domingo, 12 de abril de 2020

A mística da camisa 10 no futebol

Por Lula Terras
Foto: divulgação

A camisa é mística e quase sempre dada ao melhor jogador da equipe

Na falta de assuntos, para se falar do que a gente mais gosta, que é sobre o futebol jogado, resolvi ocupar este espaço para tocar num assunto, que entendo ser merecedor de uma análise profunda, para quem é ligado ano futebol. A mística da Camisa 10, que tem no Rei Pelé seu símbolo maior, por questões óbvias, é graças a ele que esta camisa por muitos anos vem sendo vestida pelos maiores craques dos times, seja no Brasil, como no Exterior. 

A força da camisa se faz presente na Seleção Brasileira, onde o dono da 10 é Neymar Júnior, sem dúvidas o maior craque brasileiro da atualidade e está entre os maiores do Mundo. Eu não tenho os números, mas arrisco afirmar que se colocarmos na ponta do lápis, os maiores craques do mundo, estou certo que, em sua grande maioria é o camisa 10 a ser apontado pelos analistas.

Fora Pelé, que é o grande inspirador dos camisa 10, no Brasil temos inúmeros exemplos, como Rivellino, Zico, Dirceu Lopes entre outros, que foram craques sem contestação. No exterior, outras lendas, como Maradona, Zidane, Michel Platini, e o mais recente, Lionel Messi, que disputa com Cristiano Ronaldo, aquele que encerrará a carreira, com o maior número de bolas de ouro conquistadas. 

Em minha humilde opinião, o último grande camisa 10 do futebol brasileiro é Paulo Henrique Ganso, formado na base do Santos FC, e hoje está no elenco do Fluminense, depois de passagens sem brilho no São Paulo e no futebol europeu. Companheiro de Neymar na base santista, Ganso era o 10 do time, mas infelizmente não tem dado sorte na carreira, devido às inúmeras e graves contusões. Por mais que tente, Ganso ainda não conseguiu reeditar aquele futebol que encantou a todos, no início da carreira.

Imagem

Essa norma de vestir a 10, no craque do time vem perdendo força nos últimos anos, mais pelas novas variações, dos esquemas táticos, que simplesmente descartaram a importância de ter um meia, que tenha habilidade no trato com a bola e capacidade de comandar a equipe, dentro do campo. Enfim, vamos torcer para que as cabeças pensantes do futebol, repensem e mudem essa filosofia atual e tragam de volta o futebol arte que todos sonhamos rever um dia.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações