CBF divulga faturamento recorde, mas não aponta ajuda às equipes menores

Por Lula Terras
Foto: divulgação CBF

CBF diz que teve faturamento e investimento recorde, mas não ajuda as equipes menores

A divulgação da CBF mostra o quanto cresceu financeiramente a entidade. Porém, não mostra o que tem feito para garantir a sobrevivência dos clubes brasileiros, em especial os de menor poderio financeiro, ou seja, equipes pequenas, que existem aos milhares espalhadas pelos quatro cantos do País, ou seja, só contempla algumas equipes e a própria entidade. No documento intitulado, “CBF registra receita e investimento recordes em 2019”, consta que a Assembleia Geral da CBF aprovou, por unanimidade, na última terça-feira, dia 17, as demonstrações financeiras para o ano de 2019, que apontaram receitas totais de R$ 957 milhões, um aumento de 43,3% em relação a 2018 Só no futebol os investimentos superaram os R$ 535 milhões. 

Em sua justificativa, assinada pelo presidente Rogério Caboclo, dos R$ 535 milhões destinados ao futebol, R$ 215 milhões foram aplicados no custeio das seleções Principal, Feminina e de Base, e os R$ 320 milhões, foram investidos na realização de competições e no fomento do futebol em todos os Estados brasileiros.

Imagem

Quero crer que, onde cita haver fomento do futebol, em todos os Estados, estejam contemplados todos os times, que estejam registrados na entidade maior da modalidade no País, porém, a grosso olhar, nota-se que é insuficiente para manter nossas agremiações durante toda a temporada, haja visto que, mesmo em São Paulo, equipes tradicionais, estão comendo dobrado para se manter ativas. 

Um exemplo mais recente, que saiu na imprensa especializada é a ameaça do Santo André abandonar o Campeonato Paulista da Série A, onde vem realizando a melhor campanha entre as demais equipes, inclusive de todos os times grandes. O motivo é a paralisação da competição, devido a Pandemia provocada pelo Coronavírus. A diretoria do time do ABC destaca que conta com 20 jogadores, entre os quais, muito titulares com o contrato vencendo agora em abril, batendo justamente com a previsão do final da competição, ou seja, pode não ter jogadores para colocar em campo, se a competição recomeçar após o mês de abril.


Diante da triste realidade do futebol brasileiro, nós que amamos o futebol, vamos torcer para que a CBF repense seu planejamento para as próximas temporadas e de o apoio de verdade para nossas agremiações menos favorecidas, através de maiores recursos financeiros para a realização de seus projetos, ofereça condições para que a temporada futebolística seja durante o ano todo, com competições atraentes, e surjam muitos craques de bola, para que a esperança de importantes títulos renasçam no coração do torcedor.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações