sexta-feira, 19 de agosto de 2016

As alemãs douradas do Futebol Feminino

Lance que originou o segundo gol da Alemanha na partida

A Alemanha é a mais nova campeã Olímpica de Futebol Feminino. Em jogo que foi apenas razoável no primeiro tempo, mas emocionante na etapa final, realizado nesta sexta-feira, no mítico Maracanã, no Rio de Janeiro, as germânicas bateram a Suécia por 2 a 1 e ganharam a tão sonhada medalha de ouro, o grande objetivo de um atleta de alto rendimento, na Rio 2016.

A verdade é que ambas as seleções não tiveram um caminho fácil para chegar na final. Na primeira fase, a Alemanha foi a segunda colocada no Grupo F, tendo goleado o Zimbábue, empatado com a Austrália e perdido para o Canadá. No mata-mata, vitórias contra China e canadenses deixaram as germânicas, que têm três medalhas de bronze, em sua primeira final.

A Suécia sofreu demais para conseguir estar na decisão. Na fase inicial, jogando pelo Grupo E, a Suécia foi a terceira colocada da chave, tendo vencido a África do Sul, tomado uma sonora goleada de 5 a 1 para o Brasil e um empate contra a China. No mata-mata, vitória nas penalidades contra os favoritos Estados Unidos e Brasil colocaram as suecas na final.

Suécia tenta jogada ainda na primeira etapa

O clima no Maracanã era legal, mas os assentos demoraram para ser ocupados. Parecia até que os torcedores desanimaram após a derrota do Brasil. Quem começou melhor o jogo foi a Suécia, tomando a iniciativa e chegando no ataque, mas levando pouco perigo ao gol alemão. Aos poucos, as germânicas, que eram consideradas as favoritas, equilibraram a partida. Cada time teve uma chance clara para abrir o marcador, mas as finalizações foram para fora.

Depois dos 25 minutos do primeiro tempo, o jogo ficou monótono. A bola pouco saía da meia-cancha e as duas equipes pouco atacavam. A torcida também foi atingida pelo nível da partida e resolveu fazer a famosa ola para compensar. Como houve pouquíssimas ações, o primeiro tempo terminou com o placar de 0 a 0.

Se o fim da primeira etapa foi fraca, o segundo tempo começou com a "corda toda". Logo aos 2 minutos, a Alemanha abriu o marcador. Marozsán recebeu cruzamento rasteiro na área, dominou e chutou colocado no ângulo, fazendo um golaço e explodindo a torcida alemã presente no Maracanã: Alemanha 1 a 0.

Alemãs comemoram o título

A Suécia sentiu o baque do gol sofrido e não conseguia reagir. Melhor para a Alemanha, que chegou ao segundo tempo devido à uma grande falha da zaga sueca. Aos 15, Marozsán cobrou falta com capricho e carimbou a trave. No rebote, Sembrant tentou tirar da defesa de forma apavorada e mandou contra o próprio gol, em lance inacreditável: 2 a 0 para as alemãs.

Com 2 a 0 contra, só restou para a Suécia ir para o abafa, tentando atacar mais em busca de, no mínimo, o empate para levar o jogo para o tempo extra. E elas conseguiram diminuir aos 21 minutos. Schough cruzou rasteiro e Blackstenius apareceu livre na área para finalizar.

Vídeos com momentos da histórica partida

A Suécia foi para cima, tentando, ao menos, achar o gol que levaria o gol para a prorrogação. Porém, foi a hora em que a superioridade alemã veio à tona e a equipe germânica conseguiu barrar todas as tentativas suecas e ainda assustou nos contra-ataques. Final de jogo no Maracanã e festa das alemãs, bi-campeãs mundiais e que, finalmente, conquistaram o seu primeiro ouro olímpico.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações