quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

A fracassada tentativa do Fluminense ter Michel Preud'Homme em 1999

Por Victor de Andrade
Foto: Getty Images.com

O belga Preud'Homme chegou a desembarcar no Rio de Janeiro, mas voltou para a Europa

Não é tão raro clubes brasileiros anunciarem que estão negociando com grandes astros, já veteranos, do futebol mundial. Em poucos casos, estas contratações acabam dando certo, como foi o caso do holandês Seedorf, que defendeu o Botafogo. Porém, na grande maioria das vezes, nada dá certo, como foi o caso do Fluminense em 1999, que tentou contratar o goleiro belga Michel Preud'Homme.

O final da década de 90 é o pior momento da história do Tricolor. Em 1998, o clube das Laranjeiras havia sido rebaixado para a Série C do Campeonato Brasileiro. Para o ano seguinte, David Fischel queria a retomada do clube e, para isto, começou a trabalhar. Contratou Carlos Alberto Parreira para dirigir a equipe e foi atrás de um nome conhecido no futebol mundial.

Michel Preud'homme foi considerado o melhor goleiro do mundo por diversas vezes, principalmente na primeira metade dos anos 90, defendeu a seleção de seu país por vários anos e foi titular nas copas de 1990 e 1994. Ele desembarcou no Rio de Janeiro, para a negociação, em 7 de janeiro de 1999, prestes a completar 40 anos (fez no dia 24).

A chegada dele na Cidade Maravilhosa causou um alvoroço, pois se ele estava no Rio era porque realmente iria fechar com o Fluminense. Deu entrevistas em português e autógrafos e andou pelo calçadão de Ipanema. A contratação era dada como certa pelo presidente David Fischel, que também tentou, sem sucesso, trazer o italiano Nicola Berti para as Laranjeiras.

Porém, só faltou uma situação, como o próprio goleiro havia explicado em entrevistas: "Se o Fluminense chegar a um acordo com o Benfica, podemos desejar um futuro por aqui". Como isto não aconteceu, o belga acabou voltando para Portugal e continuou defendendo o encarnado, onde encerrou a carreira no mesmo ano.

A história desagradou o técnico Carlos Alberto Parreira, que criticou o fato. "Temos um projeto sério. O Fluminense é um clube sério e que não pode ser desmoralizado por coisas como essa. A contratação de jogadores só pode ser anunciada quando ela estiver concretizada. Não entendo como ele pode ter vindo ao Rio sem ter assinado nada". Apesar disto, o 1999 do Fluminense foi uma retomada, depois de três anos terríveis, e conseguiu o título da Série C.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações