segunda-feira, 23 de março de 2020

América do Norte em 1936 - A primeira excursão internacional do Botafogo

Foto: Arquivo

O time do Botafogo durante a excursão à América do Norte

O Botafogo é um dos times brasileiros mais conhecidos internacionalmente, pois é o clube brasileiro que mais cedeu atletas à Seleção em Copas do Mundo, além de ter tudo um grande time entre os anos 50 e 60, com a presença de craques como Garrincha e Didi, entre outros, que rodou o mundo. Porém, as idas da Estrela Solitária para outros países começou bem antes disso. Em 1936, o Fogão saía pela primeira vez de terras brasileiras para uma excursão pela América do Norte.

A bordo do velho vapor ‘Lage’, a equipe do Botafogo, chefiada pelo Dr. Sérgio Darcy, efetuou a sua primeira excursão internacional em 1936, a qual se realizou no México (na capital) e Estados Unidos (Saint Louis). Entre os jogadores, o Botafogo já fazia a fama dos craques e tinha Leônidas da Silva entre a delegação.

A equipe do Botafogo jogou, basicamente, com Aymoré Moreira (Alberto), Octacílio (Lino) e Nariz; Affonso (Afonsinho), Martim (Luciano) e Canalli; Álvaro, Leônidas da Silva, Carvalho Leite, Russinho (Eurico Viveiros) e Patesko. Os jogadores Lino, do Carioca FC, e Afonsinho, do São Cristóvão, reforçaram o Botafogo.

No dia 1º de Março, o Fogão estreou na Cidade do México sendo derrotado pelo Astúrias, por 4 a 2. Depois, veio quatro vitórias seguidas: 1 a 0 no Atlante, 7 a 1 no America, 4 a 2 no España e 5 a 2 no Obreros. Até então, o saldo era de quatro triunfos e um resultado negativo.

Em 29 de março, veio a segunda derrota, um 3 a 2 para o Necaxa. No dia 5 de abril, foi a despedida de terras mexicanas, ao vencer novamente o España, desta vez pelo placar de 2 a 1. No México, foram sete jogos, sendo cinco vitórias e duas derrotas.


Depois, a delegação do Botafogo partiu Saint Louis, nos Estados Unidos, para mais duas partidas. A primeira, em 14 de abril, o Fogão venceu o Sharock pelo placar de 1 a 0. A segunda foi contra a Seleção dos Estados Unidos, dois dias depois, e aconteceu o único empate da excursão: 3 a 3. Este foi o último jogo da viagem à América do Norte.

Os artilheiros foram Leônidas da Silva (na foto) com 7 ou 8 gols e Carvalho Leite com 6 ou 8 gols, segundo informações diferentes das fontes consultadas. O saldo final foi de nove jogos amistosos, com seis vitórias, um empate e duas derrotas, tendo sido assinalados 27 gols e sofridos 15.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações