sábado, 9 de junho de 2018

Uruguai medalha de ouro e a volta olímpica em 1924

Por Victor de Andrade

Os uruguaios dando a volta olímpica após a conquista da medalha de ouro: time que marcou época

Antes da criação da Copa do Mundo, o torneio olímpico de futebol era considerado a grande competição da modalidade ao redor do mundo. Quem dominou a última fase pré-Copa foi o Uruguai. Suas duas conquistas marcaram época, mudou-se o modo de jogar e criou-se até terminologias que foram adotadas para sempre no esporte bretão. Em 9 de junho de 1924, em Paris, foi um marco desta grande dinastia: a conquista da primeira medalha de ouro.

O Uruguai foi vanguardista naquela época. Era a primeira seleção sul-americana a se arriscar nos Jogos Olímpicos e foram encarar os europeus, que eram considerados os grandes no futebol. Porém, dentro de campo, a Celeste mostrou quem tinha o melhor jogo da época logo de cara, quando no dia 26 de maio, no Estádio Olímpico, em Colombes, goleou a Iugoslávia por 7 a 0, na fase preliminar do torneio. Cea, Petrone (duas vezes cada), Vidal, Scarone e Romano marcaram os gols da equipe.

A goleada chamou a atenção dos concorrentes, que passaram a ficar de olho no time sul-americano. No dia 29 de maio, no Estádio Bergeyre, pelas oitavas, o Uruguai bateu os Estados Unidos por 3 a 0, com Petrone (dois) e Scarone marcando os gols da vitória, sendo todos no primeiro tempo. A Celeste mostrava que não estava em Paris apenas para passear.

A equipe de futebol que conquistou o título

Nas quartas, o adversário foi a França. Os presentes no Estádio Olímpico, em 1º de junho, viram outra grande apresentação dos uruguaios, que abriram o marcador com Scarone. A França chegou a empatar com Nicolas, mas novamente Scarone, Petrone (duas vezes) e Romano deram a vitória para os sul-americanos: 5 a 1.

Nas semifinais, realizada no dia 6 de junho, no Estádio Olímpico, o Uruguai teve o seu jogo mais difícil daquela campanha. A Holanda saiu na frente, no primeiro tempo, com Pijl e a partida foi para o intervalo com o placar de 1 a 0 para o time europeu. Seria o fim uruguaio? Não! Na etapa complementar, Cea e Scarone, de pênalti, viraram o marcador e colocaram a Celeste na decisão.

A grande final seria contra a Suíça. Os presentes no Estádio Olímpico, no dia 9 de junho, viram uma grande apresentação do time sul-americano. Petrone, aos 9 minutos, abriu o marcador. Na segunda etapa, o Uruguai completou o placar com Cea, aos 20', e Romano, aos 37'. Os 3 a 0 deram à Celeste a medalha de ouro olímpica.

A medalha de ouro dos Jogos Oímpicos de 1924

Na comemoração, os jogadores uruguaios, para agradecer todos os presentes, resolveram andar em volta ao campo, acenando para as arquibancadas do Estádio Olímpico. Foi a primeira vez que uma equipe campeã fez tal ação depois de ser campeã e o gesto passou a ser repetido por todos os times que comemoram o título, que virou a hoje famosa Volta Olímpica. Aliás, a alcunha da Seleção Uruguaia recebeu um "sobrenome" e passou a ser chamada de Celeste Olímpica.

E as nomenclaturas não pararam por aí: voltando dos Jogos Olímpicos, mais precisamente no dia 2 de outubro de 1924, o Uruguai passou por Buenos Aires, antes de ir para Montevidéu, e fez um amistoso contra a Argentina. Cesáreo Onzari, da Albiceleste, marcou um gol de escanteio, que a Fifa tinha recém autorizado. Os tentos deste tipo passaram a se chamar Gol Olímpico.

A vitória do Uruguai em Paris incentivou a Argentina mandar uma equipe para os Jogos Olímpicos posterior, em Amsterdã, na Holanda, em 1928. A Albiceleste fez uma bela campanha, onde chegou na final e foi derrotada pelo Uruguai, que conquistou o bi-campeonato. O domínio da Celeste fez com que a Fifa marcasse a primeira Copa do Mundo para Montevidéu, onde a Celeste foi campeã, novamente em cima dos argentinos. E toda esta bela história começou em Paris, 1924.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações