sábado, 13 de agosto de 2016

Frio, protesto e Canadá eliminando a França no Futebol Feminino Olímpico

Canadenses comemoram a classificação e francesa, deitada, fica desolada por mais uma eliminação

Na fria noite de sexta-feira, a Arena Corinthians, em São Paulo, foi palco de uma das quartas-de-final do Torneio Olímpico de Futebol Feminino. Canadá e França fizeram a revanche da decisão do bronze de Londres 2012 e novamente as canadenses levaram a melhor: ganharam de 1 a 0, com gol de Schmidt. A partida aconteceu com boa parte do público gritando "Fora Temer" logo após o tento canadense.

A partida eliminatória envolvia o primeiro colocado do Grupo F, o Canadá, única equipe com 100% de aproveitamento no Futebol Olímpico da Rio 2016, vencendo, inclusive, a Alemanha, uma das favoritas à conquista de medalha, e a França, segunda colocada do Grupo G, que apesar de causar muita expectativa, ainda não havia feito uma boa apresentação na competição.

Francesas tentam sair da defesa

Mas assim como a temperatura ambiente, o jogo começou frio, com as duas equipes se estudando. Aos poucos, o Canadá foi tendo maior volume de jogo e mostrava um pouco mais de vontade chegando, em alguns momentos, arriscar alguns chutes, mas nada que assustasse a goleira Bouhaddi. A França até parecia querer levar a decisão para os pênaltis, tamanha falta de empenho de buscar o gol.

A maioria dos 38.688 torcedores apoiava o Canadá, que foi aumentando o volume de jogo com o passar do tempo, mas sem levar muito perigo no ataque. A França, ainda apática, ajudou com que o primeiro tempo terminasse com o placar de 0 a 0.

Jogadora da França protege a bola para a saída da goleira

Na segunda etapa, o jogo melhorou, principalmente pelo fato de as francesas começarem a ter um pouco de iniciativa na partida. Porém, isso fez com que o Canadá respondesse e chegasse a seu gol aos 11 minutos. Becky recebeu a bola pela ponta direita, deu um lindo chapéu em Karchaoui e cruzou na medida para Schmidt, bateu de primeira, com o pé esquerdo, sem chances para Bouhaddi: Canadá 1 a 0.

O gol, por incrível que pareça, mudou a preferência do público. Querendo botar mais pimenta na decisão, torcendo para que o jogo fosse para a prorrogação, para ter mais emoção, as francesas receberam mais apoio a partir do gol sofrido. Também foi o ponto da partida onde foi entoado das arquibancadas um coro de "Fora Temer" por boa parte dos presentes.

Canadenses cercam saída de bola francesa

O apoio da torcida e a desvantagem no marcador acordaram as francesas que só a partir deste momento passaram a atacar com afinco. Porém, não era uma boa noite para as jogadoras de frente francesas. Apesar da pressão, elas pouco finalizavam. Só para se ter uma ideia, a melhor chance para a França foi um lance onde uma defensora canadense mandou a bola no travessão, desviando uma cobrança de falta.

Ao final dos 90 minutos e mais os acréscimos, a partida foi finalizada com o placar de 1 a 0 para o Canadá, que está em sua segunda semifinal seguida do Torneio Olímpico de Futebol Feminino e encara agora a Alemanha por uma vaga na decisão. Para a França, mais um retorno triste da equipe, depois de ter se criado muita expectativa.

Vídeo com momentos da partida

Depois de mais um dia de Futebol Olímpico, foi retornar para casa e descansar, pois a maratona de jogos ainda não acabou. E um aviso para quem acompanha O Curioso do Futebol: ainda tem muita coisa por vir dos Jogos Olímpicos Rio 2016.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações