quinta-feira, 20 de junho de 2019

Uruguai e Japão ficam no empate na Arena do Grêmio

Por Lucas Paes
Foto: Divulgação AUF

O Uruguai empatou com o Japão em Porto Alegre

Em um partidaço, na noite deste feriado de quinta-feira, Uruguai e Japão empataram por 2 a 2, na Arena do Grêmio que recebeu um bom público, em Porto Alegre. O duelo abriu a segunda rodada do Grupo C da Copa América de 2019. Com o resultado o Uruguai travou nos 4 pontos, enquanto o Japão tem apenas um ponto ganho.

A Celeste vinha de vitória pra cima do Equador com goleada por 4 a 0 na primeira rodada, em grande partida dos uruguaios. O Japão vinha de derrota pelo mesmo placar para o Chile na primeira rodada e portanto precisava urgentemente de pontos, de preferência da vitória.

Agitado desde o início, o duelo começou com Suarez tentando do meio campo e quase marcando, a redonda passou por cima. O Japão respondeu com chute perigoso de Okazaki. Okazaki por sinal quase fez aos 9', numa cabeçada que passou perto do gol após cruzamento de Abe. Três minuos depois foi a vez de Godín perder chance de cabeça pelo lado uruguaio. Aos 20', Ueda teve grande chance em cabeçada após cobrança de falta, mas Muslera pegou bem. 

A pressão japonesa deu resultado aos 24', quando Myioshi recebeu lançamento, dominou, bateu e botou para as redes, abrindo o placar. Só que a comemoração durou pouco, já que Cavani sofreu pênalti aos 26', que acabou sendo observado pelo VAR após a jogada seguir. Suaréz deixou tudo igual apenas sete minutos depois dos japoneses pularem na frente. Pouco depois do gol, Cavani teve praticamente duas chances em sequência, mas em ambas acabou perdendo, primeiro acertando um chutaço na trave e depois tendo o chute desviado após deixar dois na saudade. O primeiro tempo terminou mesmo com igualdade.

A etapa final começou com pressão total uruguaia. Antes, o Japão reclamou de pênalti em lance envolvendo Nakajima, mas o VAR nada marcou. Em menos de cinco minutos, tanto Cavani quanto Suarez haviam perdido boas chances para a Celeste Olimpica. Aos 9', Cavani perdeu chance clara, saindo frente à frente com o crime e chutando em cima de Kawashima. Como diz o ditado, quem não faz toma. Aos 13', após falha de Muslera em cruzamento, a bola sobrou para Myioshi fazer mais um e botar os Samurais na frente.

A reação uruguaia foi rápida. Aos 16 minutos, Suarez obrigou Kawashima à fazer grande defesa em finalização perigosa. Quatro minutos depois, Lodeiro cobrou escanteio e Gimenez marcou o segundo, em cabeçada certeira e sem chances para o goleiro. Com o segundo gol, os uruguaios foram para cima e quase marcaram com Cáceres, que chutou uma sobra de bola para fora aos 23'. Aos 28', Nakajima tentou em cobrança de falta, mas ela foi para fora.

A partir dos 30', o Uruguai partiu para a pressão final. Aos 34 minutos, Suarez cabeceou um cruzamento de Cáceres na trave. Pouco depois, Cavani teve boa chance em cobrança de falta, mas parou duas vezes na barreira. Já aos 43', González tentou, a bola rodou e sobrou em Luisito, que bateu mal. Depois, o jogador do barça tentou de novo em um giro de primeira, mas ela insistiu em não entrar. Apesar da insistência uruguaia, o jogo terminou em empate por 2 a 2, que foi não foi perfeito para nenhum dos lados.

Agora, o Uruguai volta a campo na segunda-feira, no Maracanã, diante do Chile, em decisão que provavelmente valerá a liderança e até talvez a classificação, as 20h. No mesmo horário, o Japão duela no Mineirão com o Equador. Agora, ambas as equipes aguardam também o resultado do duelo entre equatorianos e chilenos, que jogam amanhã. 
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações