segunda-feira, 18 de maio de 2020

Gols, lesões e arquibancadas vazias - A Bundesliga voltou!

Por Lucas Paes
Foto: Getty Images

Haaland voltou como tinha ido: fazendo gol

Não é novidade para ninguém que acompanhe as notícias que a Alemanha é um dos países que melhor controlou a pandemia do coronavírus em todo o planeta. Com uma postura séria desde o começo, fazendo um lockdown completo e buscando inclusive o "paciente zero", a Alemanha teve números bem melhores que o resto do continente europeu e não a toa é o primeiro país em que o futebol voltou. Sem torcida, é claro e com algumas lesões por falta de ritmo de jogo, mas o futebol está de volta na Bundesliga.

O torneio já voltou com tudo: num Westfalenstadion onde em outras ocasiões pulsaria a Muralha Amarela, o Borussia Dortmund fez diante de arquibancadas vazias o clássico com o Schalke 04, no sábado pela manhã, pelo horário brasileiro. Haaland, artilheiro revelação do futebol mundial, marcou o primeiro gol da volta da competição, abrindo a goleada de 4 x 0 dos aurinegros pra cima de seus rivais históricos, ainda marcaram Raphael Guerrero, duas vezes e Torben Hazard. 

No mesmo horário, duelavam também o RB Salzburg e o Freiburg, em outro jogo envolvendo a parte de cima da tabela. O time da Red Bull tropeçou em casa e empatou por 1 a 1, saindo atrás, com gol de Guide para os visitantes e buscando o empate com Poulsen já depois dos 30 do segundo tempo. Ainda no mesmo horário, tivemos a vitória por 3 a 0 do Hertha contra o Hoffenhein fora de casa, gols de Akpougma, Ibisevic e o brasileiro Matheus Cunha (este último um golaço) e a derrota do Augsburg em casa para o Wolfsburg por 2 a 1, com o gol da vitória marcado por Ginczek nos acréscimos, após Steffen ter feito o primeiro gol dos lobos e ter visto Jedvaj empatar. 

No outro jogo do mesmo horário, o único jogo que não teve gols, no empate entre Fortuna Dusseldorf e Padderborn, em Dusseldorf. Quem também jogou no mesmo dia, só que um pouco mais tarde foi o Borussia Monchengladbach, que está na parte de cima da tabela e venceu o Eintracht Frankfurt por 3 a 1, fora de casa, com Plea, Thuram (filho do ex-zagueiro francês) e Bensebaini marcando para os Potros, enquanto André Silva fez o de honra dos mandantes. O domingo reservava o esperado jogo do líder Bayern.

Os bávaros, por sinal, seguem voando na liderança da competição. Jogando em Berlin contra o Union, o atual heptacampeão venceu por 2 a 0, com gols de Lewandowski e Pavard e segue caminhando a passos largos para outro título. Lewandowski mais uma vez faz uma temporada com 40 gols marcados, parecendo imparável vestindo a camisa do gigante germânico, pelo menos no campeonato nacional. Ofuscados pelo jogo bávaro, Colônia e Mainz fizeram o que foi talvez o melhor jogo da volta da Bundesliga. Jogando em casa, os bodes abriram 2 a 0 com Uth e Kainz, mas viram Awoyini e Kunde empatarem para o Mainz. 

Nesta segunda feira, dia 18, num jogo isolado, o Werder Bremen se afundou ainda mais, mesmo jogando em casa. Os alviverdes levaram 4 a 1 do Bayer Leverkusen e seguem afundados na 17ª colocação. Havertz, duas vezes, Weiser e Dermibay marcaram os gols do Leverkusen, que viu Selassie chegar até a empatar o jogo quando este estava 1 a 0, num gol que no fim não adiantou muita coisa. Resta ao Werder lutar neste resto de Bundesliga para escapar do rebaixamento.

Imagem

Na parte de cima da tabela, apenas oito pontos separam o líder Bayern do quinto colocado Leverkusen. Entre eles, Borussia Dortmund, Borussia Monchengladbach e RB Leipzig lutam para tirar a coroa bávara, uma missão difícil já que o líder parecia melhorar a cada rodada antes da paralisação e voltou muito bem. No Z3, Dusseldorf, Bremen e o lanterninha Paderborn sofrem com o fantasma do descenso, sendo a situação dos dois últimos já dramática. Mesmo o Fortuna, 17º colocado, dista quatro pontos de Mainz e Augsburg e cinco do Frankfurt. Nessa batalha, quem parece respirar são os dois times de Berlin, ambos com distância maior do que seis pontos da degola (7 para o Union e 8 para o Hertha.).

O saldo negativo e infelizmente esperado da volta da Bundesliga se deu nas lesões. Foram sete no total, oito se adicionarmos Zagadou a conta, mas este já vem com um problema a longo prazo que o afastará do resto da temporada. Os lesionados foram o jovem Reyna, do Dortmund, Todibo (Schalke), Rudy e Bebou (Hoffenhein), Skjelbred (Hertha), Gjasula (Paderborn) e Marcus Thuram (Monchengladbach). 

A próxima rodada ocorre entre sexta, dia 22 de maio e o domingo. Com destaque para o duelo entre Borussia Monchengladgach e Bayer Leverkusen, no sábado, às 10h30. e o derby de Berlin, entre Hertha e Union, na sexta, às 15h30. No sábado, ainda jogam (mandantes a frente): Wolfsburg x Dortmund; Freiburg e Werder Bremen, Paderborn e Hoffenhein e, as 13h30, Bayern e Frankfurt. No domingo, as 8h30 teremos Schalke e Augsburg e as 10h30 Mainz e Leipzig. Os jogos da Bundesliga são transmitidos pelos canais ESPN e FoxSports no Brasil. 
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações