terça-feira, 7 de abril de 2020

O primeiro gol na carreira de Cláudio, o 'Gerente'

Por Luiz Minici / FPF
Foto: Revista do Corinthians

Maior artilheiro do Timão, Claudio começou no Santos e ainda jogou por Palmeiras e São Paulo

O gol é um momento máximo no futebol, é nele que campeonatos são decididos, que comemorações simbólicas são criadas e que momentos ficam guardados na memória dos jogadores e torcedores. E há exatos 80 anos, Claudio, maior artilheiro da história do Corinthians, marcava o seu primeiro gol como profissional em um amistoso contra o Guarani, mas vestindo a camisa do Santos, clube onde surgiu. Ele também atuou por Palmeiras e São Paulo, sendo o primeiro a defender os quatro grandes paulistas.

Natural de Santos, Claudio nasceu no dia 18 de julho de 1922. E foi no próprio Santos que iniciou a sua trajetória no futebol em 1940, ano do seu primeiro gol como profissional. O tento foi marcado no antigo campo Barão Geraldo, no bairro Guanabara em Campinas. Na oportunidade, o Santos venceu o rival campineiro, por 4 a 1, e Claudio abriu caminho para a goleada.


Após defender o Santos por duas temporadas, Claudio se transferiu para o Palmeiras, onde atuou em 1942, ano do seu primeiro título paulista, e parte de 1943, quando retornou ao clube que o revelou. Em 1945, voltou ao futebol da capital, mas desta vez para defender o Corinthians. Depois, ainda jogou pelo São Paulo FC.

Idolatria corintiana - Foi no Corinthians que Claudio alcançou o ápice de sua carreira. Ao todo, o ex-jogador defendeu o clube de Parque São Jorge por 12 temporadas, atuando em 550 oportunidades, marcando 305 gols, tornando-se até hoje, o maior goleador da história alvinegra.

Com futebol técnico, Claudio também se destacava por sua liderança e fez sucesso ao lado de outros grandes nomes da história do Corinthians como Luizinho, Baltazar, Carbone entre outros. Além de sua liderança, outro ponto de destaque era a sua visão de jogo, até por isso ficou conhecido como “Gerente”.


Pelo Alvinegro conquistou três vezes o Campeonato Paulista (1951, 1952 e 1954), além de três Rio-São Paulo (1950, 1953, 1954). Claudio fez a sua última partida com a camisa do Corinthians na final do Campeonato Paulista de 1957, após a decisão assumiu o comando técnico do time, onde permaneceu por 14 meses. Após sua demissão, acertou sua transferência, como jogador, para o São Paulo, clube que defendeu nos anos de 1959 e 1960.

Pela Seleção Brasileira, Claudio atuou em 12 oportunidades, colecionando cinco gols e o título da Copa América de 1949, realizada no Brasil.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações