domingo, 2 de dezembro de 2018

Votuporanguense bate Ferroviária os pênaltis e conquista a Copa Paulista

Com informações do site oficial da FPF
Fotos: Rafael Nascimento / CAV

Jogadores comemoraram muito após o fim do jogo

O Votuporanguense é o mais novo campeão da Copa Paulista. Em Araraquara, o time alvinegro saiu atrás da Ferroviária, mas buscou o empate por 1 a 1 e segurou a pressão no tempo normal para levar para os pênaltis e vencer por 5 a 3. Esse é o segundo título da história do clube, que já havia conquistado a Segunda Divisão em 2012.

Após a igualdade no primeiro jogo, os times começaram se estudando e a primeira boa chance foi dos visitantes, aos 10 minutos. Sávio cruzou, a bola passou pela grande área e o goleiro Gabriel Leite fez a defesa. Um minuto depois a Ferroviária respondeu com chute de fora da área de Higor Meritão.

Aos 20 minutos, Léo Artur fez boa jogada e foi derrubado a três passos da grande área, gerando boa oportunidade para a equipe grená. Tom cobrou, mas acertou a barreira. Antes do tempo técnico, aos 25, a Ferroviária ainda criou outra boa chance em bola aérea que foi afastada pela zaga.

No recomeço do jogo, o time da casa abriu o placar. Léo Artur deu bom passe em profundidade para Felipe Ferreira, que cruzou e achou Tom na pequena área. O artilheiro da Ferroviária se esticou para tocar e abrir o placar. Após o gol, a Ferroviária tentou pressionar, mas o Votuporanguense equilibrou aos poucos e, aos 46, Erick Salles fez o gol de empate em jogada que teve participação de Bruno Baio e Sávio.

Jogos foi equilibrado durante os 90 minutos

O segundo tempo foi de intensa pressão da Ferroviária. Logo aos cinco minutos, Felipe Ferreira tocou de barriga e o goleiro Bruno defendeu. Aos 13, o time da casa teve a melhor chance. Após cruzamento, a zaga afastou mal e Tom pegou de primeira. A bola passou pelo goleiro, mas encontrou Paulo Henrique, que salvou em cima da linha. Aos 20, novamente Paulo Henrique apareceu. Felipe Ferreira cruzou, o zagueiro cortou e quase fez contra.

Somente aos 33 o Votuporanguense assustou. Após cobrança de falta, Renato Justi tocou de cabeça e a bola passou perto do gol defendido por Gabriel Leite. Aos 38, o time visitante voltou a ameaçar. Após contra-ataque, Leó Santos, que entrara minutos antes, cortou o zagueiro, mas acabou chutando para fora. Nos minutos finais, não faltou dispoição, mas todas as chances criadas foram travadas pelas zagas, deixando o placar novamente em 1 a 1 e levando a decisão para os pênaltis.

O experiente Ricardinho bateu o primeiro para o Votuporanguense e deixou os visitantes em vantagem. Na sequência, Tom deixou tudo igual. Brubo Baio, Fellipe Mateus, Léo Aquino, Higor Meritão, Paulo Henrique também fizeram, deixando o placar em 4 a 3. Na quarta cobrança do time da casa, Arthur mandou na trave e deixou a decisão nos pés do experiente Renato Justi, que bateu firme e rasteiro para dar ao Votuporanguense o título da Copa Paulista 2018.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações