segunda-feira, 1 de maio de 2017

Cláudio, o 'Gerente' - O primeiro a jogar nos quatro grandes paulistas

Cláudio no Santos, Palmeiras, Corinthians e São Paulo: o primeiro a defender os quatro grandes

Não é tão comum, apesar que nos últimos tempos tornou-se um pouco mais frequente, mas alguns jogadores já defenderam os quatro grandes do futebol paulista. Todos eles tiveram passagens na Seleção Brasileira, como Neto, Antônio Carlos, Müller, César Sampaio e Luizão. Todos estes citados entre os anos 80 e 2000. Porém, o primeiro a realizar a façanha foi o ponta-direita Cláudio e, por incrível que pareça, entre as décadas de 40 e 50.

Cláudio Christóvam de Pinho nasceu em Santos, no dia 18 de julho de 1922 e logo quando começou a bater bola nos campos da cidade, foi descoberto por um olheiro do Santos FC, onde estreou na equipe profissional em 1940, com apenas 18 anos. Vale lembrar que na década de 40, o Peixe, apesar de já ter conquistado um Paulista, não era considerado um time grande, apesar de já incomodar o trio de ferro. O status mudou no fim dos anos 50.

Sua qualidade como ponta e a precisão em suas cobranças de falta chamaram a atenção do trio de ferro paulistano e ele foi para o Palmeiras em 1942, após não chegar a um acordo salarial com o Alvinegro Praiano. No Verdão, jogou pouco, mas fez o primeiro gol do time com o novo nome, já que ele chegou ao clube na época da mudança de Palestra Itália para a nomenclatura atual. Foram 32 jogos e nove gols com a camisa verde.

Maior artilheiro da história do Corinthians

Ainda em 1942, foi convocado para a Seleção Brasileira pela primeira vez, quando participou do Campeonato Sul-Americano no Uruguai. No ano seguinte, Cláudio volta ao Santos FC. Em sua segunda passagem pelo Peixe, fez grandes jogos (foram 35 partidas e 10 gols) e em 1945 ele é contratado pelo Corinthians.

No Timão, o 'Gerente' foi ídolo, mas seus primeiros anos no clube não foram fáceis, já que o futebol paulista era dominado por alviverdes e tricolores. Então, em 1949, Trindade bancou um boa reformulação no elenco promovendo jogadores como Idário, Luizinho, Roberto Belangero e o goleiro Cabeção, o reserva imediato do titular Bino.

Cláudio integrou o escrete nacional que foi campeão Sul-Americano em 1949. Apesar da esperança de disputar o mundial de 1950, seu nome não foi relacionado na convocação final pelo técnico Flávio Costa. Uma pena que um jogador de grande quilate nunca tenha ido à uma Copa do Mundo.

Com apenas 1,62 de altura, Cláudio formou ao lado de Luizinho “Pequeno Polegar” uma parceria de baixinhos infernais. Sua experiência e liderança também foram importantes na conquista do bicampeonato paulista de 1951 e 1952. Habilidoso e letal nas bolas paradas, Cláudio era o batedor oficial de pênaltis, faltas e escanteios. De seus pés saiam os levantamentos certeiros que quase sempre encontravam o “Cabecinha de Ouro” Baltazar.

Cláudio, com Roberto, na Seleção

Em seus últimos capítulos dentro do Corinthians, Cláudio acumulou funções de treinador e até de supervisor técnico. No final da temporada de 1958 o relacionamento entre o “Gerente” e os homens da alta cúpula estava muito desgastado. E ele preferiu ir para o São Paulo. No Timão, foram 549 jogos e 305 gols, o maior artilheiro da história do Timão.

Já veterano e apoiado por amigos e familiares, Cláudio foi para o time do Morumbi e lá permaneceu até 1960, contabilizando 35 jogos com 22 vitórias, 5 empates, 8 derrotas e 10 gols marcados. Ele encerrou a carreira e voltou à Santos, para morar com a família.

Pela Seleção Brasileira, Cláudio fez 12 jogos e marcou cinco gols, conquistando a Copa Rio Branco de 1947 e o Campeonato Sul-Americano de 1949. Já por clubes, ele venceu o Paulista de 1942, pelo Palmeiras, os de 1951, 1952 e 1954, o Rio São Paulo em 1950, 1953 e 1955, todos pelo Corinthians.

Cláudio faleceu em 1º de maio de 2000, em Santos, com 77 anos, vítima de ataque cardíaco. Porém, seus gols de falta e o fato de ter defendido os quatro grandes do futebol paulista ficaram marcados na história do futebol. Este foi o grande "Gerente"!
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações