quarta-feira, 1 de janeiro de 2020

A estreia de Rivellino pelo Fluminense

Foto: arquivo Fluminense

Rivellino comemorando um dos gols em sua estreia pelo Fluminense

Neste 1º de janeiro de 2019, o meia Roberto Rivellino completa 74 anos de vida. Um dos maiores jogadores da história do futebol brasileiro e campeão do mundo pela Seleção em 1970, Riva foi um grande ídolo do Corinthians, mas em 1975 ele trocou o Timão pelo Fluminense e sua épica estreia foi justamente contra o antigo clube.

Apesar de ser considerado um dos maiores jogadores da história do Corinthians e ídolo da torcida, no final de 1974 houve uma injusta campanha contra Rivellino no Timão. A equipe vivia o período da fila e o craque foi acusado de não jogar tudo o que sabe na final do Paulista daquele ano, justamente contra o rival Palmeiras, que ficou com o título. Chateado, Riva acabou saindo do Timão sem levantar uma taça, fora o Torneio Rio-São Paulo, e foi vendido para o Fluminense, em uma das maiores transações da história do futebol brasileiro.

O Tricolor das Laranjeiras estava montando uma verdadeira seleção para a temporada de 1975 e a vinda de Rivellino seria a "cereja do bolo". Mas o presidente do clube, Francisco Horta, quis chamar ainda mais a atenção da contratação e acabou marcando a estreia do craque em um amistoso no dia 8 de fevereiro daquele ano, um sábado de carnaval, e justamente contra o ex-clube do "Bigode": o Corinthians.

Pois naquele sábado de Carnaval, mais de 40 mil pessoas foram ao Maracanã e viram um verdadeiro show de Rivellino, que pareceu até estar botando toda a sua mágoa para fora. Aos 25 minutos, ele abria o marcador. Ele parecia impossível naquele dia e faria o segundo aos 36'. No minuto seguinte, Lance diminuía a contagem para o Timão e o primeiro tempo terminava com o placar de 2 a 1 para o Flu.

Os gols do jogo

Na segunda etapa, Rivellino continuou com seu show. Aos 18', ele faria o terceiro dele e do Fluminense. Sairia de campo aos 25 minutos, ovacionado pelos presentes no Maracanã. O Flu ainda faria o quarto, com Búfalo Gil, de pênalti, aos 33', e aquele sábado de Carnaval ficou marcado para sempre na memória de todos que viram a partida.

No Fluminense, Roberto Rivellino faria 158 jogos e marcaria 53 gols, conquistando os estaduais de 1975 e 1976. Porém, ainda em 1976, o Flu, com Rivellino em campo, seria eliminado na semifinal do Brasileirão pelo Corinthians, no dia da famosa invasão da Fiel Torcida no Maracanã, nas penalidades, depois de um empate em 1 a 1 no tempo normal. Riva sairia do Flu em 1979, indo jogar no Al-Hilal, da Arábia Saudita, onde encerrou a carreira em 1981.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações