quarta-feira, 7 de março de 2018

Genoa - O time mais próximo de uma estrela na camisa na Itália

Por Lucas Paes 

Equipe campeã em 1924 perfilada. O último título conquistado pelo Genoa

No futebol italiano, quando um clube chega à conquista do décimo título da Série A, ele ganha o direito de bordar uma estrela dourada acima do escudo. A Juventus possui três estrelas enquanto Milan e Inter contam com uma. Além dos três gigantes, o clube que chega mais perto da façanha é o Genoa, da cidade homônima. 

Fundado em 1893, o clube genovês conquistou seis anos depois a primeira edição do Campeonato Italiano. Na temporada de 1923/1924, os Rossoblu chegaram a nona conquista da competição, naquela altura, os genoveses eram os maiores campeões, já que a Juventus tinha apenas um título. 

Na temporada seguinte, o Grifo bateu na trave da conquista do décimo título pela primeira vez. Num time que tinha como destaques os atacantes Alberti e Catto, o Genoa acabou perdendo o Scudetto em uma final épica de cinco confrontos vencida pelo Bologna, que na época garantiu o primeiro título da competição, evitando que a história fosse escrita naquele ano. 

Equipe do Genoa da temporada 1990/1991

O vice seguinte veio na temporada 1927-1928, num campeonato perdido para o Torino que caminhava para começar a marcar as páginas do esporte bretão com o maior esquadrão de sua história. Os Rossoblu perderam o campeonato por uma diferença de apenas dois pontos na fase final, quando o Calcio ainda tinha formato diferente do atual. 

Duas temporadas depois, a Série A passou a ter o modo de disputa de pontos corridos que conhecemos hoje. Com um ataque bastante forte, tendo como destaques Banchero e Levratto, os genoveses ficaram em segundo lugar, perdendo o título para Ambrosiana, nome adotado pela Internazionale na época do regime de Mussolini. A diferença foi de apenas dois pontos, o que na época equivalia à uma vitória. 

A partir daí, o clube passou a viver tempos turbulentos e foi inclusive rebaixado. Apenas na temporada 1937/1938, com um time que se provou eficiente principalmente na defesa, vio a terceira colocação. A diferença de pontos para a campeã, que outra vez foi a Inter, desta vez com a denominação de Ambrosiana-Inter, foi de três pontos. Os Nerazzurri fizeram 41 pontos, os genoveses ficaram com 38, junto ao Milan e atrás da Juventus. Na temporada seguinte, o time obteve a quarta colocação, desempenho repetido em 1942. 

Milito foi o destaque da última boa campanha do Genoa 
(Foto: Lucca Zennaro)

Depois disso, os tempos mudaram para o Genoa e entre os anos 1960 e 1970 o clube chegou a ficar quase dez anos sem jogar a Série A, chegando a cair para a terceira divisão italiana. Os Rossoblu só chegaram a uma boa colocação no Calcio já nos anos 1990. Em 1990/1991, na temporada em que a arquirrival Sampdoria fez história e foi campeã, os genoveses ficaram na quarta colocação, contando com um time onde se destacavam Aguilera e Skuhravy. A distância para a campeã Samp foi de 11 pontos, mas a temporada marcou a volta a uma posição mais destacada. Foi a última vez que o Genoa terminou entre os quatro primeiros na Série A. 

Depois de 18 anos, em 2009, a tradicional equipe azul e vermelha voltou a ter um desempenho bonito na Série A. Lutando até o final pela vaga na Champions League, os Rossoblu ficaram distantes da campeã Internazionale, porém, o time de Marco Rossi, Thiago Motta e um endiabrado e inspirado Diego Milito (os dois últimos virariam destaques na própria Inter na temporada seguinte) teve ótimos momentos, ficando o tempo inteiro na briga pelo G4 e só não teve o artilheiro porque Ibrahimovic estava absolutamente imparável e ficou um gol a frente de Milito. Foi o último respiro digno de um clube tradicional que cada vez vive mais distante dos tempos de glória.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações