Primavera tem o seu pior inicio de temporada nos últimos 12 anos

Por Giovanni Romão
Fotos: Lucas Menezes / EC Primavera

A equipe do Primavera: apenas uma vitória e pior início nos últimos 12 anos

O Campeonato Paulista da Série A3 de 2020 caminha para sua 7ª rodada e a essa altura é possível ver quem brigará pelo acesso a Série A2 e aqueles que lutarão contra o rebaixamento a Série B1 do ano seguinte. Campeão da Segunda Divisão de 2018 e 9° colocado na A3 do ano anterior, o Primavera tem superado todas as expectativas de seu torcedor, só que negativas. Nem o mais pessimista primaverino imaginava que o clube amargaria a lanterna da competição após seis rodadas de disputa, ainda mais com o anúncio do Deco sendo seu gestor. 

Historicamente, o Esporte Clube Primavera sempre foi um clube que realizou boas campanhas na quarta divisão estadual, porém o mesmo não se repete quando chega ao terceiro escalão do futebol paulista. A temporada de 2020 marca como a 19ª aparição primaverina na terceira divisão estadual. Seu melhor desempenho na divisão ocorrera na temporada de 1981, quando chegou até o hexagonal final, ao lado de Bandeirante de Birigui, Cruzeiro FC (campeão), Guaçuano, Grêmio Novorizontino e Tupã FC.


No século XXI, o Fantasma da Ituana chegou perto de sonhar com a Série A2 nos anos de 2004 e 2015, quando se classificou para a fase final, porém foi lanterna de sua chave nas duas oportunidades. Exceto essas campanhas, o time sempre esteve brigando para não cair, além de 2007 e 2016, quando foi rebaixado. Entretanto, nem nos anos em que caiu, o começo de campeonato foi tão desastroso como está sendo em 2020. Tanto em 2007 quanto em 2016, nos seis primeiros jogos o Tricolor havia vencido 2 jogos, empatado 2 e perdido outros 2. Em 2020, até o momento foram 4 derrotas em 6 jogos, com apenas 1 vitória e 1 empate. 

A última vez que o Primavera havia iniciado o campeonato de forma tão ruim foi em 2008, na disputa da Segunda Divisão, quando nos 6 primeiros jogos foi derrotado em 5, vencendo apenas um. Ressaltando que o ano de 2008 foi a pior temporada da história do clube na era profissional. 

No século XXI, o Tricolor está disputando a Terceira Divisão pela 8ª vez (2004-07, 2015, 2016, 2019 e 2020), até o último jogo disputado esse ano, foram 140 partidas realizadas, com 35 vitórias, 41 empates e 64 derrotas, marcando 169 gols e sofrendo 202 gols. Se pegarmos apenas os últimos 40 jogos disputados, foram apenas 8 vitórias, o que é muito pouco para um clube que sonha em ascender a Série A2, divisão que não disputa desde 1987. 

O único registro positivo ficou na vitória na estreia, no triunfo por 1 a 0 sobre o Capivariano no clássico regional. Após isso, quase todo jogo marcou uma nova quebra de marca.

Desportivo Brasil 4 x 1 Primavera
Primeira derrota para o clube portofelicense desde 2012, e a primeira partida em que sofre no mínimo 4 gols desde 2015, na derrota por 5 a 2 para o Barretos, pela 2ª fase da Série A3 daquele ano.

Primavera 0 x 3 Rio Preto
Nesse jogo foram quebradas 4 marcas de uma vez: 
  • O fim da sequência de 16 jogos sem derrotas dentro de casa, sendo essa a 3ª maior marca na era profissional; 

  • A primeira partida que o Primavera sofre no mínimo 3 gols dentro de casa desde 2013, na derrota por 3 a 2 para o SEV/Hortolândia, na 1ª fase da Segunda Divisão daquele ano; 

  • A primeira derrota do Primavera em casa por no mínimo 3 gols desde 2010, na derrota por 3 a 0 para o Taboão da Serra, na fase final da Segunda Divisão daquele ano; 

  • A primeira troca de treinador com campeonato em andamento desde 2016. Nos anos de 2017 (Luis dos Reis), 2018 (Paulo Pereira) e 2019 (Fernando Souza) o Fantasma começou e terminou o campeonato com o mesmo técnico; 
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas praticando esportes e atividades ao ar livre
Grêmio Osasco 1 x 0 Primavera 
Primeira derrota primaverina em Osasco desde 2005, até então eram 7 jogos (3 vitórias e 4 empates) em território osasquense sem perder, e a primeira derrota para o GEO;

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livre
Primavera 0 x 1 Batatais
Primeira derrota primaverina em casa para o Batatais em partidas oficiais; 

Até a 6ª rodada, o Primavera acumulou 3 derrotas seguidas, algo que não acontecia desde 2015, na 2ª fase da Série A3, e a sequência de 4 jogos sem marcar gols. A maior sequência do Primavera sem balançar as redes ocorreu na temporada de 1986, quando ficou 7 gols sem saber o que é marcar um gol. Essa marca chegou perto de ser quebrada na temporada anterior, quando o clube ficou 6 jogos sem balançar as redes. 

A próxima partida acontece no sábado que vem (22), também em casa, contra o EC São Bernardo, que briga por uma vaga no G8 da competição. O time do técnico Paulo Pereira tem uma semana para trabalhar e mostrar reação para ao menos conseguir assegurar a permanência na divisão para 2021, se não cada vez mais o rebaixamento será uma realidade ao Tricolor Indaiatubano.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações