Quando a Copa de 1994 foi parar nas carenagens dos carros de Fórmula 1

Por Lucas Paes
Fotos: Arquivo

A irlandesa Jordan começou. A italiana Minardi respondeu depois

A Copa do Mundo é a maior competição de futebol e talvez o maior evento esportivo do planeta. A Formula 1 também é um dos eventos mais populares esportivamente do mundo, sendo disparado o mais popular no automobilismo. Por vezes, alguma relação entre os dois acontece, seja por pilotos que assumidamente tinham gosto pelo esporte bretão, como Schumacher ou em boleiros que amam os carros turbinados. Porém, em 1994, a Jordan e a Minardi levaram a situação a um outro nível, provocando com brincadeiras relacionadas a Copa do Mundo.

A história começa com a Jordan. Originária da Irlanda, a equipe que chegou a quatro vitórias em seus anos de Fórmula 1, conquistando simpatia e tradição nos anos em que corria. Na Copa do Mundo de 1994, Irlanda e Itália caíram no mesmo grupo e na primeira rodada, no dia 18 de junho, os irlandeses bateram a Azzurra por 1 a 0. Foi a deixa para a brincadeira.

Na sexta-feira, dia 1º de julho, dia dos primeiros treinos do Grande Prêmio da França, disputado no domingo, dia 3 de julho, a equipe da Jordan decidiu colocar na pintura do Jordan 194, carro daquele ano, uma alusão ao resultado dos irlandeses na carenagem do carro. Então, temos a foto da esquerda, quando o carro teve um adesivo com "Ireland 1 Italy 0". ou seja Irlanda 1 Itália 0.


Só que, como diz o ditado, "o mundo dá voltas". Não demorou nem um dia para que a alegria do país da Jordan virasse tristeza, com a seleção sendo eliminada para a Holanda ainda nas oitavas de final, enquanto isso, outros países avançavam, incluindo a Itália, que depois de passar aos trancos e barrancos na primeira fase eliminou a Nigéria e avançou as quartas de final. Foi então que entrou em cena a equipe pequena mais lembrada da história da Fórmula 1: a tradicionalíssima Minardi.

A equipe originária da bota não deixou barato. Giancarlo Minardi colocou no Grande Prêmio seguinte, disputado em Silverstone, na Inglaterra, os dizeres Italy IN - Ireland OUT (Itália Dentro, Irlanda Fora) nos seus carros. Como diz outro ditado popular, quem ri por último ri melhor. A Azzurra chegaria na final daquele mundial, quando seria batida pelo Brasil nos pênaltis. Dá pra arriscar até que a última risada foi mesmo de Rubens Barrichello, que por sinal era da Jordan em 1994.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações