Jairzinho - Quando "El Huracán" passou pelo Jorge Wilstermann

Jairzinho no Wilstermann: campeão boliviano em 1980 e boa campanha na Libertadores de 1981

Um dos maiores atacantes do futebol brasileiro está completando 75 anos neste 25 de dezembro de 2019. Trata-se de Jair Ventura Filho, ou, simplesmente, Jairzinho, o Furacão da Copa de 70, quando fez gols em todos os jogos naquela campanha onde a Seleção Brasileira conquistou o seu terceiro título mundial. Muito ligado à história do Botafogo, entre 1980 e 1981, já na fase final da carreira, ele foi parar na Bolívia, para defender o Jorge Wilstermann, e fez muito sucesso por lá.

Jairzinho começou no futebol já no Botafogo, onde foi alçado ao time principal antes mesmo de completar 20 anos. Passou mais de uma década defendendo o Alvinegro e lá virou um dos maiores atacantes do futebol brasileiro. Sai do Fogão em 1974 e resolveu rodar o mundo da bola, tendo passagens por Olympique de Marselha, Cruzeiro (onde foi campeão da Libertadores em 1976), Portuguesa da Venezuela, Noroeste de Bauru e Fast Club de Manaus. Em 1980, com 35 anos, aportou em Cochabamba, na Bolívia, para defender o Jorge Wilstermann.


"El Huracán", na tradução literal de "Furacão", como o craque ficou conhecido por lá, chegou ao clube e fez sua estreia no dia 10 de abril, em um amistoso contra a Seleção de Manaus. Três dias depois, jogou novamente contra o mesmo adversário. Apesar de ser uma estrela do futebol mundial e com grandes conquistas, Jairzinho mostrou estar afim de ajudar os bolivianos na temporada.

Sua estréia na Liga Boliviana ocorreu em Potosí, em 11 de maio do mesmo ano, um domingo, contra o Unified Independent. Foi nesta partida onde marcou o seu primeiro gol oficial na Bolívia, aos 45 minutos do primeiro tempo. Depois, continuou ajudando o Jorge Wilstermann na temporada.

Na continuação do campeonato, ele marcou contra o Oriente Petrolero, em Santa Cruz, San José em Oruro, Bolívar, The Strongest, novamente Aurora, Oriente, San José, Stormers, Real Santa Cruz e Municipal em La Paz. Ao fim da competição, ele alcançou 16 gols e foi fundamental na conquista do título pelo Jorge Wilstermann, que era dirigido pelo chileno Raúl Pino.


No início de 1981, ele jogou a Copa Libertadores de América (com o The Strongest e duas equipes equatorianas, Barcelona e University Technician), venceu o grupo na primeira fase e passou para a próxima quando foi eliminado no triangular semifinal, que tinha o colombiano Deportivo Cali e o campeão daquela edição da competição, o Flamengo.

Com a eliminação do time na Libertadores, Jairzinho encerrou sua campanha na Bolívia com esses jogos, marcando mais dois gols pelos Reds. Ele voltou para o Brasil, onde encerrou a carreira no Botafogo ainda em 1981. Porém, isso não impediu o Jorge Wilstermann, em outra grande campanha, de vencer o bicampeonato da liga em 1981.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações