segunda-feira, 2 de março de 2020

O início do zagueiro Mauricio Pochettino no Newell's Old Boys

Foto: arquivo Newell's Old Boys

Mauricio Pochettino estreou no Newell's Old Boys em 1988, com apenas 16 anos

Está completando 48 anos neste 2 de março de 2020 o atual treinador argentino Mauricio Pocchettino, que conquistou sucesso como treinador no futebol inglês. Porém, como jogador, atuando como zagueiro, ele também teve uma bela carreira, defendendo a Albiceleste na Copa de 2002 e atuando vários anos no futebol europeu. Mas tudo isto começou no Newell's Old Boys.

Pochettino nasceu em Murphy, na província argentina de Santa Fé, e possui descendência italiana. Filho de um trabalhador rural, apaixonou-se pelo futebol ao assistir com seu pai, Héctor, a Copa do Mundo de 1978, quando tinha seis anos. Isto o fez começar a jogar com seus amigos e a se destacar na sua cidade.


Em 1986, com 14 anos, alguns clubes passaram a procurá-lo e ele acabou indo parar nas mãos de Marcelo Bielsa, então treinador da base do Newell's Old Boys. Logo chamou a atenção de todos no clube, por causa da sua qualidade como defensor.

As suas atuações na base do clube eram tão boas que em 1988 fez sua estreia na equipe profissional do Newell's Old Boys, com apenas 16 anos. Foi conquistando o seu espaço e não saiu mais do time, se firmando na zaga da equipe.

O Newell's Old Boys tem seis taças do Campeonato Argentino em sua sala de troféus. Dois deles foram com a presença de Pochettino. O primeiro aconteceu na temporada 1990-1991 e o segundo foi o Clausura de 1992, quando passou-se a realizar dois nacionais por ano.


Por muito pouco, Pochettino não conseguiu uma proeza ainda maior com o Newell's. Em 1992, a equipe argentina chegou à final da Copa Libertadores. Na semifinal, ele fez um gol importante contra o América de Cali. A decisão foi contra o São Paulo e, depois de uma vitória por 1 a 0 para cada lado, o Tricolor Paulista conquistou o título nos pênaltis, tirando a chance do zagueiro "ganhar a América do Sul" com seu time.

Pochettino ficou no Newell's Old Boys até 1994, quando no meio do ano foi negociado com o Espanyol de Barcelona. Ele nunca mais atuaria no futebol argentino, ficando na Europa, onde também defendeu Paris Saint-Germain e Bordeaux. Encerrou a carreira em 2006, no Espanyol, clube que começou como treinador, em 2009. Como 'comandante', dirigiu também Southampton e Tottenham.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações