O cronismo esportivo da Baixada Santista perde o ícone Armando Gomes

Foto: Noberto Moreira Júnior

Armando Gomes tinha 77 anos

O esporte na Baixada Santista amanheceu mais triste neste domingo, dia 26 de julho. Faleceu o cronista Armando Gomes, o Manduca, como era chamado carinhosamente pelos colegas de profissão. Ícone da mídia esportiva na região, estava 77 anos e lutava contra um câncer, que já havia o feito se afastar de seu programa, o Esporte por Esporte, na Santa Cecília TV, há alguns meses.

Vários colegas da crônica esportiva da região lamentaram o fato em suas mídias sociais. Armando Gomes, que era líder de audiência nas noites da televisão regional, deixou a esposa, dona Laura, os filhos Victor e Vinícius e vários netos.


A carreira - A vida de Armando Gomes, que nasceu em 17 de março de 1943, relaciona-se intimamente com o Santos Futebol Clube desde 1952, quando aos nove anos de idade tornou-se um sócio do clube. Armando Gomes é hoje conselheiro efetivo do clube.

Iniciou a carreira em 1962, quando decidiu seguir a carreira dos pais. Naquele ano, estreou na Rádio Clube o Programa Resenha Esportiva, onde dava as principais notícias do Santos Futebol Clube. Desta data em diante, Armando Gomes pôde mostrar seu trabalho em todas as emissoras AM da Baixada Santista e ainda em duas FM, sempre falando de esporte e do Alvinegro Praiano.


O sucesso de Armando Gomes o levou para as emissoras da capital. Em 1978, quando trabalhava na Rádio Gazeta, foi convidado a participar do programa da TV Gazeta intitulado Futebol é com 11. Foi deste programa que derivou o Mesa Redonda Futebol Debate no ar até hoje na emissora paulistana. Cansado de trabalhar em São Paulo, Armando decidiu voltar a trabalhar na Baixada Santista em 1983. Naquele ano, abandonou a TV Gazeta e começou a trabalhar na Rádio A Tribuna AM, onde ficou até 1987.

Após aquele período, Armando foi o pioneiro na região ao apresentar o primeiro programa de esportes de TV voltado exclusivamente a Baixada Santista: o Litoral nos Esportes, que era exibido na TV Litoral (a primeira emissora de TV regional da Baixada Santista, já extinta). À mesma época Armando também comandou a equipe de esportes da Rádio Litoral, do mesmo grupo.


Ainda na TV Litoral, em 1993, Armando criou aquele que é o seu maior sucesso: o programa Esporte por Esporte. Após o encerramento das atividades da TV Litoral em 1996, o programa passou a ser transmitido pela Santa Cecília TV, que ocupou o espaço da antiga emissora.

O programa Esporte por Esporte já rendeu muitos prêmios a Armando. Mas segundo o próprio Armando, o maior deles foi uma declaração de Jô Soares para a revista Veja na qual Jô disse que o programa dele é o líder de audiência em 23 estados brasileiros exceto São Paulo devido a um programa de esportes da Baixada Santista.


Entre 2015 e 2019, foi o principal narrador da Santa Cecília TV dos jogos da Portuguesa Santista, nos campeonatos em que ela disputou. Em seus mais de 50 anos de profissão, a maior parte deles ao lado do Santos Futebol Clube e dos outros times da região, Armando pôde conhecer o mundo durante as viagens acompanhando o clube de futebol. Pôde também ser testemunha ocular das maiores glórias santistas. Ao comentar sua relação com o clube, Armando costuma dizer, dentro de sua forma polêmica de se expressar.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações