Que confusão! Crivella volta atrás e suspende apenas jogos de Botafogo e Fluminense

Com informações do Globo Esporte.com
Foto: Saulo Angelo / Futura Press

Marcelo Crivella, prefeito do Rio de Janeiro

O prefeito Marcelo Crivella disse que a medida que suspende jogos no Rio afeta apenas os jogos de Botafogo e Fluminense, que estão marcados para segunda-feira. Assim, as partidas deste domingo do Campeonato Carioca estão mantidas. São elas: Vasco x Macaé, em São Januário, e Madureira x Resende, no estádio Conselheiro Galvão.

Na manhã deste sábado, o prefeito havia publicado no Diário Oficial um decreto que suspendia todas as competições esportivas da cidade, o que automaticamente iria impedir a realização de jogos neste fim de semana. No entanto, há pouco Crivella voltou atrás e afirmou que a medida se estende apenas a Botafogo e Fluminense.

O próprio prefeito fala que “basicamente ficam suspensos os jogos de Botafogo e Fluminense”, mas esquece que tem partidas também de Vasco e Flamengo. Tudo muito confuso. Mas a percepção do Flamengo é de que o decreto vale a partir de segunda e o Vasco poderá jogar domingo.

Impasse no Carioca - A medida ocorre no momento em que um imbróglio envolve o Campeonato Carioca. De um lado, Federação de Futebol do Estado do Rio (Ferj), Flamengo, Vasco e os clubes de menor investimento decidiram a volta imediata da competição em detrimento de Botafogo e Fluminense, que se recusam a jogar no mês de junho em razão da pandemia de Covid-19.

Na última quarta-feira, após uma reunião com os clubes, o prefeito Marcelo Crivella liberou o retorno do futebol. Em entrevista coletiva, no entanto, pediu à Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) que Botafogo e Fluminense não fosse punidos.

"Os jogos estão autorizado e continuam autorizados. Vão abrir os jogos, Tenho Certeza que a população do Rio de Janeiro, como eu, aguarda os seus times entrarem em campo. É uma coisa que traz alento enorme para nossa alma. Desde criança estamos acostumados com futebol na nossa tela. Mas há clubes que acham que não devem voltar agora no mês de junho. Pediram para voltar em julho. Esse foi o pedido que, como prefeito da cidade, fiz ao presidente da federação. No sentido de que aqueles clubes que acham que devem voltar em julho não sofram qualquer tipo de W.O. ou punição da federação. Nesse momento, precisamos levar em consideração que cada um reage diferente", disse o prefeito na ocasião.

No entanto, em reuniões com os clubes sexta e neste sábado, a Ferj indicou que, caso Botafogo e Fluminense não disputem as partidas em junho, sofrerão W.O. Nesse cenário, a prefeitura decidiu interromper a competição, de modo que foi favorecida a dupla dissidente, cujas primeiras partidas estavam marcadas para o mesmo dia, 22 de junho.


Bangu e Flamengo deram a largada no retorno do Campeonato na última quinta-feira. O time de Jorge Jesus, venceu por 3 a 0. No dia seguinte, Portuguesa-RJ e Boavista empataram em 0 a 0. Para domingo, estavam previstos dois confrontos na cidade do Rio: Madureira x Resende e Vasco x Macaé.

Cremerj e MP - O Cremerj (Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro) entrou com um ofício na quinta-feira, dia 18, no Ministério Público (MP) , denunciando o Flamengo por descumprimento do protocolo de saúde elaborado pela Ferj. O elenco não se concentrou para o jogo contra o Bangu, embora o estabelecido no documento seja uma concentração prévia de 48 horas antes da partida. O MP enviou questionamento aos órgãos responsáveis sobre o fato.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações