domingo, 22 de dezembro de 2019

O Corinthians campeão brasileiro de 1999 e a confusão entre Celso Pitta e Rede Globo

Com a colaboração de Bruno Filandra Lopes
Foto: arquivo Corinthians

Marcelinho levanta a taça de campeão brasileiro de 1999

No dia 22 de dezembro de 1999, o Corinthians conquistava o terceiro título brasileiro de sua história; A equipe comandada pelo técnico Oswaldo de Oliveira enfrentou o Atlético-MG, no Morumbi, na terceira partida da final. Após uma vitória para cada lado, o Timão chegava ao jogo decisivo podendo empatar para conquistar o título e soube usar a vantagem obtida.

Mesmo jogando em casa, com o Morumbi lotado, a primeira boa chance foi do Atlético-MG, aos 10 minutos da primeira etapa, com chute de Robert, para linda defesa de Dida. Aos poucos, o Corinthians foi tomando controle da partida e quase marcou com Marcelinho de falta, que acertou bela cobrança no travessão do goleiro Velloso.

Já na segunda etapa, a partida ficou aberta, com boas chances para os dois lados. Belletti para o Atlético-MG e Vampeta para o Timão chegaram perto de abrir o placar com dois chutes de fora da área. Aos 38 minutos do segundo tempo, Marcelinho fez jogada individual e tomou entrada dura de Belletti, que tomou o segundo cartão amarelo e foi expulso. Com um a mais, o Timão criou várias chances, que esbarraram na atuação do goleiro Velloso.

Com a vantagem do empate, a partida terminou em igualdade sem gols, e o Corinthians conquistou pela terceira vez o Campeonato Brasileiro, consagrando a geração que ainda viria a ser campeã da primeira edição do Mundial de Clubes da FIFA, em 2000.

Problema com o horário - Apesar do empate e do título do Corinthians, aquele jogo teve um outro vencedor: o então prefeito de São Paulo, Celso Pitta. A partida estava marcada para às 16 horas, a pedido da Rede Globo, mas Pitta queria para depois das 21 horas. Até a hora do almoço o impasse não havia sido resolvido. Além disso, os primeiros torcedores começavam a chegar ao Morumbi. No fim, prevaleceu a vontade do prefeito. Ao contrário do que muitos pensam, a Globo não iria exibir o especial da Xuxa à noite, mas sim o filme "Inimigo Íntimo".
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações