íkaro (Ranieli), Hygor e Elvis; Marco Damasceno (Renato Kayzer) e Léo Castro (Caio Mancha) - Técnico: PC Oliveira

Presidente Prudente e Itapirense são os finalistas do Paulista Sub-20 da Segunda Divisão


Os times que farão a grande decisão do Campeonato Paulista Sub-20 da Segunda Divisão estão definidos. Em jogos realizados na tarde deste sábado, dia 18, a Itapirense eliminou o XV de Jaú e o Presidente Prudente FC na final, que despachou a AD Guarulhos.

A Itapirense, melhor campanha de toda a competição, conseguiu chegar na final derrotando o XV de Jaú em sua casa, o Estádio Coronel Francisco Vieira. Caio abriu o marcador no primeiro tempo para os mandantes. Porém, na segunda etapa, Paulo César empatou para o Galo da Comarca. Mas Leonardo e Mateus deram números finais à partida: Itapirense 3 a 1 e garantida na final, já que a primeira partida foi vencida pelo XV de Jaú por apenas 1 a 0.

O time de Itapira foi o primeiro colocado do Grupo 3, marcando 25 pontos, enfrentando XV de Jaú, Taquaritinga, Primavera, Brasilis e Jaguariúna. No mata-mata, a Itapirense venceu União Mogi, Tupã e XV de Jaú para chegar à decisão.

O adversário da Itapirense na final será o Presidente Prudente FC. No duelo dos invictos, já que a adversária AD Guarulhos e o próprio PPFC não haviam sido derrotados até antes da semifinal, a Onça Pantaneira levou a melhor. No primeiro jogo entre as duas equipes, o time da grande São Paulo levou a melhor e venceu por 2 a 0. Porém, Yuri e Dada, em partida realizada no Estádio Municipal Caetano Peretti, deram a classificação ao Presidente Prudente, que tinha a melhor campanha.

Para chegar à decisão, o Presidente Prudente iniciou a competição liderando o Grupo 2, com 18 pontos, jogando contra Osvaldo Cruz, Tupã, Assisense e Vocem. Na segunda fase, a equipe passou por Atlético Araçatuba, Taquaritinga e AD Guarulhos para cravar sua vaga na final.

Os dois jogos da decisão serão realizados nos próximos finais de semana. Por ter melhor índice técnico, o Presidente Prudente FC decide em casa e terá o direito de jogar por dois resultados iguais. A confirmação dos jogos será feita pela Federação Paulista de Futebol nos próximos dias.

São Paulo e Palmeiras ficam zerados no primeiro jogo da final do Paulista Sub-15

Por Lucas Paes

As melhores chances na partida aconteceram no segundo tempo, mas o placar não foi movimentado
(foto: Rubens Chiri / São Paulo FC.net)

A decisão do Campeonato Paulista Sub-15 começou sem gol. No primeiro jogo da final da competição, São Paulo e Palmeiras empataram por 0 a 0, em partida realizada na manhã deste sábado, dia 18, no CT Laudo Natel, do Tricolor, em Cotia.

Para chegar à decisão, o Palmeiras, melhor campanha da competição, passou pelo Red Bull Brasil. Já o São Paulo, reverteu a vantagem do Santos, vencendo no CT Rei Pelé, e, com isto, cravou seu lugar na final do torneio.

Apesar do empate, o jogo foi movimentado. Os primeiros minutos de jogo foram truncados, sem muitas oportunidades, mas a partir dos dez marcados no relógio a partida ganhou em emoção. Aberta, a disputa teve chegadas de ambos os lados. O time da casa teve duas boas chances no primeiro tempo, obrigando o goleiro palmeirense a trabalhar.

A primeira grande chance são-paulina veio com Cachoeira, na segunda etapa. Ele recebeu na direita e arriscou o chute cruzado. A zaga desviou com perigo em escanteio, aos 21 minutos. Em seguida, Miguel arriscou o chute frontal, que saiu à direita do gol. Kayke, aos 33 minutos, por pouco não abriu o placar: ele ganhou do marcador e mandou a bomba, o goleiro desviou. O Verdão teve suas melhores chances já no final da etapa complementar, principalmente em cabeçada de Jonathan que passou próxima a meta. Mas no fim, ninguém tirou o zero do placar.

A partida decisiva acontece no dia 26, domingo, às 16 horas, na Arena Barueri, na grande São Paulo. O jogo é mando do Palmeiras, que pode até empatar para ser campeão. Para o São Paulo, só a vitória interessa. A entrada é franca, mas só teremos torcedores palmeirenses no estádio.

O Volante que deu nome à posição

Por Victor de Andrade


O futebol argentino, principalmente nas décadas de 30 e 40, influenciou muito o futebol brasileiro. Muitos atletas do país vizinho, que na época estava mais avançado no esporte, vieram atuar por aqui. A postura deles, inclusive, com mais comprometimento, chamava a atenção da torcida e dos cronistas e, por isto, seus nomes acabaram até denominando funções no futebol brasileiro. Um caso que já tratamos aqui foi o do gandula, mas agora vamos falar do volante, o tradicional camisa 5.

Esta história começa em 1938, com a chegada de Carlos Volante ao Flamengo. Porém, vamos voltar um pouco no tempo: Carlos Mantín Volante nasceu em Lanús, na Argentina, em 11 de novembro de 1910. Começou no futebol no Argentino, de sua cidade, e logo em seguida foi para o Lanús, onde estreou profissionalmente. Ainda no futebol albiceleste, Volante atuou por General de San Martín, Platense, San Lorenzo e Vélez Sársfield.

Em 1931, Carlos Volante foi para a Itália, onde estreou no Napoli, jogando depois por Livorno e Torino. No futebol italiano, foi campeão da Série B em 1933-1934 pelo Livorno. Em 1934, ele foi para França, onde atuou por Rennes, Olympique Lillois e CA Paris Charenton, voltando à América do Sul em 1938, mas aportando no Brasil.

O Flamengo se tornou a nova casa do jogador. A passagem de Volante pelo rubro-negro carioca ficou marcada por sua raça e vibração dentro de campo. Era um meio-campista que se doava na marcação e sempre incentivava os seus companheiros a nunca desistirem da jogada.

Assim, com esse jeito diferente e eficaz de jogar futebol, não demorou muito para que seu sobrenome fosse usado na identificação dos atletas defensivos de meio de campo aqui no país. A partir de então, os jogadores marcadores de meio-de-campo passaram a ser chamados de volante, em homenagem ao atleta. Aliás, no Flamengo, ele foi campeão carioca em 1939, 1942 e 1943.

Carlos Volante encerrou a carreira de jogador no ano de seu último título. Em seguida tornou-se treinador aqui no Brasil, onde dirigiu o Internacional, bi-campeão gaúcho em 1947 e 1948, o Vitória, campeão baiano em 1953 (tirando a equipe de um longo jejum) e 1955, e o Bahia campeão da Taça Brasil de 1959. Depois, ele voltou para a Itália, fixou residência em Milão, e faleceu no dia 9 de outubro de 1987. Porém, seu nome ficou marcado para sempre no futebol brasileiro.
Proxima  → Inicio

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações