quinta-feira, 7 de junho de 2018

Ex-presidente do Santos Marcelo Teixeira lança autobiografia ‘Das arquibancadas à presidência 2002’

Por Gustavo Klein


Uma história épica, cheia de emoção e reviravoltas, digna de um filme. A conquista do Campeonato Brasileiro de 2002 pelo Santos Futebol Clube é um dos pontos altos do livro "Das arquibancadas à presidência 2002", escrito pelo eterno presidente Marcelo Teixeira.

A obra é uma autobiografia focada na relação de verdadeira paixão do ex-presidente com o clube, desde os primeiros anos da infância, a relação com os tios (que torciam para outros clubes) e com o pai, o inesquecível Milton Teixeira, que também foi um presidente vencedor no Santos Futebol Clube, que levava Marcelo ao estádio Urbano Caldeira, legando ao filho uma das maiores heranças: o amor pelo alvinegro praiano.

Ainda nesse percurso cronológico, Marcelo acentua a importância da família: Nilza, a mãe querida; Emília, a tia adorável; as irmãs Sílvia, Lúcia e Cecília. Com certeza, foi aí, no berço dos Pirilos e dos Teixeiras, que nasceram e se cultivaram as qualidades que fazem de Marcelo uma pessoa especial: caráter, ética, compromisso, envolvimento, determinismo, fé, qualidades essas que o fizeram suportar, sem esmorecer, as agruras pelas quais passou no comando da Vila Belmiro. Seguindo o tempo, mais tarde, Marcelo encontra em Valéria a esposa atenciosa, capaz de compreender os compromissos do marido, inclusive ter que esperar o final de um jogo para seguir em lua de mel, em Caroline e Marcelinho, que seguem os passos paternos, fazendo prevalecer, sempre, a humildade e a dedicação, o bom senso e o otimismo.

Também relata a trajetória de Marcelo Teixeira como educador, dentro do Complexo Educacional Santa Cecília e vai até os anos de presidência no Santos Futebol Clube, focados na modernização da estrutura, inclusive administrativa, que até hoje fazem do Santos Futebol Clube referência em todo o Brasil e que culminaram com o título brasileiro de 2002, consagrando mais uma vez as categorias de base do clube.

Após investir em jogadores mais experientes e consagrados no novo milênio, mesclando também com atletas bem jovens, já sem recursos, a diretoria resolveu apostar definitivamente nos talentos revelados pela casa, como Diego e o rei das Pedaladas, Robinho. Naquele ano a equipe passou a ser treinada por Emerson Leão, recém-saído da Seleção Brasileira. É ele quem assina o prefácio da obra. Aquele foi o último campeonato realizado no sistema de mata-mata.

Em 428 páginas, Marcelo conta, com maestria, histórias de fatos reais até agora desconhecidas dos torcedores. O leitor é convidado a fazer uma viagem cheia de emoções, vai rir das situações criadas por Francisco Lopes, então diretor de futebol, vai sofrer, junto com o protagonista, diante da bola na trave, vai torcer para que as faixas sejam desviradas, vai puxar, do fundo do peito, o grito de gol!

Entenderá ainda como foram superadas e concluídas as as reformas necessárias para a saúde financeira do clube, assim como o trabalho de recuperação do prestigio e da representatividade no meio político do futebol e os contatos sobre arbitragem. “Resgatamos ainda o respeito dos adversários e o orgulho dos torcedores”, diz Marcelo Teixeira.

Uma viagem que conta um dos momentos mais importantes da história do Santos Futebol Clube e de seu protagonista. Viagem que é coroada com um título que vem justificar todo o sofrimento e todo o trabalho. Uma verdadeira redenção. Além do prefácio do técnico Emerson Leão, a obra tem a capa produzida pelo artista plástico Renato de Lone e apresentação da professora Katya Patella.

"Das arquibancadas à presidência 2002" terá seu primeiro lançamento no próximo dia 11 de junho, das 18h30 às 21h30, no Ginásio Poliesportivo da Unisanta, em Santos (SP) (Rua Oswaldo Cruz, 277 - Bairro Boqueirão), com a presença de comissões técnicas, jogadores e familiares que participaram desta conquista histórica e de outras gerações vitoriosas do clube. Parte da renda adquirida com o livro será destinada a instituições beneficentes da Baixada Santista.

Sobre o autor - Marcelo Teixeira nasceu em Santos em 28 de abril de 1964, filho de Nilza Pirilo Teixeira e Milton Teixeira. É empresário dos ramos da educação e da comunicação, Pró-Reitor Administrativo da Unisanta e presidente do Sistema Santa Cecília de Rádio e TV educativos. Foi presidente do Santos FC em duas gestões, de 1992 a 1993 e de 2000 a 2009, sendo na primeira eleito o mais jovem da história, com 27 anos. Conquistou os títulos do Campeonato Brasileiro de 2002 e 2004, além do Bicampeonato Paulista 2006/2007 e do vice na Taça Libertadores da América 2003, competição que o Peixe não disputava há 19 anos. Atualmente é o presidente do Conselho Deliberativo, com mandato de 2018 a 2020.

Membro da Academia Santista de Letras, é autor do livro ‘Revolution 9’ e do filme ‘Renata’, biografia da nadadora santista Renata Agondi. Pertence à diretoria de diversas outras organizações e recebeu diversos prêmios nas áreas da educação, cultura e esportiva.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações