sexta-feira, 29 de março de 2019

Iarley no Real Madrid

Por Victor de Andrade


Lenda no Paysandu, passagem marcante no Boca Juniors, com direito a gol em clássico e título mundial, e ídolo no Internacional, onde também foi campeão do mundo, o cearense Iarley, que nasceu em 29 de março de 1974, em Quixeramobim, teve uma belíssima carreira no futebol, mas que acabou aparecendo tarde no cenário brasileiro. Tudo isto por causa de uma estadia obscura no Real Madrid.

Iarley foi revelado pelo Ferroviário, de Fortaleza, e teve passagem pelo Quixadá. Aos 21 anos, um negócio possibilitado por seus novos empresários o levaram para o que parecia ser o grande momento da sua vida como jogador de futebol. Ele foi comprado por eles e repassado à equipe B dos merengues.

No Castilla, Iarley teve a companhia de jogadores que explodiram no cenário mundial, como o volante argentino Esteban Cambiasso e o atacante camaronês Samuel Eto'o. "Eu fazia a dupla de ataque com o Eto'o. Ele já era como é hoje: uma máquina. É um jogador com raciocínio muito rápido, goleador e uma boa pessoa também", revelou.

À espera de uma chance na equipe principal, Iarley via no maior rival do Real Madrid o surgimento de um certo fenômeno. Nos dois anos que esteve na Espanha, Ronaldo foi eleito o melhor jogador do planeta, assombrando defensores com a camisa do Barcelona. Anos depois, os dois jogaram juntos no Corinthians, em 2011. "Eu via o Ronaldo jogar no Barcelona. Ele tem algumas semelhanças com o Eto'o. É um jogador que dribla correndo. É muito difícil de ser marcado", acrescentou.

Outro companheiro de Iarley no Corinthians em 2011 chegou ao Real Madrid em 1996. Depois de uma passagem apagada pelo Internazionale-ITA, Roberto Carlos desembarcou na Espanha para fazer história. "O Roberto foi para o Real no mesmo ano que eu. Nós éramos muito amigos, sempre jantava na casa dele. Infelizmente, quando saí, perdemos contato. Quando o encontrei no Corinthians, ele me disse: 'Estamos juntos novamente'. Isso me deixou muito emocionado".

Apesar destes encontros, a passagem de Iarley pelo Real Madrid acabou não tendo muito sucesso. Os empresários e a diretoria dos merengues não se entenderam na negociação da venda dos direitos dele para o clube. No meio da confusão, o atacante optou por ir embora e recomeçar a carreira em clubes menores, como Ceuta-ESP, Melilla-ESP, Uniclinic-CE, até ganhar destaque novamente no Ceará. Depois disso, passou por Paysandu, onde fez história, marcando em La Bombonera, Boca Juniors-ARG, quando fez gol no superclássico, Dorados-MEX, Internacional, sendo importante na conquista do mundial, Goiás, Corinthians e Ferroviário, onde encerrou a carreira em 2014.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações