Santos vence Delfin na Vila Belmiro vazia e lidera seu grupo na Libertadores

Por Lucas Paes
Foto: Ivan Storti/SFC

Lucas Veríssimo fez o gol do Santos na partida

O Santos é o líder disparado do Grupo G da Libertadores 2020. O Alvinegro Praiano venceu o Delfin por 1 a 0, em jogo disputado diante de portões fechados na Vila Belmiro, na noite desta terça-feira, dia 10 de março. Mesmo sem jogar bem, com um ritmo bem mais lento e preguiçoso que os últimos bons jogos feitos pelo alvinegro, os santistas venceram com gol de Lucas Veríssimo e foram aos seis pontos, aguardando o duelo entre Olímpia e Defensa y Justicia, que independente de qualquer coisa não alcançarão o Santos

O Santos vinha de vitória no Campeonato Paulista, em jogo contra o Mirassol, no último sábado a noite, quando o Peixe venceu por 3 a 1 e convenceu com uma grande atuação. Também no sábado, o Delfin acabou derrotado pela LDU de Porto Viejo por 2 a 1, fora de casa. Na Libertadores, o Santos havia estreado com vitória sobre o Defensa y Justicia, fora de casa, enquanto o Delfin havia surpreendido o Olimpia, empatando por 1 a 1, no Equador.


O Santos tomou a inciativa no começo de partida, mas não conseguiu oferecer grandes problemas para o Delfin, apesar de ocupar o campo o fensivo. Aos 5', a primeira boa jogada, com trama de Pituca com Sasha, e chute do camisa 27 do Peixe para fora. Aos 9', chegada perigosa, com Soteldo cruzando e Kaio Jorge perdendo boa chance. Pouco depois, a primeira tentativa do Delfin, com uma cobrança de falta ruim. A partir dos 15 minutos, os visitantes vieram para cima. Aos 17', Rojas deu um chute que desviou e ofereceu perigo para Everson. Aos poucos os equatorianos também tentavam, mas sem muito sucesso.

Esbarrando num ritmo mais lento, foi na bola aérea que o Peixe marcou. Sanchez bateu falta para área e Lucas Verissimo aproveitou saída ruim do goleiro para abrir o marcador, aos 29 minutos. A partir do gol, o Santos passou a dominar o jogo. Aos 38', Pituca quase marcou o segundo, mas parou no goleiro, em boa jogada coletiva alvinegra. Pouco depois, Pituca teve outra chance, mas bateu para fora. A blitz seguiu com Sanchez, que parou em Baroja. No finalzinho da primeira etapa, o Delfin chegou com mais perigo e teve sua melhor chance em chute de Alaníz, a bola passou perto do gol de Everson. O primeiro tempo terminou com a vantagem mínima para os donos da casa.


A etapa final começou com muita movimentação e pouca técnica. A primeira grande chance foi do Delfin, que chegou em jogada rápida concluída por Alaniz para fora, aos 11 minutos. Os visitantes até tentavam chegar, mas se atrapalhavam na própria limitação técnica. Os equatorianos até conseguiam finalizar bastante, mas sem muito perigo. Só aos 23' que Alaniz fez Everson trabalhar. 

A partir desse susto, o Alvinegro da Vila Belmiro tentou ter mais a bola e parou com a "trocação" contra o time visitante. Aos 25', em linda jogada de Soteldo, Yuri Alberto desperdiçou ótima chance para ampliar. Aos 28', Yuri teve outra chance, mas meio sem ângulo chutou para fora. Logo depois, Sanchez deu um chutaço, bem defendido por Baroja. Do outro lado, as finalizações do Delfin seguiam pouco assustando Everson.


O Santos tomou um susto aos 41', numa sequência de ataques perigosos dos visitantes, que acabou anulada por impedimento na hora da finalização perigosa que Alaníz tentou desviar. Apesar das tentativas do time visitante, o Santos ficou mesmo com a vitória nos acréscimos, que tiveram em suas derradeiras cenas um chute horroroso de Sinfuente para a lateral da Vila Belmiro.

O Santos volta a campo agora apenas no sábado, as 19h, quando enfrenta o São Paulo, em clássico válido pelo Paulistão, no Morumbi. O Delfin também volta a campo no sábado, mas as 20h, em duelo em casa contra o El Nacional, válido pelo Campeonato Equatoriano.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações