A passagem de Cantona pelo Leeds United

Por Lucas Paes
Foto: Getty Images

Cantona atuou pelo Leeds em 1992

Erick Cantona é uma das figuras mais reelevantes da história do futebol europeu. Dono de diversos partidaços em sua carreira, com idolatria enorme da torcida do Manchester United e protagonista de um dos momentos mais inusitados e marcantes da história do futebol, quando deu uma voadora num torcedor fazendo a saudação nazista em Old Trafford, o ex-atacante completa 54 anos neste dia 24 de maio. Em 1992, teve uma passagem marcante pelo Leeeds United.

A história de Cantona com o Leeds começa de maneira bastante curiosa. Marcado por problemas disciplinares na carreira, tinha anunciado, após uma suspensão quando jogava pelo Nimes, em 1991, uma aposentadoria precoce do futebol profissional. A decisão acabou sendo mudada devido a muitas conversas envolvendo Michel Platini, Gerard Houlier e psicólogos. Naquele momento, chegou a haver uma tentativa de negociação com Graeme Souness para levar Cantona ao Liverpool, mas a ideia não deu certo.


Chegou a fazer um período de testes no Sheffield Wednesday, mas se irritou com a demora para definição da situação contratual e então decidiu fechar com o Leeds United. Chegou aos Whites em fevereiro de 1992 e acaba jogando na temporada que deu o último título inglês ao clube (1991/1992), numa disputa onde o Leeds já vinha forte na competição. Esta foi o último campeonato da terra da rainha antes da Premier League. Sua presença deu um brilho maior ao título, mas foi na temporada 1992/1993, a primeira da Premier League, que ele jogou mais.

Cantona começa a marcar seu nome no Leeds justamente na Supercopa da Inglaterra, quando marca três vezes na vitória por 4 a 3 diante do Liverpool. Ele acabou também fazendo história quando marca três vezes diante do Tottenham, num jogo que lhe valeu a marca de ser o primeiro jogador a marcar um hat-trick na história da Premier League. Porém, as rusgas com a diretoria acabaram afetando sua relação com o clube e ele foi negociado com o Manchester United no final de 1992. No total, foram 35 jogos e 14 gols pelos Peacocks.


Último clube de Cantona, o United seria onde faria mais história, por assim dizer, já que viraria ídolo da torcida Red Devil. Ao pendurar as chuteiras, o francês investiu em diversas carreiras, como de ator e também foi treinador da Seleção Francesa de futebol de areia, campeã mundial de 2005, num ano em que ele também esteve em campo pela equipe. A mais recente história pitoresca do francês foi em seu curioso, no mínimo, discurso no sorteio dos grupos da Liga dos Campeões da UEFA.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações