quarta-feira, 8 de maio de 2019

Santos perde para a Ponte e segue sem pontuar no Brasileiro Sub-17

Por Victor de Andrade, direto do Estádio Ulrico Mursa
Fotos: Victor de Andrade

Início de jogo no Estádio Ulrico Mursa teve ritmo forte

O Santos continua sem pontuar no Campeonato Brasileiro Sub-17 de 2019. Jogando no Estádio Ulrico Mursa, na cidade de Santos, na tarde desta quarta-feira, dia 8, o Peixe encarou a Ponte Preta, que até antes do início da partida também estava zerada na competição, e foi derrotado pelo placar de 1 a 0. O gol da vitória do time campineiro foi marcado por Pedrinho, ainda no primeiro tempo.

As duas equipes vão mal na competição até esta quarta rodada e ainda não pontuaram, dividindo a lanterna do Grupo A. Na última rodada, o Santos atuou no Estádio Espanha, campo do Jabaquara, e foi goleado pelo Vasco por 4 a 1. Já a Ponte Preta recebeu o Athletico Paranaense no Moisés Lucarelli, em Campinas, em perdeu por 3 a 2.

Até pelo fato das duas equipes precisarem da vitória, o jogo começou eletrizante. Aos 5', Rafael, aproveitando sobra, arriscou da entrada da área, mas o goleiro da Ponte fez boa defesa. No minuto seguinte, Barbosa cabeceou sozinho na área, mas novamente Dã salvou o time campineiro, que respondeu em seguida, com Ryan, que invadiu a área após pane da defesa do Peixe, mas aí foi a vez de Enzo salvar o Alvinegro Praiano.

O ritmo continuava forte e aos 12', Andrey arriscou chute cruzado, fazendo com que o arqueiro pontepretano se esticasse todo para espalmar a bola pela linha de fundo. Já aos 18', Amaral arrematou de fora da área e obrigou o goleiro do Peixe a trabalhar. A Ponte voltou a assustar aos 30', em chute de Robinho, mas mais uma vez o arqueiro do Santos fez a defesa.

Tendo tido os últimos lances de perigo, a Ponte Preta acabou abrindo o marcador aos 33 minutos. Pedrinho ganhou na corrida do marcador pela esquerda e ao entrada na área bateu de canhota, cruzado, sem chances para Enzo: 1 a 0 para os visitantes e foi assim que terminou a primeira etapa do embate.

O segundo tempo começou em um ritmo mais lento que o primeiro. Uma jogada de perigo só foi acontecer aos 10 minutos e quase a Ponte fez o segundo: em bola cruzada na área, Robinho cabeceou e Enzo, no susto, mandou a bola para a linha de fundo. No lance seguinte, a Macaca novamente chegou com perigo, mas quem usou a cabeça, desta vez, foi o zagueiro Lucas peres, mas o arqueiro do Peixe fez uma grande defesa e evitou o segundo gol dos visitantes.

Partida ficou nervosa na segunda etapa

Dois jogadores, um de cada lado, foram expulsos entre os 14 e 16 minutos de jogo. Primeiro, foi o lateral-esquerdo da Ponte, Jean, após falta. Depois, o volante do Santos, Rafael, após dar um pontapé no adversário. Depois dos cartões vermelhos, o Peixe, atrás do marcador, foi de vez para cima do adversário, tentando marcar.

Nos últimos minutos, o Peixe foi para o tudo ou nada, tentando buscar o gol da igualdade. A pressão do Alvinegro Praiano abriu alguns espaços na defesa e a Ponte assustava nos contra-ataques. Aos 44', o Santos teve uma chance com Erik, mas o goleiro da Macaca fez grande defesa, garantindo a vitória de sua equipe por 1 a 0.

Na próxima rodada, tanto Santos como Ponte Preta atuam fora de seus domínios. O Peixe vai até o Paraná na próxima quarta-feira, dia 15, onde enfrenta o Coritiba, às 15 horas, no Estádio Couto Pereira. No mesmo dia e horário, a Macaca terá pela frente o Cruzeiro, no Estádio das Alterosas, em Belo Horizonte.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações