A passagem de Carlos Alberto Silva pelo La Coruña

Por Lucas Paes
Foto: Arquivo

Carlos Alberto Silva treinou o La Coruña em 1997

Carlos Alberto Silva foi um dos grandes treinadores que o Brasil já formou. Ídolo da torcida do Guarani, onde comandou a equipe campeã do Brasileirão de 1978, conquistou estaduais por São Paulo, Atlético Mineiro e Santa Cruz e fez grande sucesso treinando o Porto, onde também deixou seu nome marcado na história do clube com dois títulos portugueses. Outra passagem do brasuca pela Europa se deu em 1997, quando chegou ao Deportivo La Coruña.

Tradicionais, os Branquiazuis conquistaram um dos últimos títulos de La Liga que não ficou com o "Trio de Ferro" envolvendo Barça, Real Madrid e Atlético. É justamente sobre essa equipe que Carlos Alberto Silva tem certa importância, já que ajudou a moldar alguns dos pilares que conquistariam, sobre o comando de Javier Irueta, o título nacional.


Ele chega a Galícia em fevereiro de 1997, inicialmente com contrato até junho daquele ano, que marcava o fim da temporada européia. Nos primeiros meses, faz um trabalho bastante consistente, mantendo o Súper Dépor nas primeiras colocações, ajuda a equipe a conquistar uma ótima terceira colocação na Liga de 1996/1997.

Seu talento para observação rendeu frutos na Espanha, quando ajudou a desenvolver o talento de Rivaldo, que acabou deixando o Riazor ao fim da temporada 1996/1997. Acima de tudo, a grande contribuição de Carlos Alberto talvez tenha sido trazer aquele que provavelmente é o maior ídolo da história do Deportivo, quando chegou ao clube o brasileiro Djalminha, ao fim daquele biênio de 1996/1997. Na época, além dele, estavam lá nomes como Flávio Conceição, Luizão e Mauro Silva. Deles, apenas Luizão não foi peça chave no histórico título espanhol em 2000.


Acabou deixando o clube ainda em 1997, por volta de Outubro. Rapidamente acabou contratado pela Portuguesa de Desportos, para a disputa da fase final do Brasileirão de 1997. Apesar de não conquistar títulos pelos Herculinos, ficou a marca histórica de trazer Djalminha e lapidar talentos que seriam essenciais nos períodos mais gloriosos do clube.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações