sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Eusébio no Beira-Mar de Aveiro e enfrentando o Benfica

Por Victor de Andrade


Eusébio, que se estivesse vivo completaria 77 anos neste 25 de janeiro de 2019, foi um dos maiores jogadores da história do futebol mundial. Ídolo do Benfica, onde jogou entre 1960 e 1975, ele também defendeu outros clubes portugueses. Um deles foi o Beira-Mar, de Aveiro, na temporada 1976/1977, onde chegou a até enfrentar o clube que o projetou para o planeta.

Eusébio deixou o Benfica em 1975 para jogar na North American Soccer League (NASL), a estrela liga norte-americana, para defender o Boston Minutemen. Depois, fez alguns jogos pelo Monterrey, do México, e resolveu voltar para Portugal. É claro que vários clubes o quiseram, inclusive o rival do Encarnado, o Sporting, mas Eusébio falou para o diretor do time verde de Lisboa esquecer a história e resolveu ir para Aveiro.

O craque nascido em Moçambique estrou pelo time aveirense em 11 de novembro de 1976, contra o Feirense, e já deixou o seu cartão de visitas. Deu duas assistências e teve um gol mal anulado na vitória do Beira-Mar pelo placar de 3 a 1. Mas o que marcaria mesmo a sua passagem pela equipe aurinegra seria o dia 5 de janeiro de 1977, quando o Beira-Mar teria pela frente o Benfica, em Aveiro.

Seria a primeira (e depois descobriria-se que foi a única) vez que Eusébio enfrentaria a equipe em que fez fama. “Pensei em não jogar. Só a doze minutos do começo do jogo é que decidi ir à campo”, chegou a comentar Eusébio, depois de aposentado. E Eusébio estava feliz em seu novo clube, já que rodadas antes havia feito gol contra o Sporting, em jogo que terminou empatado.

Aquela partida era válida pela 12ª rodada do Campeonato Português da temporada 1976/1977, a segunda em que o Benfica fazia sem o grande craque e, agora, tendo que jogar contra. Mas quem acabou sentindo em enfrentar sua ex-equipe foi Eusébio. O ídolo fez um jogo bem aquém do que era comum vê-lo.

A partida acabou empatada em 2 a 2, o que não foi bom para o Benfica, que perseguia o Sporting na luta pelo título. No segundo turno, Eusébio não jogou, já que voltou à América do Norte, mais precisamente no Canadá, onde foi defender o Toronto Metros-Croatia, que também jogava a NASL. Pelo Beira-Mar fez 12 jogos e marcou três gols.

Eusébio chegou a defender outro time português na carreira, o União de Tomar, da Segunda Divisão, evitando que ele enfrentasse o Encarnado novamente. O craque faleceu no dia 5 de janeiro de 2014, exatamente 37 anos depois da única vez em que enfrentou o Benfica.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações