O São Paulo campeão brasileiro de 1991

Por Natanael Oliveira / FPF
Foto: Arquivo São Paulo FC

Comemoração após o empate em 0 a 0 com o Bragantino

Exatamente 29 anos atrás, no dia 9 de junho de 1991, o São Paulo fazia os torcedores soltarem o grito de campeão, após dois vice-campeonatos seguidos no Campeonato Brasileiro. Se em 1989 e 1990 o Tricolor foi superado respectivamente por Vasco e Corinthians, desta vez o resultado foi diferente sob o comando do lendário Telê Santana.

Sob as ordens de Telê Santana e contando com o talento de Zetti, Cafu, Ricardo Rocha, Muller e Raí, o São Paulo marcava a conquista nacional como um "início" para um dos períodos mais vitoriosos do clube. Em 1991, a equipe ainda conquistaria o Campeonato Paulista.

Posteriormente, a mesma base campeã brasileira e paulista, empilharia títulos e marcaria história no São Paulo –as principais conquistas foram o bicampeonato da Libertadores e do Mundial, nos anos de 1992 e 1993.


Campeonato - Vindo de dois vice-campeonatos conseutivos, o São Paulo começou o Brasileirão motivado a mudar o panorama. Contando com praticamente o mesmo elenco do semestre anterior, o Tricolor despontava novamente como um dos favoritos ao título.

A fórmula de disputa do torneio nacional era muito simples: os 20 participantes jogavam a primeira fase em formato de pontos corridos, em partidas únicas, totalizando 19 jogos. As quatro primeiras equipes se classificavam para o mata-mata definido em semifinais e finais, em jogos de ida e volta.

Na primeira fase, o São Paulo mostrou porque era um dos postulantes ao título. Fazendo uma campanha consistente do inicio ao fim, o Tricolor terminou a etapa de pontos corridos na 1ª colocação. O clube somou 26 pontos –a mesma pontuação do Bragantino, mas levou vantagem no número de vitórias. A equipe ainda terminou com a melhor defesa, sofrendo apenas 14 gols (novamente empatado com o time de Bragança Paulista).

Já na semifinal, o São Paulo encararia o Atlético-MG. Por ter feito a melhor campanha, o clube tinha a vantagem do empate, o que foi totalmente usufruído pela equipe. Com duas igualdades, por 1 a 1 e 0 a 0, o Tricolor estava pela terceira vez consecutiva na final do Campeonato Brasileiro, desta vez, o adversário seria o Bragantino, campeão paulista do ano anterior, que vinha impressionando e que contava com nomes como Mauro Silva, além de ser dirigido por Carlos Alberto Parreira.

Final - Com apenas uma equipe separando a esperada conquista do até então terceiro título de Campeonato Brasileiro, o São Paulo começou jogando de forma ofensiva no primeiro jogo da final, em um Morumbi com mais 65 mil torcedores. Desde o início, o clube tricolor pressionou o Bragantino, perdendo duas oportunidades de abrir o placar logo nos primeiros minutos, em lances de Bernardo e Macedo.

Aos 27 minutos, aconteceu uma mudança que decidiria a partida. Contundido, Elivelton deu lugar a Mário Tilico, considerado o talismã tricolor. Após a substituição, o Bragantino assustou duas vezes, em bolas que foram salvas por Zetti e Ricardo Rocha –esse, em cima da linha.


Já no segundo tempo, o São Paulo começou ditando o ritmo da partida, e finalmente marcou o seu gol. A bola foi lançada para a grande área do ataque são-paulino, e Bernardo conseguiu cabecear na trave. No rebote, Muller tentou um voleio, mas a bola passou até chegar nos pés de Mário Tilico, que abriu o placar em um potente chute. Morumbi em festa: 1 a 0 para o São Paulo.

Na segunda partida, disputado no estádio Marcelo Stéfani –atual Nabi Abi Chedi- o jogo foi equilibrado, mesmo que as melhores chances ainda tenham sido do São Paulo. Contando com a pressão da torcida, o Bragantino só assustou no final do jogo, quando Zetti rebateu um chute do atacante adversário e Sílvio quase abriu o placar.

Ao final da partida, o São Paulo novamente fazia história com a conquista do Campeonato Brasileiro de 1991. O título marcou o inicio de uma era de glórias e conquistas que ficarão para sempre marcados na mente dos torcedores são-paulinos.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações