O início de Romário no Olaria

Por Lucas Paes
Foto: arquivo Olaria

Romário jogou na base do Olaria

Romário é um dos maiores nomes da história do futebol mundial. O baixinho ficou conhecido ao longo de sua carreira como o "Rei da Pequena Área" e marcou época no futebol brasileiro jogando por Vasco, Flamengo e Fluminense, além de passagens ótimas por PSV e Barcelona na Europa. Além de tudo isso, o Baixinho ainda foi protagonista direto do quarto título mundial da Seleção Brasileira. Neste dia 29, o ex-jogador completa 54 anos. Muito antes de começar a jogar pelo Vasco, ainda um garoto, Romário jogou na base pelo Olaria.

O irreverente e ousado Baixinho começou sua trajetória do futebol no Estrelinha, time de bairro fundado por seu pai, onde começou a desenvolver sua habilidade e velocidade, que o davam vantagem sobre zagueiros maiores. Ao perceber o talento do garoto, seu pai, Sr. Edevair, levou Romário para fazer um teste no Vasco, onde o baixinho acabou não sendo aprovado. Acabou sendo levado por um olheiro para o Olaria, então, com apenas 13 anos, em 1979, entrando na categoria infantil. 

Em seu primeiro ano no Olaria, Romário foi artilheiro e campeão do Campeonato Carioca de sua categoria. Continuou tendo desempenho bom no ano de 1980. No início de 1981, acabou sendo procurado pelo Vasco de Gama, para onde acabou "se transferindo", não sem antes acabar envolvido numa problemática causada pelas circunstâncias da época. Como não havia na época nenhum tipo de vínculo entre Romário e Olaria, o Vasco simplesmente o levou para treinar na base cruzamaltina.


Se sentido prejudicado, porém, o Olaria usou do direito que tinha de reclamar sobre ser prejudicado na transferência do Baixinho, fazendo com que Romário ficasse um ano inteiro sem poder jogar pelo Vasco. Há quem diga também que tal fato teve a ver com a idade, já que ele não poderia se profissionalizar ou ter um "passe" até os 16 anos, além de ser muito mais novo que os jogadores de sua categoria, já que jogava um campeonato "sub-15" com apenas 13 anos. De qualquer jeito, ele ficou um ano sem jogar pela base vascaína. 

Depois de um ano de molho, Romário passou a jogar pelas categorias de base do Vasco, onde completa sua formação até 1986, quando finalmente passa a jogar pelo time profissional do Cruzmaltino. O resto, como nós todos sabemos, é história, uma das mais brilhantes do futebol mundial, recheada de gols e de momentos onde o Baixinho deu alegria ao torcedor. 
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações