As camisas de Bodo Illgner

Por Lucas Paes


Illgner esteve em poucos clubes na carreira

Completando 53 anos neste dia 7, Bodo Illgner foi, equanto jogador, um dos principais goleiros de sua geração no futebol mundial. Mais um dos grandes da posição formado na escola alemã de goleiros, teve ótimos momentos nos anos 1990 e foi campeão de uma Copa do Mundo como titular no gol Alemão com apenas 23 anos de idade. Teve a carreira meio abreviada por uma gravíssima lesão no ombro, nada que tirasse o brilho de suas atuações.

Colônia


Contando base e profissional, foram 13 anos no Colônia
(Foto: Imago)

Começou sua carreira com o Colônia aos 19 anos, depois de alguns anos na base dos bodes. Sua trajetória começou numa gelada quando em um jogo entre Bayern e Colônia, o títular Schumacher foi expulso após cometer um pênalti e acabou substituido por Ilgner, em 1986. Ele não conseguiu pegar o pênalti, mas acabaria virando títular na temporada seguinte, após a dispensa de Schumacher, que havia causado polêmica ao afirmar que todos os jogadores da Bundesliga jogavam dopados em sua autobiagrafia.

Permaneceria pelos próximos dez anos no clube. Entre seus feitos, esteve o fato de ser grande responsável por duas campanhas de vice-campeonato, na Bundesliga e na Copa da Alemanha, sendo eleito inclusive o melhor goleiro da Europa pela UEFA. Convocado pela Seleção Alemã, virou titular do time tedesco e foi campeão do mundo em 1990. Ficou até 1996 no clube, quando acabou contratado peo Real Madrid, jogando quatro jogos antes de se transferir. Foram 326 jogos defendendo o gol do Colônia.

Real Madrid


No Real Madrid, foi campeão europeu
(Foto: Pinterest)

Nos Merengues, já chegou ao clube sendo títular na campanha do título Espanhol da temporada 1996/1997, o primeiro de sua carreira por clubes. Na temporada seguinte, teve uma lesão que quase o fez perder a titularidade para Canizares, mas recuperou a posição e defendeu a meta madridista nos títulos da Liga dos Campeões de 1997/1998 e do Mundial Interclubes, conquistado em cima do Vasco da Gama.

Pouco após renovar seu contrato, na temporada 1999/2000, sofreu uma gravíssima lesão no ombro que acabou por ser o momento em que ascendeu um jovem Iker Casillas ao gol dos Merengues. Sem consegguir recuperar sua forma e a posição. Ainda disputou algumas partidas na temporada 2000/2001, mas decidiu por encerrar a carreira, antes da conclusão da temporada. Pelo time de Madri, ganhou dois Campeonatos Espanhóis, uma Supercopa da Espanha, duas Ligas dos Campeões (a rigor seriam três, pois chegou a jogar na edição de 2001, vencida pelos madridistas) e um Mundial Interclubes. Jogou 91 partidas com a camisa blanca.

Seleção Alemã


Na Alemanha, ganhou a Copa do Mundo
(Foto: swr.de)

Teve sua primeira convocação pela Seleção Alemã ainda na época da Alemanha Ocidental, em 1987. Pelo Die Mannschaft, foi campeão da Copa do Mundo de 1990 e nela foi responsável direto pela classificação a final, defendendo um pênalti de Stuart Pearce. Com 23 anos, foi o goleiro mais novo a conquistar um título de Copa do Mundo e o primeiro a não tomar gols em finais. Sua última partida pela seleção nacional foi a eliminação alemã na Copa do Mundo de 1994 para a Bulgária. Foram 54 jogos pelo Mannschaft
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações