quarta-feira, 10 de junho de 2015

Um clássico lusitano de oito gols em 1998

Belo jogo em Ulrico Mursa

Um jogo memorável. Cada time dominou completamente um tempo da partida. Portuguesa Santista e Portuguesa de Desportos definiam os seus futuros no Campeonato Paulista de 1998 no primeiro dia de março daquele ano, no Estádio Ulrico Mursa, em Santos.

A Lusa não vinha bem na competição, mas tinha reagido nas últimas rodadas. A Briosa, o contrário. Começou bem e veio caindo pelas tabelas.

Quem ganhasse, garantiria sua vaga na segunda fase da competição. O derrotado iria disputar o rebolo para decidir o time rebaixado. O time da capital do estado jogava pelo empate. O que aconteceu foi que as duas equipes marcaram, juntas, oito gols e deixaram o jogo ainda mais emocionante.

Lusa foi eliminada no Paulista de 1998 no polêmico jogo do árbitro Castrillli

No primeiro tempo, a Lusa quis definir logo a situação. Evair aos 14 minutos, Evandro aos 42 e 44 minutos e Leandro aos 48 fizeram 4 a 0 no clássico lusitano. Os torcedores da equipe da casa, tristes, já se conformavam em jogar o rebolo do rebaixamento.

Porém, o que se viu no segundo tempo foi inacreditável. A Briosa, em uma reação fulminante, marcou quatro gols nos momentos finais da partida. Os gols de Cláudio Milar aos 34, Luís Gustavo 36 cobrando pênalti, Nildo fez o terceiro aos 37 e Toninho, que foi o autor do quarto aos 43, deram esperanças ao torcedor do time rubro verde de Santos. Porém, no apito final do árbitro, o placar apontou  4 a 4 e, com o resultado, a Briosa teve que disputar o quadrangular da “morte”. na época, houve acusações de que a diretoria da Lusa teria comprado o goleiro Nasser, da Portuguesa Santista, mas que não foi adiante.

Narração da Rádio Jovem Pan da partida

A Briosa conseguiu escapar do rebaixamento no rebolo. A equipe que caiu foi o Juventus. Já a Lusa deu uma reviravolta na segunda fase, classificou para as semifinais e foi eliminada pelo Corinthians no famoso jogo do árbitro Javier Castrilli. Porém, quem esteve em Ulrico Mursa naquele dia, nunca vai esquecer a partida emocionante.

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Ulrico Mursa

Árbitro: Oscar Roberto Gódoi

Renda: R$ 39.715,00

Portuguesa Santista: Nasser; Ayupe (Renatinho), Toninho, Jairo e Vital; Valdeir, Deda, Rodrigo e Luís Müller (Luís Gustavo); Cláudio Milar e Nildo. Técnico: Orlando Pereira.

Portuguesa de Desportos: Fabiano; Alexandre, Emerson, César e Augusto; Alex, Carlinhos, Alexandre e Evandro; Leandro e Evair. Técnico: Candinho
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações