quarta-feira, 28 de outubro de 2015

O palmeirense frei Cebolinha

Na esquerda, o frei Cebolinha

O Palmeiras, em sua história, teve fases fascinantes, como as eras das Academias e Parmalat. Porém, o clube já passou por momentos tensos, de times que eram execrados pela torcida e que teve resultados pífios dentro de campo.

Em uma dessas vezes, no ano de 1980, o Palmeiras apelou para a religião católica para afastar a má fase. Dirigentes do clube convidaram o frei Cebolinha para entrar em campo com a equipe em várias partidas. Uma delas, em um clássico contra o Santos, no Morumbi, em 14 de setembro, ficou marcada a imagem do frade entrando em campo.

Frei Cebolinha era um torcedor fervoroso do Alviverde. Careca e com jeito bonachão, ele era um assíduo frequentador do Parque Antárctica, entre as décadas de 70 e 80, indo com sua inseparável batina. Ele sempre fazia o gesto com o V de vitória com os dedos e, muitas vezes, benzeu os jogadores do Palmeiras.

Mais uma imagem do frade com os jogadores

Aquele ano era difícil para o Alviverde. A equipe sofreu goleadas para o Flamengo (6 a 2) e Internacional (4 a 1), perdeu de 3 a 0 para Guarani e XV de Piracicaba e ainda foi derrotado dentro do Palestra Itália para os pequenos Ferroviária, Juventus, Noroeste e Francana.

Pois bem, naquele 14 de setembro, o frade foi o '12º jogador' do Palestra no Estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi. Entrou em campo com os jogadores, fazendo o característico gesto com as mãos, abençoou jogadores e a bola. Alguns dizem que ele ainda rogou praga nos juízes, ato que não foi comprovado.

Apesar de força religiosa antes do clássico, a partida foi muito fraca e o Palmeiras não passou de um 0 a 0 com o Santos. O Alviverde foi tão mal naquele ano que no Campeonato Paulista nem conseguiu vaga para a principal série do Campeonato Brasileiro, tendo que jogar a Taça de Prata.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações