quinta-feira, 6 de junho de 2019

De virada, Galo vence o Peixe e avança na Copa do Brasil

Por Lucas Paes
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Atlético Mineiro surpreendeu o Santos no Pacaembu e avançou no torneio

O Atlético Mineiro conseguiu uma bela classificação diante do Santos no Pacaembu. O Galo venceu o Peixe por 2 a 1 e deixou o Alvinegro Praiano pelo caminho. Agora, os mineiros aguardam o sorteio da Copa do Brasil pra saberem seu adversário.

Pelo primeiro jogo deste embate, realizado em Belo Horizonte, as duas equipes empataram pelo placar de 0 a 0. Com isto, um novo empate levaria a decisão da classificação nas penalidades. Já quem vencesse avançaria na competição.

O Santos começou pressionando no ataque, obrigando Victor a trabalhar em falta longa de Sanchez. O primeiro ataque do Galo foi interceptado por Aguilar. Logo aos 6 minutos, no primeiro escanteio do jogo, Marinho botou na cabeça de Gustavo Henrique, que mandou para as redes. Pouco depois, Jorge chegou e cruzou, mas Fábio Santos interceptou bem.

O Atlético tentava equilibrar no toque, mas travava na bem postada marcação do Peixe. Aos poucos o ritmo alucinante do começo diminuiu, com as duas equipes jogando pelo chão sem encontrar espaço, até que aos 16', Pituca chutou com muito perigo de fora da área. Logo depois, Jorge evitou um gol certo de Chará com uma interceptação quando o atacante ficaria de cara pro crime. Depois, o Galo deu uma sequência de ataques perigosos, parando na defesa santista. 

Aos 21', a bola sobrou para Chará, que chutou e obrigou Éverson a defender. Pouco depois, o Santos chegou e Victor defendeu o chute de Jorge de forma estranha. Com quase trinta, numa chegada atleticana, Rever parou no arqueiro santista.

A partir dos 30', sequencia de ataques, primeiro Elias, pelo Galo, para fora. Depois Marinho chutou com perigo. Aos 37', Chará recebeu lançamento, fintou Éverson e deixou tudo igual no Pacaembu. Placar que se manteve até o final do primeiro tempo.

Marinho tentando jogada

A etapa final começou com José Welison tendo sua expulsão salva pelo VAR, em lance com Marinho. A primeira finalização veio com Jean Mota, nas mãos de Victor, antes dos atleticanos ensaiarem uma pressão e pararem em Éverson. Depois, foi a vez de Jean Lucas chutar para fora. Aos 14', Chará tentou de fora da área, com perigo, para fora. Pouco depois, Soteldo fez boa jogada e tocou em Marinho, que parou em Victor. Sem deixar o Galo respirar, Jean Mora levantou para Jean Lucas chutar com muito perigo para fora. 

Aos 19', Ricardo Oliveira foi lançado de frente para o crime, mas parou no arqueiro do Santos. Depois de uma sequência de ataques santistas, o Peixe saiu mal e Luan quase fez, mas parou em Éverson, e a sobra acabou interceptada pela defesa. Logo depois foi a vez do Santos, mas Marinho chutou para fora, após jogada trabalhada. 

A partir dos 30 minutos, o Santos passou a pressionar, mas não conseguia finalizar bem. Aos 37', Soteldo cruzou, Verissimo cabeceou ao lado. Mas quem marcou foi o Galo: em rápido contra-ataque, Geuvanio cruzou e Chará marcou. Atordoado, o Santos quase levou o terceiro, mas Éverson parou o chute de Geuvânio. 

Agora, curiosamente, Galo e Santos voltam a se enfrentar, desta vez na Vila Belmiro, pelo Brasileirão, domingo, as 19h. O Peixe ainda aguardando se poderá ou não contar com Rodrygo. Já na Copa do Brasil, o Atlético espera o sorteio, que será realizado na segunda-feira, na sede da CBF.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações