quarta-feira, 29 de maio de 2019

O VAR e a suspensão temporária do Botafogo x Palmeiras

Por Lula Terras
Foto: Osvaldo Lima/Lancepress!

Uso do VAR fora da recomendação colocou em xeque o resultado de Botafogo 0 x 1 Palmeiras

Seria o VAR um reforço considerável para a moralização e recuperação da credibilidade do futebol brasileiro? Eu, particularmente, tenho minhas dúvidas, quanto sua efetividade. A possível anulação do jogo entre Botafogo x Palmeiras é apenas uma das inúmeras polêmicas envolvendo o VAR. 

O anúncio da possível anulação foi dada pelo presidente do STJD, Paulo César Salomão Filho, na terça-feira, dia 28, quando determinou à CBF, que não homologue o resultado de 1 a 0 para o time palmeirense, atendendo assim, o pedido de anulação do jogo, pelo time carioca, alegando erro de direito. Com isso, a confirmação do resultado ou a realização de outra partida, acontecerá através de julgamento a ser marcado pelo órgão. 

A equipe carioca afirma no documento, que a partida já havia sido reiniciada no momento em que o árbitro Paulo Roberto Alves Júnior decidiu acatar a recomendação do VAR e ir ver no monitor o lance que culminou na marcação de pênalti em Deyverson e, convertido em gol pelo zagueiro Gustavo Gómez, que garantiu a vitória palmeirense e a liderança isolada na competição. 

O recurso botafoguense toma por base regra 5 da FIFA e o protocolo 8.12 do VAR. Na regra consta que a decisão do juiz de campo não pode ser alterada pelo vídeo após a bola ser recolocada em jogo. Também o procurador-geral do STJD, Felipe Bevilacqua se pronunciou a respeito. Ele ressaltou que, mesmo no caso de um erro de direito, no julgamento será visto, também, a relevância do caso, até mesmo, o fato de o árbitro ter supostamente acertado na decisão será levado em conta. 

Seguindo os trâmites do STJD, Palmeiras já recebeu intimação do órgão, para que se manifeste sobre o caso, no prazo de dois dias. Após isso, o processo para as mãos da Procuradoria que, no prazo de dois dias, também apresente sua manifestação. Será sorteado o relator e a pautação para o julgamento, com prioridade na próxima sessão ser realizada pelo Pleno do STJD do Futebol, ainda sem data definida. Enfim, segue a competição, com esta pendência que, caso não seja solucionada com a brevidade que merece, corre o risco de ser decisiva para as pretensões dessas e outras agremiações, que também poderão ficar à mercê deste resultado.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações