terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

2004 - O Taboão da Serra campeão do último Paulista da Série B2

Foto: Fernando Martinez / Jogos Perdidos

O time do Taboão da Serra recebendo a taça de campeão da Série B2 de 2004

Os Conselhos Técnicos e o Regulamento do Campeonato Paulista da Segunda Divisão de 2020 confirmaram a criação de mais uma divisão no futebol do estado. Com a anuência dos clubes, a Federação Paulista de Futebol (FPF) voltará a dividir a Segunda Divisão e, com isto, será disputada novamente, a partir de 2021, a Série B2. A última vez que isto aconteceu foi no ano de 2004 e o campeão foi o Taboão da Serra.

A história das B's - Porém, teremos que voltar até 2003. Com o 'boom' de filiação de times novos, entre 2001 e 2003 o futebol paulista teve seis divisões (A1, A2, A3, B1, B2 e B3). Porém, com o pedido de licença de vários clubes, este número de equipes foi caindo e a B3 acabou em 2003, com o Força Futebol sendo o campeão.

A tendência era a queda continuar e como, segundo dirigentes, as séries B's tinham nível muito parecido entre elas, a FPF anunciou que a Série B2 seria disputada pela última vez em 2004, que no ano seguinte, 2005, existiria apenas a Segunda Divisão Paulista, como o quarto e último escalão do futebol do estado.

Mas aí vem outro detalhe: como seria o último ano da B2 e também havia problema de número de clubes nas divisões acima, tudo por causa do Rio São Paulo de 2002, onde clubes que jogaram ela não disputaram a A1 e subiram mais clubes da A2 para aquele ano, a FPF determinou que em 2004, quatro clubes da Série B2 subiriam direto para a A3 de 2005, além de mais quatro da B1. Tudo poque todos os outros já estariam, automaticamente, no quarto escalão da temporada seguinte.


Regulamento - Depois de passar pela pré-competição, vamos ao regulamento da B2 de 2004. A competição teve a participação de 31 clubes, divididos em três grupos de oito e mais um de sete. Os quatro primeiros colocados de cada chave avançaram para a segunda fase, onde foram formados quatro grupos de quatro equipes.

Os dois primeiros de cada chave iam para a fase semifinal e os oito clubes restantes eram divididos em dois grupos de quatro. Os dois primeiros colocados de cada chave garantiam o acesso para a Série A3 de 2005, sendo que os líderes das chaves estavam garantidos na decisão, que foi realizada em dois jogos. E foi assim o formato da competição.

Confira como ficaram os grupos da primeira fase:

Grupo 1
Assisense, Garça, Osvaldo Cruz, Penapolense,
Prudentino, Santacruzense, Tanabi e Votuporanga.

Grupo 2
Ginásio Pinhalense, Grêmio Catanduvense, Guarani Sumareense, Lemense,
Lençoense, Pirassununguense, Palmeirinha e Radium.

Grupo 3
Águas de Lindóia, Campinas, Força,
Guaçuano, Jacareí, Joseense e Serra Negra.

Grupo 4
Barcelona Capela, Guarujá, Guarulhos, Itararé,
Jabaquara, Osasco FC, São Vicente e Taboão da Serra.


A disputa - Na primeira fase, Assisense, Votuporanga, Osvaldo Cruz e Penapolense passaram pelo Grupo 1. No 2, Grêmio Catanduvense, Lençoense, Ginásio Pinhalense e Pirassununguense foram os classificados. No 3, avançaram Serra Negra, Campinas, Jacareí e Águas de Lindóia. Já no 4, Taboão da Serra, Itararé, São Vicente e Jabaquara foram os times classificados.

Na segunda fase, quatro grupos de quatro equipes e os classificados foram os seguintes: Assisense e Ginásio Pinhalense no 5, Grêmio Catanduvense e Votuporanga no 6, Itararé e São Vicente no 7 e Taboão da Serra e Campinas no 8.


Na fase semifinal, pelo Grupo 9, Itararé, com nove pontos, e Votuporanga, com oito, levaram a melhor na chave com também Assisense e Campinas, ambos com oito, perdendo nos critérios de desempate, e conquistaram o acesso para a A3, com o primeiro colocado se garantindo da decisão.

Já pelo Grupo 10, Taboão da Serra, com 15 pontos, e São Vicente, com 11, foram os melhores e subiram para o terceiro escalão do futebol paulista. Grêmio Catanduvense, com sete, e Ginásio Pinhalense, que só fez um ponto, foram eliminados. O Cão Pastor também se garantiu na final.

O primeiro jogo da final foi em Itararé, no dia 24 de outubro, com o time da casa levando a melhor, vencendo por 2 a 1. Porém, na segunda partida, realizada no dia 30 do mesmo mês, o Taboão reverteu o resultado, fez 3 a 1 e ficou com o título do último Campeonato Paulista da Série B2 até então. Agora, é esperar 2021 para ver o que irá acontecer.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações